Menu
quarta, 27 de outubro de 2021
Cassems - Melhores e Maiores - Edição 2021
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

SES confirma 1.582 novos casos de Covid e anuncia mais 28 óbitos pela doença

06 janeiro 2021 - 11h41Portal do Governo de MS

Com a atualização desta quarta-feira (7) que confirmou mais 1.582 novos casos de Covid-19 em Mato Grosso do Sul, o número total de infectados pela doença desde o início da pandemia sobe para 139.152 no Estado.

Campo Grande (+565), Dourados (+299), Três lagoas (+94), Aquidauana (+39) e Naviraí (+39) ocupam o topo da lista de municípios com mais casos confirmados no Boletim Epidemiológico. A média móvel indica que na última semana houve a confirmação de 960 casos diários da doença.

De 13.332 casos ativos no Estado, 601 pacientes encontram-se internados em unidades hospitalares do Estado, sendo 302 em leitos clínicos e 299 em leitos de unidade de terapia intensiva (UTI). A taxa de ocupação global de leitos por macrorregião é de 95% em Campo Grande, 81% em Dourados, 61% em Três Lagoas e 75% em Corumbá.

As amostras em análise no Lacen e laboratórios parceiros somam 1.542, enquanto os resultados que precisam ser liberados no sistema pelos municípios são 6.050. “É de responsabilidade dos secretários municipais de saúde e equipes de vigilância em saúde o encerramento dos casos”, alertou o secretário de estado de saúde, Geraldo Resende.

Nas últimas 24 horas foram notificados 28 óbitos em decorrência da doença no Estado, sendo a maioria deles em Campo Grande com 15. Os municípios de Amambai, Aquidauana, Rio Verde de Mato Grosso e Sonora registraram duas mortes cada. Anastácio, Chapadão do Sul, Dourados, Fátima do Sul e Ivinhema um óbito cada.

A média móvel indica que 22,7 sul-mato-grossenses perderam a batalha para a doença por dia na última semana no Estado. Os óbitos notificados hoje ocorreram entre os dias 1° e 5 de janeiro de 2021. Com a atualização o total óbitos em decorrência da doença sobe para 2.459 em Mato Grosso do Sul. “Estamos caminhando para 2500 óbitos. É uma marca que nós nuca gostaríamos de ter atingido”, lamentou Resende durante live transmitida pelas redes sociais do Governo do Estado.

Foto: Saul Schramm

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Formalização
Corumbá lança campanha de incentivo ao cadastro de profissionais do setor de turismo
Apelo Popular
MPT-MS vai investigar assédio moral de gerente que humilha funcionário em Carrefour da Capital
Justiça
Após 18 horas, 7 membros do PCC são condenados a 105 anos por decapitar jovem em Campo Grande
Operação Hot Point
Idoso é preso e multado em R$ 2 mil por pesca proibida no Rio Formoso
Qualificação
Senac Corumbá abre inscrições para cursos nas áreas da informática, saúde e beleza
Acidente
Motociclista sofre ferimentos em colisão com carro no bairro Aeroporto
Fronteira
Câmara busca apoio Federal para agilizar o Transporte Internacional de mercadorias
Deanópolis
Operação "Inescrupulosos" da PF combate esquema de fraude no Auxílio Emergencial em MS
Violência Doméstica
Marido ameaça mulher com dispositivo de choque no Popular Nova
Consulta Pública
Audiência pública revisa tarifa de abastecimento de água e esgoto sanitário em MS

Mais Lidas

Presente Inesperado
Policiais Militares de Corumbá fazem surpresa em aniversário de criança que sonha em ser PM
Péssimas Condições
Morte de motorista na BR 262 é mais um alerta para o perigo do tráfego na rodovia
Nova Corumbá
Foragido é preso com diversos itens suspeitos na mochila
Reivindicação
Vereadores pedem retorno das aulas presenciais na Rede Municipal