Menu
quinta, 29 de julho de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Expresso Mato Grosso - Promoção de Junho
Geral

Reforço segue por navio para controlar incêndios na Barra do São Lourenço

23 setembro 2020 - 09h04Gesiane Sousa

Novos homens do Corpo de Bombeiros de Corumbá e do Estado do Paraná foram enviados para a região do Amolar, na Barra do São Lourenço, a 150 quilômetro de distância do perímetro urbano. O reforço para as equipes que permanecem acampadas no Pantanal desde o inicio da semana, partiu na manhã desta quarta-feira (23) a bordo do Navio Patrulha  Paraguaçu da Marinha do Brasil.

Desde segunda-feira (21), a região da Barra do São Lourenço vem sendo atingida por incêndios de grandes proporções, famílias de ribeirinhos precisaram ser evacuadas de suas casas com urgência, devido a ameaça do fogo que estava muito próximo das residências de madeira, que facilmente seriam destruídas pelas chamas.

Os Bombeiros têm se concentrado em proteger a população e as moradias, segundo o 2° Tenente do Corpo de Bombeiros do Paraná Pedro, "o fogo ainda não foi controlado, a carga de incêndio ainda é grande." No momento as equipes fazem o combate e monitoramento do incêndio que avança se deslocar em direção as casas e a escola da comunidade, onde as famílias socorridas estão abrigadas.

A sede do Parque Chico Mendes está sendo usada como base para Bombeiros, brigadistas do ECOA, ICMBIO, Prevfogo/IBAMA e brigadistas do Parque, que também somaram esforços na força-tarefa.

Na manhã desta quarta-feira (23) serão deslocados reforços do Corpo de Bombeiros Militar do Mato Grosso do Sul e Paraná para a área do sinistro, o apoio logístico para movimentação das equipes esta sendo realizado pelo 6° Distrito Naval, Marinha do Brasil, neste momento estão   em deslocamento no.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dia mais frio do ano
MS registra geada em 26 cidades e tem sensação térmica de -6ºC
Operação Vostok
Polaco volta a MS para depor na PF sobre crimes fiscais
Alerta
Prazos para regularização de infrações, veículos e habilitação voltam a ser cobrados
Após 4 anos parada
Além de produzir energia, usina termelétrica reativada vai gerar empregos e ICMS
Investigação
Acusado ganhava confiança das vítimas para praticar crimes de estelionato
Tempo
Frio ganha força e aumenta chance de geada nesta quinta-feira
Agricultura
Colheita do milho deve sofrer queda de mais de 2 milhões de toneladas
Destaque
MS mantém liderança no ranking da OPAS como melhor Estado que vacina contra Covid-19 no país
Olímpiadas
Tóquio: seleção brasileira vence a Arábia Saudita e avança às quartas
Calendário
Comprovação para a primeira chamada do Prouni termina hoje

Mais Lidas

Na Capital
Júri absolve assassino confesso por ele ter agido em "ato de desespero"
Ilumina Pantanal
Projeto leva energia solar para sete municípios e mais de 2 mil famílias no Pantanal
340 vagas
Matrículas para cursos de línguas do IFMS começam nesta quarta (28)
Monitoramento
Ladário sai da bandeira vermelha e volta para laranja