Menu
segunda, 20 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

Senai oferece consultoria em plano de manutenção e operação de ar condicionado

22 maio 2019 - 10h03Senai

Desde junho de 2018, o PMOC (Plano de Manutenção Operação e Controle) de um sistema de climatização é obrigatório para empreendimentos que têm sistemas a partir de 60.000 BTUs para garantir a boa qualidade do ar ambiente. Para ajudar as empresas a cumprirem essa determinação, já que as fiscalizações começaram a se intensificar, o Senai Empresa tem reforçado o apoio à indústria com consultoria nesse sentido.

Segundo o coordenador do PSMI (Programa Senai de Manutenção Industrial) do Senai Empresa, Jeancarlos Lucietto, todos os edifícios de uso público e coletivo que possuam sistema de climatização com capacidade igual ou acima de 60.000 BTU devem ter o PMOC. “Se houver mais de um cômodo climatizado na edificação, é preciso somar as capacidades dos aparelhos de ar-condicionado dos diversos ambientes. Se essas capacidades somadas ultrapassarem os 60.000 BTU/H definidos na norma, o empreendimento, então, estará sujeito à elaboração de um PMOC”, explicou.

A finalidade é que os equipamentos e estruturas envolvidos no processo de climatização estejam livres de fungos, bactérias, ácaros, entre outros. Para isso devem ser padronizadas as rotinas de limpeza e análise da qualidade do ar interior por meio de um PMOC. “O Senai Empresa realiza a implantação completa do PMOC nas indústrias e demais empresas e conta atualmente com profissionais capacitados e legalmente habilitados”, destacou Jeancarlos Lucietto.

Entre as ações que fazem parte do serviço oferecido pelo Senai estão a implantação e manutenção dos planos para sistemas de climatização, a gestão e validação periódica da execução do PMOC e a organização e padronização das informações de todos os procedimentos executados. “Nós também oferecemos a ferramenta de gestão de ativos SSMI (Sistema Senai de Manutenção Industrial), que é um software que garante a correta organização e controle das ações relacionados ao PMOC”, acrescentou.

Ainda conforme Lucietto, caso os sistemas de ar condicionado não estejam funcionando em condições satisfatórias, pode haver uma enorme perda de eficiência do sistema, gerando gastos energéticos desnecessários, além de ser um grande risco à saúde dos ocupantes. “O PMOC busca obter a melhor qualidade do ar de interiores, além de preservar os equipamentos. Como o apoio do Senai é possível reduzir as falhas dos sistemas e diminuir os gastos com energia elétrica. Um plano bem aplicado resulta em ambientes com conforto térmico, com o ar dentro dos limites impostos pela legislação, com boa eficiência energética, com custos de manutenção minimizados, e longevidade dos equipamentos assegurada”, finalizou o coordenador do PSMI.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Queimadas
Bombeiros abrem aceiro na vegetação seca para deter incêndios do Pantanal
Balanço
Em três dias, operação Fronteiras e Divisas apreendeu R$ 12 milhões em drogas
Alerta
Com umidade do ar registrando 10%, cidades de MS voltam a ficar em alerta
Preconceito não!
Jogo da Diversidade acontece hoje com cobertura ao vivo do Capital do Pantanal
Flagrante na fronteira
PMA desmonta acampamento mas caçadores escapam para o Paraguai
Programação
Criançada aprende a usar cores primárias na oficina do Sesc deste sábado
Retomada
UEMS lança Guia de Retorno de Atividades Presenciais
Salve Vidas
Para repor estoques de O-, O+ e A+ Hemosul da capital abre o dia todo neste sábado
Tempo
Sábado de sol, calor e tempo seco em todo Estado
Tentativa de Homicídio
Adolescente é socorrido com perfuração de bala na coxa

Mais Lidas

Balanço
Em três dias, operação Fronteiras e Divisas apreendeu R$ 12 milhões em drogas
Preconceito não!
Jogo da Diversidade acontece hoje com cobertura ao vivo do Capital do Pantanal
Flagrante na fronteira
PMA desmonta acampamento mas caçadores escapam para o Paraguai
Alerta
Com umidade do ar registrando 10%, cidades de MS voltam a ficar em alerta