Menu
segunda, 26 de julho de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Expresso Mato Grosso - Promoção de Junho
Geral

Redução da taxa de iluminação pública durante bandeira vermelha segue para aprovação

09 julho 2021 - 09h22Redação

O vereador Nelsinho Dib encaminhou ofício esta semana ao prefeito Marcelo Iunes, propondo redução da taxa da COSIP (Contribuição para Custeio dos Serviços de Iluminação Pública) em Corumbá, enquanto perdurar o período de bandeira vermelha, patamar 2, nas contas referentes ao consumo de energia elétrica, para imóveis residenciais, comerciais e industriais. 

No documento, o vereador sugeriu ao prefeito a realização de análises técnico, financeiro e jurídicas cabíveis, visando a elaboração e encaminhamento ao Poder Legislativo, “de propositura legal por parte do Executivo, para apreciação dos vereadores, como forma de amenizar o valor das contas de energia”, observou. 

“É uma sugestão que estamos encaminhando ao prefeito pelo fato de que, com a bandeira vermelha, ocorreu um aumento de 52% nas contas pelo consumo de energia elétrica, num período em que a maioria das pessoas estão em suas residências, em quantidade muito superior de horas, em virtude da pandemia da Covidd-19”, lembrou. 

Lembrou que isso tem gerado um consumo maior de energia por parte da população “e o aumento na conta será maior ainda com a bandeira vermelha. Só o fato de ficar em casa, já há um aumento no consumo, e isso fará com que as contas cheguem mais altas ainda para o consumidor”, ressaltou. 

Reforçou o pedido afirmando que, com a pandemia, muitos perderam o emprego e a redução da taxa da COSIP será uma forma de amenizar a situação. Além disso, destacou que “a indústria e o comércio, nesse momento, já esboçam sinais de retomadas aos caminhos normais, mas também necessitam de apoio, de estímulo. Qualquer redução nos custos de serviços e/ou produção, por menor que seja, será bem-vindo e, principalmente, muito bem-visto”. 

Pediu ainda apoio do prefeito e dos deputados estaduais em solicitar ao governador Reinaldo Azambuja, a redução nos valores relativos ao ICMS. “Creio que se ocorrerem essas duas reduções, o aumento no valor do fornecimento desse serviço de caráter essencial, que é a energia elétrica, afetará de forma menos significativa à população corumbaense e, consequentemente, de todo o Estado”, concluiu. 

 

Com informações da Assessoria de Comunicação do vereador

Deixe seu Comentário

Leia Também

Imunização
Quem pode se vacinar nesta segunda (26)
Operação Hefesto
Incêndio atinge linha férrea sobre o Rio Paraguai
Economia
Prefeitura reúne meios de hospedagem para sensibilização turística e uso do QR Code 
Plantão
Incêndio atinge aterro sanitário de Corumbá
Suspeito
Governo prorroga contrato com empresa investigada por pagar propina a filho de Reinaldo
Tráfico de Drogas
Mala com 14 quilos de pasta base é encontrada na rodoviária de Corumbá
Pedrada
Briga de família termina com mãe ferida e filho preso
Polícia Militar
Homem denuncia filho foragido
Alerta Infectologista
Vacinados contra Covid-19 devem aguardar 48 horas para ingerir bebida alcoólica
Oportunidade
Inscrições para estágio na Justiça Federal terminam nesta terça (27)

Mais Lidas

Seguiriam para Bolívia
Dois veículos que seriam atravessados para Bolívia são recuperados
Imunização
Sábado tem vacinação contra Covid até 12h no drive do Poliesportivo
Cidade Tranquila
Operação conjunta combate crimes fronteiriços em Corumbá e Ladário
Mais tempo
Exame toxicológico na emissão de CNH tem prazo ampliado para utilização do laudo