Menu
quinta, 07 de dezembro de 2023
Andorinha - Novos ônibus - agosto 2023
Andorinha - Novos Ônibus - Agosto 2023
Geral

Sindicato protesta terceirização e acusa Energisa de demitir funcionário positivo para Covid

07 agosto 2020 - 10h27Gesiane Sousa com informações da Ascom Sinergia-MS

Dois protestos contrários a demissões e terceirizações na Energisa, fornecedora de energia no Estado de Mato Grosso do Sul (MS), foram realziados nesta sexta-feira (7), pelo Sinergia-MS (Sindicato dos Trabalhadores na Indústria e Comércio de Energia no Estado do Mato Grosso do Sul). As manifestações ocorreram em Corumbá e na Capital do Estado.

A manifestação ocorre após a terceirização da agência comercial de Corumbá, que conforme o sindicato, gerou a demissão de quatro funcionários e vai prejudicar a população. Em Corumbá, o movimento iniciou às 8h, em frente à unidade comercial da concessionária de energia na Rua Frei Mariano, região central da cidade. Em Campo Grande, ainda mais cedo, às 7h30, em frente à unidade da Energisa na Avenida Calógeras. O protesto ocorreu pacificamente, e sem aglomerações devido a pandemia da Covid-19.

“A partir do momento que você terceiriza, você não prejudica somente a relação de trabalho, mas também o atendimento à população, as pessoas de Corumbá e Ladário que precisam desse serviço serão prejudicadas”, explica o presidente do Sinergia-MS, Elvio Vargas.

De acordo com o sindicato, a Energisa iniciou o processo de terceirização do atendimento comercial em Mato Grosso do Sul em março deste ano, com as unidades de Jardim e Nova Andradina. Na última semana, foi a vez de Corumbá.

“A população já reclama muito e está insatisfeita, com essa onda de terceirização a situação deve piorar. Estamos protestando para alertar as pessoas porque isso pode acontecer também em Campo Grande”, ressalta Elvio Vargas.

Em 2019, a Energisa liderou o ranking de reclamações no Procon-MS, com 2.346 registros no Estado.

Assista o vídeo em que o presidente do Sindicato, Elvio Vargas, afirma que todos os funcionários do atendimento da agência de Corumbá foram demitidos.

Demissões

Desde que o Grupo Energisa assumiu a concessionária, no ano de 2014, 900 trabalhadores foram demitidos, o que reflete na qualidade do serviço prestado aos consumidores. E a concessionária de energia elétrica já promoveu o desligamento de pelo menos dez trabalhadores no Estado desde o início da pandemia de coronavírus.

“No início de julho, a empresa demitiu um trabalhador com coronavírus, ele apresentou o atestado e a demissão foi mantida. Estamos tentando a reintegração, comunicamos a empresa, mandamos o atestado porque ele teve contato com outros trabalhadores do setor dele. Inclusive um desses trabalhadores é o supervisor do COD, que quase morreu, teve parada cardíaca, ficou entubado. Tem vários trabalhadores contaminados e ela demite assim mesmo”, denuncia a diretora do Sinergia-MS, Alicéia Araújo.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tentativa de Homicídio
Autor de disparo que perfurou pulmão de vítima é preso pela PM
Pioneiro
IFMS firma acordo para ter emissora de rádio educativa
Reconhecimento
TRT/MS é Selo Diamante na maior avaliação do Poder Judiciário
Parceria
Programa Qualifica Ladário é renovado para 2024
Relação Comercial
Longen recebe presidente executivo do Ibá para apresentar potencialidades econômicas de MS
Positivo
Indústria de MS gerou mais de 11,4 mil novos postos de trabalho de janeiro a outubro de 2023
Economia
Em um ano, MS acumula reduções e isenções de impostos
Na Câmara
Projeto de Lei prevê maior publicidade das emendas parlamentares destinadas ao Município
Plantão
Homem alvejado por tiro sofre perfuração no pulmão
Últimas 24h
De surucucu a filhote de tucano, Bombeiros capturam quatro animais no plantão

Mais Lidas

Reconhecimento
Marinha do Brasil faz homenagem póstuma no sepultamento do Fuzileiro Naval Osório Xavier
Flagrante
Homem é preso vendendo drogas no bairro Nova Corumbá
Movimento Nacional
Trabalhadores da Embrapa Pantanal realizam paralisação nesta quarta-feira
Tecnologia
Aplicativo Para Ver Conversas Do WhatsApp de Outra Pessoa