Menu
sexta, 15 de outubro de 2021
Andorinha - Setembro e Outubro
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

Secretaria de saúde diz que está lutando contra o Covid-19 em Corumbá

18 agosto 2020 - 11h54Sylma Lima

O secretário municipal de saúde Rogério Leite, enviou ofício ao Capital do Pantanal na última sexta-feira (14), requerendo direito de resposta sobre a matéria veiculada neste site, na quinta-feira passada (13), que mostrava a incoerência no número de óbitos, entre governo do estado e município. Apesar deste jornal ter provado em matéria posterior, publicada na sexta-feira (14), que os números apresentados estavam em conformidade com dados oficiais da Saúde Estadual e, que houve realmente um desencontro de informações nas estatísticas de óbitos, o secretário quis esclarecer que, “são divulgados somente os óbitos de casos confirmados, não de suspeitos. As vezes pode ocorrer um óbito e o Hospital comunicar posteriormente a Vigilância Municipal, que assim que informada lança as informações no referido boletim”.

Contudo, para que se prese a veracidade das informações deste jornal, decidimos por dar a versão da secretaria de saúde municipal, por ser de interesse da comunidade os atos do poder público durante a pandemia.

Toda a polêmica gerada sobre o assunto, que deu motivos para grandes discussões em redes sociais, foi por causa da introdução do medicamento Hidroxicloroquina no tratamento precoce de pessoas com suspeitas de Covid-19. O kit foi sugerido pelo médico Manuel João da Costa Oliveira, que esteve à frente da pandemia no CTI (Centro de Ttratamento Intensivo), por quatro meses e meio, até que contraiu o Covid e está em quarentena, em casa. Manuel João explicou ao Capital do Pantanal que realmente muitos vieram a óbito, porque ao procurarem ajuda no Pronto Socorro, médicos plantonistas receitavam medicação básica e mandavam o paciente para casa entretanto, estes mesmos pacientes retornaram em estado gravíssimo tendo que ser em tubados, cuja as chances de sobrevivência passava para apenas 20%.

Em nota, o secretário afirma que , “desde o inicio da pandemia, a Secretaria de Saúde e o Hospital de Corumbá têm enviado esforços incomensuráveis para tratar todos os cidadãos de forma mais humanizada possível, em que o Município fornece o aparato técnico (transparência de valores, aquisição de insumos, readequação de estrutura) e o Hospital, além disso, com o atendimento propriamente dito aos contaminados .”

Nota de direito de resposta na íntegra

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dia do Professor
Façanha destaca papel do professor no período pós-pandemia
Corumbá
Foragido é preso em ronda no bairro Generoso
Corumbá
Dupla é presa com 20 quilos de maconha
Evento
IFMS realizará Festival de Arte e Cultura 2021 de forma virtual
Reforço
Saúde de Corumbá e Ladário recebem mais de 500 equipamentos doados pela Vale
Porto Murtinho
Mulher é multada em mais de R$ 20 mil por exploração ilegal de madeira
Agenda
Povo das Águas atende ribeirinhos da região do Taquari a partir de 24 de outubro
Atualização Vacinal
13 unidades de saúde participam do Dia D de Multivacinação neste sábado em Corumbá
Corumbá
Vereador busca recursos para atender necessidades do Conselho Municipal Antidrogas
Monitoramento
Defesa Civil alerta para chance de novos temporais

Mais Lidas

Agenda Cultural
Marcynho Sensação se apresenta no estádio Arthur Marinho nesta sexta, dia 15
Destaque
Presídio feminino de Corumbá está na lista dos 30 melhor avaliados do país
Associação Criminosa
Segunda fase da operação Dark Card prende ex-funcionário público e empresário
Tempo
Chuvas retornam com chance de grandes acumulados para região sul do Estado