Menu
quinta, 23 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

Semana do Consumidor começa oficialmente hoje em todo o país

Idec recomenda cuidado nas compras

15 março 2021 - 09h24Agência Brasil

Nesta Semana do Consumidor, que começa nesta segunda-feira (15), as lojas virtuais estão com promoções de até 80% e parcelamentos em 12 vezes. Contudo, é preciso tomar cuidado para não cair em ofertas enganosas e ter prejuízo financeiro com a compra dos produtos. 

A Semana do Consumidor foi criada pelo comércio para tentar aumentar as vendas em função do Dia Internacional do Consumidor, que é comemorado hoje. No Brasil, apesar de diversas conquistas, como o Código de Defesa do Consumidor (CDC), que completou 30 anos no ano passado, muitos consumidores ainda precisam recorrer à Justiça para obter ressarcimento de compras malsucedidas. 

Em comemoração aos 30 anos do CDC, o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) reuniu os principais pontos do código, que podem ser úteis para orientar o consumidor na hora da compra. 

Informações claras sobre a compra - A oferta e a apresentação dos produtos e serviços devem ter informações claras e precisas sobre preço, forma de pagamento, garantia e prazos de validade.

Publicidade enganosa é crime - Quem promover publicidade que sabe ser enganosa ou abusiva pode ser condenado a pena de três meses a um ano de detenção e multa.

Direito ao arrependimento - O consumidor pode desistir da compra dentro do prazo de sete dias após o recebimento do produto ou serviço, sempre que a compra ocorrer fora do estabelecimento (internet, telefone).

Atraso na entrega - Caso o produto não seja entregue, o comprar pode cobrar a entrega do item, aceitar outro produto equivalente ou rescindir o contrato e receber o dinheiro de volta. 

Prazo de reclamação - O CDC estabeleceu um prazo de vigência para reclamações de defeitos: 30 dias para fornecimento de serviços e produtos não duráveis e 90 dias para serviços e produtos duráveis. 

Troca de produtos - As empresas são responsáveis pela qualidade dos produtos. Se o problema não for resolvido em até 30 dias, o consumidor pode pedir a troca por outro produto da mesma espécie, restituição do valor pago ou abatimento proporcional do preço. 

Peças de reposição - Quando uma empresa deixa de produzir ou importar um produto, a oferta de peças de reposição deve ser mantida pelo prazo de vida útil do produto. 

Recall - As empresas são obrigadas a comunicar às autoridades e ao público sobre peças que apresentem perigo ao consumidor durante período de venda no mercado, além de providenciar o conserto gratuitamente. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Trabalho Conjunto
Operação Fronteira Legal apreende produtos de descaminho em hotéis de Dourados
Óbito
Irmãos são esfaqueados e o mais velho morre no caminho do hospital
Cidade
Incêndio consome vegetação próxima ao Mirante da Capivara
Cidade
Árvore de grande porte cai sobre casa na avenida Rio Branco
Proposta
Mutirão da vacina deve aplicar 275 mil doses contra Covid em sete dias
Imunização
Veja quem pode se vacinar nesta quinta-feira (23) em Corumbá
Tempo
Sol, calor e tempo firme predominam nesta quinta-feira em Mato Grosso do Sul
Serviço
Sesc inaugura nova unidade em Corumbá
Arma Apreendida
Polícia prende autor após perseguição e troca de tiros no Cristo Redentor
Em Campo Grande
MDB filia novos membros para juventude do partido

Mais Lidas

Denúncia
Carretas impedem tráfego de veículos na BR 262
Fazendo xixi
Mulher cai em ribanceira de 10 metros na Avenida General Rondon
Arma Apreendida
Polícia prende autor após perseguição e troca de tiros no Cristo Redentor
Investigação
MPF cobra Santa Casa de Corumbá sobre uso de recursos federais na pandemia