Menu
quinta, 21 de janeiro de 2021
Andorinha Janeiro/Fevereiro
Andorinha Janeiro/Fevereiro Mobile
Geral

Sindicatos e OAB alegam que MP de Bolsonaro é inconstitucional e recorrem ao STF

15 março 2019 - 07h47Comunique-se

No primeiro dia do mês de março, véspera de carnaval, foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União a Medida Provisória 873, do presidente Jair Bolsonaro, que acaba com a contribuição sindical na folha de pagamento. Diante da notícia, várias entidades sindicais e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) questionaram a medida no Supremo Tribunal Federal (STF), com várias Ações Diretas de Inconstitucionalidade (ADI) durante esta semana.

De acordo com os órgãos contrários à MP, o governo promove um ataque ao movimento sindical, com o intuito de enfraquecer discursos contrários à Reforma da Previdência. "É clarividente o objetivo de dificultar ao máximo o processo de organização e manifestação da sociedade civil no que se refere às entidades representativas dos trabalhadores em geral, e dos servidores públicos federais em particular", afirma o texto da OAB.

Para o advogado Samuel Antunes, da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Turismo e Hospitalidade (Contratuh), que representa mais de quatro milhões de trabalhadores em todo o Brasil e também entrou com uma ADI no Supremo nesta quinta-feira (14), a medida estabelece formalismo excessivo e caráter notoriamente antissindical, o que afronta o princípio constitucional da autonomia e liberdade sindicais. "Pela constituição, os sindicatos possuem autonomia em sua gestão e estão livres da ingerência do Estado. Essa MP cria uma interferência indevida que afeta a gestão do sindicato e proíbe normas de convenções coletivas que instituam cobrança de contribuição ou assembleias para este fim, deixando claro o intuito de dificultar o custeio das entidades sindicais", explica.

utro ponto importante é que a Medida Provisória exige relevância e urgência para sua edição. Apenas esse caráter de necessidade imediata a justificaria, pois legislar é pertinente ao Poder Legislativo", completa Antunes.

De acordo com o presidente da Contratuh, Wilson Pereira, a liberdade sindical não se relaciona apenas ao fato de o trabalhador poder ou não se filiar a um sindicato, mas o livre exercício da atividade. "Negociações coletivas, prestação de serviços ao trabalhador, sindicalização, manifestações etc. Enfim, todas as atividades sindicais dependem do custeio das entidades. Ao atacar o custeio, a MP inviabiliza as atividades sindicais em benefícios de mais direitos à classe trabalhadora como um todo", alega.

Presidente do Congresso admite devolver MP

Após visita de várias lideranças sindicais, o presidente do Senado e do Congresso Nacional, Davi Alcolumbre (DEM-AP), entendeu que a MP 873 “inviabiliza a existência dos sindicatos”. Com essa afirmação, o parlamentar admite a possibilidade de devolução da medida provisória à Presidência da República, extinguindo sua validade e suspendendo sua tramitação no Senado e na Câmara.Alcolumbre criou uma comissão de senadores para estudar a MP e avaliar a possibilidade de devolução ao Executivo.

 

 

 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

MEIO AMBIENTE
Onça resgatada em novembro no Pantanal com queimaduras, será solta em seu habitat
FRAUDE ELEITORAL
Ministério Público quer impugnação de candidatos do PRB em Ladário
COVID-19
Pandemia ainda não acabou: MS registra mais de mil casos em apenas um dia
GERAL
Batida de carro e moto deixa criança ferida no Popular Nova
POLICIAL
PRF recupera dois veículos em MS que seriam levados para a Bolívia
JUSTIÇA
Alexandre de Moraes nega HC para anular seis prisões e mandar Jamil Name para casa
p
ECONOMIA
Preço da gasolina começa o ano acima do valor registrado em todos os meses de 2020
Combustível está 19,5% acima da média do mês com preços mais baixos de 2020
DEFESA CIVIL
Com previsão de mais chuva, Defesa Civil orienta população que mora em áreas de risco
EDUCAÇÃO
Professores dão dicas para o segundo dia de provas do Enem
GERAL
MPT divulga nota técnica sobre medidas de proteção a trabalhadoras gestantes

Mais Lidas

FRAUDE ELEITORAL
Ministério Público quer impugnação de candidatos do PRB em Ladário
GERAL
Comando do 6º Distrito Naval abre inscrições para concurso de nível superior
GERAL
Confira a distribuição das doses de vacina contra a Covid-19 por município em Mato Grosso do Sul
GERAL
Batida de carro e moto deixa criança ferida no Popular Nova