Menu
domingo, 09 de maio de 2021
Andorinha - Maio
Geral

Promotor instaura investigação 17 anos depois do ocorrido contra governo Zeca do PT

08 março 2019 - 09h32Sylma Lima

O Promotor de Justiça da 31ª Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social da Comarca de Campo Grande/MS, instaurou Inquérito Civil Público sob o número 06.2019.00000351-6 contra Agência Estadual de Gestão de Empreedimentos - AGESUL para apurar “ eventual ato de improbidade administrativa em seis convênios realizados pelo Estado de Mato Grosso do Sul com a entidade privada Sociedade de Apoio à luta pela Moradia em meados do ano de 2002, para construção de unidades habitacionais.

O edital de publicação foi publicado no Diário Oficial do Ministério Público desta sexta-feira ( 08) e encontra à disposição no endereço da Promotoria na Avenida Ricardo Brandão, nº 232 - Chácara Cachoeira, em Campo Grande-MS.

Em 2002 o governador era Zeca do PT ( José Orcilio Mirando dos Santos). Zeca disputou as eleições de 2018 para o cargo de senador, mas não foi eleito.

Outras investigações

Foram publicadas outras investigações de fatos que ocorrem há anos.

1-Inquérito Civil 50/2014 para o formato digital, que se encontra à disposição na Avenida Ricardo Brandão, nº 232 - Chácara Cachoeira. Inquérito Civil nº 06.2019.00000335-0 Requerente: Denúncia Anônima Requerido: A apurar Assunto: Apurar eventual ato de improbidade administrativa no Concurso de Fiscal de Rendas da Secretaria de Fazenda do ano de 2014, quanto ao suposto vazamento de questões de prova.

2)-Inquérito Civil, em conversão do Inquérito Civil nº 70/2013 para o formato digital, que se encontra à disposição na Avenida Ricardo Brandão, nº 232 - Chácara Cachoeira. Inquérito Civil nº 06.2019.00000354-9 Requerente: Ministério Público Estadual, Paulo Siufi Neto Requerido: Departamento

Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul - DETRAN/MS, Município de Campo Grande Assunto: Apurar eventual ato de improbidade administrativa no Convênio n. 19.649/2012, celebrado entre o Departamento Estadual de Trânsito - DETRAN/MS e o Município de Campo Grande, relativo à construção do Hospital do Trauma.

3)-Inquérito Civil nº 06.2018.00002548-3 Requerente: Ministério Público Estadual Requerido: G.V.Z.F e G.M.A; e outros a apurar Assunto: Apurar se as pessoas de G.V.Z.F e G.M.A seriam servidores fantasmas na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLICIAL
Pedestre é atropelado por caminhonete, arremessado e corpo encontrado 1h depois em matagal
Várias testemunhas procuraram corpo por cerca de uma hora
SAÚDE
Cruz Vermelha Internacional completa hoje 158 anos
POLICIAL
Idoso de 86 anos morre após ser atropelado e arrastado em Campo Grande
INTERNACIONAL
Pfizer deve produzir 4 bilhões de doses de vacina contra covid em 2022
GERAL
Sábado é o último dia para matrícula para aprovados da UEMS da 4ª convocação
POLICIAL
Polícia Militar Ambiental resgata tucano atropelado em rodovia
SAÚDE
Centro de Atendimento à Covid-19 está funcionando em novo endereço
GERAL
Procon divulga pesquisa de preços com opções de presentes para o Dia das Mães
GERAL
Pequenos negócios são responsáveis por quase 70% dos empregos gerados em março em MS
GERAL
Senac Corumbá oferece opções de cursos nas áreas de beleza e saúde

Mais Lidas

GERAL
Senac Corumbá oferece opções de cursos nas áreas de beleza e saúde
POLICIAL
Pedestre é atropelado por caminhonete, arremessado e corpo encontrado 1h depois em matagal
POLICIAL
Idoso de 86 anos morre após ser atropelado e arrastado em Campo Grande
CIÊNCIA E TECNOLOGIA
Pesquisadores do Estado desenvolvem gel cicatrizante à base de planta nativa