Menu
terça, 25 de janeiro de 2022
Andorinha Janeiro/2022
Andorinha Mobile - Janeiro 2022
Geral

Publicada regulamentação do programa "Conta de Luz Zero"

14 janeiro 2022 - 08h18Portal do Governo

O Governo do Estado publicou, no Diário Oficial do Estado (DOE) desta sexta-feira (14), a Resolução que regulamenta o programa "Energia Social: Conta de Luz Zero", que isenta do pagamento da conta de energia elétrica mais de 152 mil famílias de Mato Grosso do Sul. 

Conforme o documento, a Sedhast (Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho), será a responsável pela operacionalização do pagamento do programa. O ressarcimento às concessionárias de energia elétrica que operam no Estado será feito dez dias depois da apresentação do relatório dos valores mensais do consumo de cada uma das unidades beneficiadas pelo “Energia Social”. 

Além disso, as concessionárias devem cadastrar automaticamente as unidades consumidoras que se encaixam nos critérios para a participação no programa, a partir da base do Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), encaminhada mensalmente pela Sedhast. 

Ainda de acordo com a Resolução, é possível que o beneficiário deixe de receber a isenção por um período, caso exceda o consumo mensal de 220 kwh estabelecido pelo programa. Porém, a pessoa beneficiada pode voltar, automaticamente, ter a conta zerada se unidade consumidora retornar ao consumo dentro do limite estabelecido na lei. A exclusão ou o restabelecimento serão feitos pelas concessionárias. 

A regulamentação começa a valer hoje, produzindo efeitos a contar de 15 de dezembro de 2021. Clique aqui e confira a Resolução, publicada nas páginas 5 e 6. 

O Programa 

Mais de 152 mil famílias sul-mato-grossenses começaram o ano livres da conta de energia elétrica. Até janeiro de 2023, o Governo do Estado vai pagar a conta de luz das famílias que estiverem dentro dos critérios do Energia Social: Conta de Luz Zero. 

Conforme a lei que estabelece o benefício, entram no plano as residências que utilizam até 220 kWh por mês, tendo uma faixa de consumo em torno de R$ 118,00. Para serem contempladas as famílias devem estar inscritas no Cadastro Único (Cadiúnico) do Governo Federal e já serem beneficiadas com a “Tarifa Social”. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Benefício
Portadores de síndrome de Down passam a ter isenção de ICMS na compra de veículos 0km
Tráfico de Drogas
Homem é preso com 620 kg de maconha após perseguição em rodovia
Receptação
Homem é flagrado com moto roubada em blitz no centro
Denúncia
Homem rompe tornozeleira e é reconduzido para presídio
3ª Fase
Preso terceiro envolvido no sequestro e roubo em escola municipal de Corumbá
Variedade
Qual é o melhor banco digital para PJs?
4 quilos
Cocaína ocultada em papel é apreendida em van com destino a Campo Grande
Imunização
Ministério da Saúde anuncia mais 26.500 doses da Pfizer pediátrica para MS
Tempo
Mato Grosso do Sul terá mais um dia de calor intenso; tempo muda nos próximos dias
São esperadas chuvas de intensidade moderada a forte à partir de quarta-feira (26)
Imunização
Corumbá disponibiliza 11 pontos de vacinação e apenas um funciona o dia todo

Mais Lidas

Fronteira
Família simulou venda de 20 mil toneladas de grãos em MS para 'maquiar' tráfico de cocaína
Crime de 2016
Homem condenado por estupro de vulnerável é preso em Corumbá
Desdobramentos
Polícia recupera TV furtada e prende mulher por receptação
Começa hoje
Programa Vale Universidade abre inscrições com 1 mil vagas disponíveis