Menu
segunda, 15 de julho de 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Geral

Quinta-feira de 40ºC e baixa umidade do ar em Corumbá

27 agosto 2020 - 07h44Mireli Obando do Portal MS com adaptações de Gesiane Sousa

O tempo segue firme em Mato Grosso do Sul (MS) com destaque, nesta quinta-feira (27), para as elevadas temperaturas que devem atingir o Estado, especialmente nas cidades da região pantaneira. 

A estimativa do Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima (Cemtec) é de céu claro a parcialmente nublado em todas as regiões. Não há expectativa de chuva.

A meteorologia indica que as temperaturas podem chegar aos 40°C nesta quinta. A mínima prevista para o Estado é de 13°C. Campo Grande também terá dia ensolarado com variação estimada entre 21°C a 35°C. Corumbá atige a máxima de 40ºC. 

As condições de tempo contribuem para que a umidade do ar fique baixa durante à tarde. Os índices poderão variar entre 85% a 15%, considerado estado de alerta pela Organização Mundial de Saúde (OMS). A recomendação é ingerir bastante água, umidificar ambientes, evitar aglomerações e exposição direta ao sol, além de usar soro fisiológico nos olhos e narinas.

Próximos dias

A semana terá influência de um anticiclone de níveis médios que contribui para a manutenção do tempo seco, resultando na diminuição da umidade relativa do ar em grande parte das regiões centro-oeste, sudeste e interior do nordeste do Brasil. 

Ao menos até o dia 10 de setembro não há expectativa de chuva para o Estado, de acordo com o Cemtec. As condições climáticas acendem o alerta para o risco de queimadas urbanas e florestais que podem iniciar por uma tentativa de eliminar lixo em terrenos baldios com fogo ou até mesmo por bitucas de cigarro descartadas na vegetação. 

Além de prejudicar o meio ambiente, a saúde é outro fator afetado pela poluição do ar decorrente dos incêndios. Problemas respiratórios como, bronquite, asma, sinusite e rinite, nariz entupido, rouquidão, tosse alérgica, conjuntivite, irritação nos olhos e garganta, alergia e vermelhidão na pele, e doenças cardiovasculares, estão entre os problemas mais frequentes, e que se agravam em decorrência da fumaça.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BR 262
PRF apreende 20 kg de maconha em carro que seguia para Campo Grande
Dança & Teatro
Espetáculo "Corpo que eu habito" faz estreia nacional em Corumbá no dia 20 de julho
Ensino Superior
UFGD abre inscrições para vestibular com 1.459 vagas em 38 cursos
Inscrições abertas
Editais oferecem oportunidade para alavancar ideias de negócio relacionadas ao Cerrado e Pantanal
Irônico
Desembargador que hasteou bandeira da monarquia no TJ assume a justiça eleitoral de MS
Futebol
Costa Rica perde por 1x0 e classificação fica para a última rodada
Empreendedorismo
Mato Grosso do Sul registra 19 mil novas formalizações no primeiro semestre de 2024
20ª edição
Amistoso da Diversidade é domingo em Corumbá
Nacional
Atraso em sistema informático paralisa saques do Fundo PIS/Pasep
Operação Pantanal 2024
Previsão de temperatura alta e queda na umidade do ar é alerta para novos incêndios

Mais Lidas

BR 262
PRF apreende 20 kg de maconha em carro que seguia para Campo Grande
Dança & Teatro
Espetáculo "Corpo que eu habito" faz estreia nacional em Corumbá no dia 20 de julho
Ensino Superior
UFGD abre inscrições para vestibular com 1.459 vagas em 38 cursos