Menu
terça, 16 de julho de 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Geral

Saúde registra 1º caso de febre oropouche no Estado

14 junho 2024 - 09h30Marcus Moura, Comunicação SES

A SES (Secretaria de Estado da Saúde), por meio da Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica, através da Gerência de Doenças Endêmicas, confirmou no final desta quarta-feira (12) o primeiro caso de Febre do Oropouche em Mato Grosso do Sul. A paciente, mulher de 42 anos, é moradora de Campo Grande, entretanto, o LPI (Local Provável de Infecção) é na Bahia.

Conforme a gerente técnica estadual de Doenças Endêmicas da SES, Jéssica Klener Lemos dos Santos, uma série de ações complementares serão desenvolvidas pelo Estado em conjunto com os municípios, como sistematizar as informações dos casos suspeitos e confirmados (deslocamentos, sintomas, quadro clínico etc.), coleta de amostras de outros pacientes para testagem pelo LACEN (Laboratório Central de Saúde Pública de Mato Grosso do Sul), com o objetivo de fortalecer a vigilância da doença.

“O caso registrado em Mato Grosso do Sul está sendo tratado como alóctone, que é quando a doença é importada de outra localidade. A paciente em questão fez uma viagem à Bahia recentemente; o Estado tem mais de 600 casos confirmados neste ano”, explica Jéssica.

A Gerência elaborou uma nota técnica para os municípios para orientar os profissionais de saúde quanto às ações de vigilância, prevenção e controle da Febre Oropouche no Estado.

O que é Febre Oropouche?

A Febre do Oropouche é uma doença causada por um arbovírus, que foi isolado pela primeira vez no Brasil em 1960. Desde então, casos isolados e surtos foram relatados no Brasil, principalmente, nos estados da região amazônica. Também já foram relatados casos e surtos em outros países das Américas Central e do Sul (Panamá, Argentina, Bolívia, Equador, Peru e Venezuela).

Como é transmitida?

A transmissão da Febre Oropouche é feita principalmente por mosquitos. Depois de picar uma pessoa ou animal infectado, o vírus permanece no sangue do mosquito por alguns dias. Quando esse mosquito pica outra pessoa saudável, pode transmitir o vírus para ela.

Existem dois tipos de ciclos de transmissão da doença:

  • Ciclo Silvestre: Nesse ciclo, os animais como bichos-preguiça e macacos são os hospedeiros do vírus. O mosquito Culicoides paraenses, conhecido como maruim ou mosquito-pólvora, é considerado o principal transmissor nesse ciclo.
  • Ciclo Urbano: Nesse ciclo, os humanos são os principais hospedeiros do vírus. O mosquito Culicoides paraenses também é o vetor principal.

Sintomas

Os sintomas da Febre do Oropouche são parecidos com os da dengue e da chikungunya: dor de cabeça, dor muscular, dor nas articulações, náusea e diarreia. Não existe tratamento específico. Os pacientes devem permanecer em repouso, com tratamento sintomático e acompanhamento da rede de saúde.

Casos no país

O Brasil tem observado um grande aumento do número de casos de Febre Oropouche. De acordo com o último boletim do Ministério da Saúde, já são 6.207 casos em 2024. Em 2023, foram 835.

Atualmente, com exceção do Tocantins, todos os estados da região norte registraram casos autóctones (oriundos do mesmo local onde ocorreu a doença).

Dos estados da região extra-amazônica, 5 já registraram casos autóctones, sendo eles Piauí, Bahia, Espírito Santo, Rio de Janeiro e Santa Catarina. O Brasil ainda não registrou nenhuma morte pela doença.

Receba as notícias no seu Whatsapp. Clique aqui para seguir o Canal do Capital do Pantanal. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BR 262
PRF apreende 20 kg de maconha em carro que seguia para Campo Grande
Dança & Teatro
Espetáculo "Corpo que eu habito" faz estreia nacional em Corumbá no dia 20 de julho
Ensino Superior
UFGD abre inscrições para vestibular com 1.459 vagas em 38 cursos
Inscrições abertas
Editais oferecem oportunidade para alavancar ideias de negócio relacionadas ao Cerrado e Pantanal
Irônico
Desembargador que hasteou bandeira da monarquia no TJ assume a justiça eleitoral de MS
Futebol
Costa Rica perde por 1x0 e classificação fica para a última rodada
Empreendedorismo
Mato Grosso do Sul registra 19 mil novas formalizações no primeiro semestre de 2024
20ª edição
Amistoso da Diversidade é domingo em Corumbá
Nacional
Atraso em sistema informático paralisa saques do Fundo PIS/Pasep
Operação Pantanal 2024
Previsão de temperatura alta e queda na umidade do ar é alerta para novos incêndios

Mais Lidas

20ª edição
Amistoso da Diversidade é domingo em Corumbá
Operação Pantanal 2024
Previsão de temperatura alta e queda na umidade do ar é alerta para novos incêndios
Irônico
Desembargador que hasteou bandeira da monarquia no TJ assume a justiça eleitoral de MS
Tempo
Corumbá registra 11°C pela manhã e pode atingir a máxima de 28°C nesta segunda-feira
Temperatura deve subir ao longo da semana