Menu
sábado, 19 de junho de 2021
Andorinha - Maio
Andorinha - Maio
Geral

SES realiza capacitação junto a municípios sobre o teste do pezinho

07 junho 2021 - 10h46Portal do Governo de MS

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) realiza capacitação para profissionais de saúde para todos municípios do Estado sobre o teste do pezinho entre os dias 7 a 11 de junho. A ação faz parte da Campanha Junho Lilás, em alusão ao Dia Nacional do Teste do Pezinho, que destaca a importância da realização deste exame do 3º ao 5º dia de vida do recém-nascido e que é comemorado no dia 6 de junho  

O secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, faz um alerta sobre a importância de a família levar o recém-nascido para fazer o teste do pezinho nas Unidades de Saúde caso não tenha feito o exame no hospital ou maternidade após as 48 horas de vida do bebê.

“O teste do pezinho é uma ação preventiva que proporciona o diagnóstico de várias doenças congênitas ao recém-nascido quando realizada no período preconizado do 3º ao 5º dia de vida. Ele tem por objetivo diagnosticar e tratar precocemente doenças que podem causar deficiência intelectual, entre outros danos à saúde do bebê, se não forem tratadas desde os seus primeiros dias de vida, pontua”.

Assim, a capacitação destinada a profissionais de saúde das unidades de saúde e da rede hospitalar que estão de alguma forma envolvidos na Triagem Neonatal Biológica visa reforçar a importância de se falar sobre o Teste do Pezinho ainda durante as consultas do pré-Natal e após o nascimento do bebê, ainda que na maternidade ou hospital. 

“É preciso que as gestantes conheçam e saibam sobre o quanto o Teste do Pezinho é importante para os seus bebês e também sobre as consequências quando não for realizado após as 48 horas e o 5º dia de vida do recém-nascido. Além da importância de a criança ter sido amamentada antes da coleta”, esclarece a responsável técnica da Triagem Neonatal no Estado de Mato Grosso do Sul, enfermeira Vera Regina Dalla Vechia Biolchi Oliveira.

A Triagem Neonatal Biológica ou Teste do Pezinho que é realizada pelo SUS detecta sete patologias: a Fenilcetonúria, Hipotireoidismo Congênito, Hiperplasia Adrenal Congênita, Fibrose Cística, Toxoplasmose Congênita, Hemoglobinopatias e Deficiência da Biotinidase. Esse diagnóstico possibilita o tratamento precoce e diminuição e/ou eliminação das sequelas que possam vir de cada uma dessas doenças.

A Secretaria de Estado de Saúde emitiu alerta aos municípios para a baixa cobertura do Teste do Pezinho entre 3° e o 5° dia de vida do recém-nascido, período preconizado pelo Programa Nacional de Triagem Neonatal (PNTN). Dados do Instituto de Pesquisas, Ensino e Diagnósticos (IPED/APAE) de Campo Grande, habilitado pelo Ministério da Saúde como serviço de referência em Triagem Neonatal no Estado, apontam que apenas 30% dos pais ou responsáveis levaram seus filhos para fazer o exame no período preconizado, índice bem abaixo do recomendado, cuja o ideal é que seja de 100%.

Como forma de conscientização, a Campanha Junho Lilás traz neste mês um texto sobre a importância de ser feita a coleta do 3º ao 5º dia dos recém-nascido nos hollerits dos servidores do Estado, bem como nos consórcios de água e energia. Importantes pontos turísticos de Campo Grande também estarão iluminados na cor lilás em alusão à campanha.

Capacitação

A capacitação inicia no dia 7 de junho, às 14 horas, pela plataforma do Telessaúde com o nome ‘Teste do Pezinho – Triagem Neonatal Biológica’. A abertura será realizada pela  responsável técnica da Triagem Neonatal no Estado de Mato Grosso do Sul, enfermeira Vera Regina Dalla Vechia Biolchi Oliveira.

O evento online terá como palestrante a analista de laboratório, Marcela Zuza de Almeida; assistente social Priscilla Fernandes Fagundes; encarregado de TI Alexandre Benes Nunes de Souza. Todos do IPED/APAE.

Devem participar: coordenadores da Atenção Primária, responsável pela Triagem Neonatal Biológica dos municípios e dos Polos Base Indígenas, profissionais que realizam a coleta, ESF - enfermeiro, médicos e técnicos de enfermagem. Profissionais dos Hospitais e Maternidades assim como

profissionais dos Pontos de Atenção que venham a fazer a coleta nos períodos em que as Unidades Básicas de Saúde estiverem fechadas. Para participar clique no link: https://telessaude.saude.ms.gov.br/forms/participe.

Cronograma

07/06 – Ocorre a capacitação para profissionais das microrregiões de Ponta Porã e Naviraí.

08/06 – Ocorre a capacitação para profissionais das microrregiões de Dourados e Ponta Porã.

09/06 – Ocorre a capacitação para profissionais das microrregiões de Três Lagoas, Corumbá e Jardim.

10/06 – Ocorre a capacitação para profissionais das microrregiões de Nova Andradina, Coxim e Paranaíba.

11/06 – Ocorre a capacitação para profissionais da microrregião de Campo Grande.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
Comissão rejeita proposta de inclusão de jornalistas, bancários e vigilantes em grupos prioritários
SAÚDE
SES autoriza municípios a vacinarem com a Pfizer adolescentes acima de 12 anos com comorbidades
POLICIAL
PRF apreende 450 mil maços de cigarro contrabandeados na Capital
GERAL
MPF aponta risco de desaparecimento de espécies no Rio Paraná
Rio Paraná Energia, empresa da holding China Three Gorges Corporation (CTG), é acusada de descumprir regras ambientais e levar à beira do desaparecimento peixes como Pintado e Dourado
SAÚDE
SES prepara distribuição das 70.160 doses de vacina contra a covid-19 em MS
GERAL
Fórum apresenta avanços do Plano Estratégico em MS
POLICIAL
PMA e Bombeiros resgatam ave em extinção ferida
GERAL
Contribuintes têm até o dia 3 de agosto aderir ao REFIS 2021
EDUCAÇÃO
Terminam hoje as inscrições do Encceja 2020 para privados de liberdade
GERAL
Homem fica ferido após queda de cavalo no Pantanal

Mais Lidas

GERAL
Homem fica ferido após queda de cavalo no Pantanal
GERAL
Bombeiros combatem incêndio em concessionária no Centro
POLICIAL
PM de Corumbá prende homem com mandado de prisão em aberto na área central
GERAL
Atenção ao prazo: licenciamento de veículos com placas 3 e 4 vence neste mês