Menu
domingo, 26 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

Receita Federal envia carta a 3,9 mil contribuintes de MS que caíram na malha fina

29 outubro 2020 - 10h10Redação Capital do Pantanal com informações do G1

A partir desta quinta-feira (29), a Receita Federal começou a enviar cartas a 3.996 contribuintes de Mato Grosso do Sul (MS) que tiveram a declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) de 2020 retida em malha fina. A regularização das pendências poderão ser regularizadas pelo próprio contibuinte através do e-Cac pela internet, sem a obrigatoriedade de comparecer pessoalmente em uma unidade da Receita Federal. 

As correspondências serão enviadas até 1º de novembro, e segundo a Receita a comunicação será feita somente aos contribuintes que não foram intimados nem notificados anteriormente. Junto com a pendência informada na carta, são fornecidas orientações de como proceder no caso de erro na declaração apresentada. As comunicações referem-se a casos em que as informações fornecidas apresentem divergências que podem ser solucionadas com a retificação da declaração entregue.

A declaração retida em malha fiscal apresenta mensagem de “pendência” no extrato e não é preciso aguardar convocação da Receita para ajustar as informações, a qualquer momento o contribuinte pode conferir a situação da sua Declaração e regularizar as informações pela internet. 

A Receita adverte que, caso o contribuinte não aproveite a oportunidade, poderá ser intimado para comprovar as divergências. A regularização pode evitar autuação fiscal e multas. Após receber intimação, não será mais possível fazer correção. Caso tenha imposto a pagar, o valor terá acréscimo de multa de, no mínimo, 75%.

Serviço

Para ter o resultado do processamento da declaração, o contribuinte pode acessar a página da Receita no menu "Onde Encontro?", na opção "Extrato da DIRPF (Meu Imposto de Renda)", utilizando código de acesso ou uma conta Gov.br.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Denúncia
Homem morre e família acusa médica da UPA de negligência
Palestras
3ª edição da Semana da Saúde do Sesc tem foco nos reflexos da pandemia
SCT 2021
IFMS abre inscrições para Semana de Ciência e Tecnologia
Javaporco
PMA flagra criação ilegal de javalis em propriedade de Dourados
Alerta
De agendamentos a esquemas de 'pirâmides', entenda os maiores golpes do Pix em MS
Retomada
Fundtur recebe inscrições no Programa "Incentiva+MS Turismo" até 5 de outubro
Bonito
Mulher é multada em R$ 5 mil por desmatamento ilegal em área protegida
Imunização
Veja quem pode se vacinar neste fim de semana em Corumbá
Balanço
Mais de 50% das drogas apreendidas na Operação Fronteiras e Divisas I são de MS
Economia
Comércio deve facilitar pagamento e ser cauteloso para o Dia das Crianças

Mais Lidas

Denúncia
Homem morre e família acusa médica da UPA de negligência
Imunização
Veja quem pode se vacinar neste fim de semana em Corumbá
Desenvolvimento
Comissão mista homologa consórcio que vai construir ponte da Rota Bioceânica em MS
Bonito
Mulher é multada em R$ 5 mil por desmatamento ilegal em área protegida