Menu
sábado, 24 de julho de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Expresso Mato Grosso - Promoção de Junho
Geral

Seguranças que chicotearam menor suspeito de furto pegam dez anos de prisão

25 novembro 2020 - 07h30Top Midia News

Dois seguranças de um supermercado em São Paulo foram condenados a dez anos e três meses de prisão, por chicotearem um garoto, que estava nu e amarrado, durante uma ocorrência de furto no local. O crime ocorreu em julho de 2019, na Vila Joaniza, em São Paulo. 

A decisão foi da 4ª Câmara de Direito Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo e foi divulgada nesta terça-feira (24). Os desembargadores membros dessa turma votaram de forma unânime pela condenação. 

Na Justiça de primeira instância, os réus haviam sido condenados por lesão corporal, mas não por tortura. Porém, segundo o R7, o TJ estendeu a condenação para tortura, cárcere privado e divulgação de cenas de nudez de vulnerável. 

Conforme o processo, o menor foi pego tentando furtar barras de chocolate. Ele foi detido, amarrado e despido para depois sofrer chicoteamento. A sessão de agressões foi filmada e as imagens acabaram caindo nas redes sociais. 
Para a desembargadora Ivana David, relatora da apelação, depois que o adolescente foi detido, os seguranças deveriam apresentá-lo às autoridades competentes.

“Não há como negar a imposição de sofrimento moral e mental resultante da divulgação das imagens — estas a evidenciar por si sós o imenso abalo emocional causado à vítima, exposta nua e amordaçada, desbordando em muito do mero castigo e da humilhação já infligidos e resvalando no sadismo e na pedofilia, indicando-se desprezo pela condição humana”, afirma a desembargadora.

A defesa dos seguranças pedia a absolvição deles alegando falta de testemunhas presenciais. Os dois negaram que cometeram os crimes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Acidente
Motociclista fratura clavícula após perder controle em lombada
Bombeiros
Incêndio urbano atinge vegetação em morraria com difícil acesso
Município
Decreto prorroga por mais 14 dias medidas para diminuir contaminação pela Covid-19
Decisão Popular
Servidores optaram por receber o 13° salário de forma integral em dezembro
Previsão
Sancionada LDO que prevê receita de R$ 18,47 bilhões para MS em 2022
Esperança
Taxa de contágio da Covid se mantém abaixo de 0,90 há uma semana em MS
Investigação
Caso Maria Stella Coimbra: jovem teria fotografado documento do suposto estuprador
Sem contrato
Santa Casa de Corumbá perde serviço de Urologia
Tempo
Final de semana continua com alerta para tempo seco em Mato Grosso do Sul
Facilidade
Saúde credencia laboratório e exames podem ser agendados na própria unidade de saúde

Mais Lidas

Briga de Família
Idoso é socorrido com três perfurações de faca no abdômen
Crime Ambiental
Fazendeiro é multado em R$ 246 mil por incêndio em 821 hectares no Pantanal
Combate
Incêndio atinge 3 hectares de vegetação na área urbana de Corumbá
Facilidade
Saúde credencia laboratório e exames podem ser agendados na própria unidade de saúde