Menu
segunda, 25 de janeiro de 2021
Andorinha Janeiro/Fevereiro
Andorinha Janeiro/Fevereiro Mobile
Geral

Promotor instaura investigação 17 anos depois do ocorrido contra governo Zeca do PT

08 março 2019 - 09h32Sylma Lima

O Promotor de Justiça da 31ª Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social da Comarca de Campo Grande/MS, instaurou Inquérito Civil Público sob o número 06.2019.00000351-6 contra Agência Estadual de Gestão de Empreedimentos - AGESUL para apurar “ eventual ato de improbidade administrativa em seis convênios realizados pelo Estado de Mato Grosso do Sul com a entidade privada Sociedade de Apoio à luta pela Moradia em meados do ano de 2002, para construção de unidades habitacionais.

O edital de publicação foi publicado no Diário Oficial do Ministério Público desta sexta-feira ( 08) e encontra à disposição no endereço da Promotoria na Avenida Ricardo Brandão, nº 232 - Chácara Cachoeira, em Campo Grande-MS.

Em 2002 o governador era Zeca do PT ( José Orcilio Mirando dos Santos). Zeca disputou as eleições de 2018 para o cargo de senador, mas não foi eleito.

Outras investigações

Foram publicadas outras investigações de fatos que ocorrem há anos.

1-Inquérito Civil 50/2014 para o formato digital, que se encontra à disposição na Avenida Ricardo Brandão, nº 232 - Chácara Cachoeira. Inquérito Civil nº 06.2019.00000335-0 Requerente: Denúncia Anônima Requerido: A apurar Assunto: Apurar eventual ato de improbidade administrativa no Concurso de Fiscal de Rendas da Secretaria de Fazenda do ano de 2014, quanto ao suposto vazamento de questões de prova.

2)-Inquérito Civil, em conversão do Inquérito Civil nº 70/2013 para o formato digital, que se encontra à disposição na Avenida Ricardo Brandão, nº 232 - Chácara Cachoeira. Inquérito Civil nº 06.2019.00000354-9 Requerente: Ministério Público Estadual, Paulo Siufi Neto Requerido: Departamento

Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul - DETRAN/MS, Município de Campo Grande Assunto: Apurar eventual ato de improbidade administrativa no Convênio n. 19.649/2012, celebrado entre o Departamento Estadual de Trânsito - DETRAN/MS e o Município de Campo Grande, relativo à construção do Hospital do Trauma.

3)-Inquérito Civil nº 06.2018.00002548-3 Requerente: Ministério Público Estadual Requerido: G.V.Z.F e G.M.A; e outros a apurar Assunto: Apurar se as pessoas de G.V.Z.F e G.M.A seriam servidores fantasmas na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLICIAL
Grupo é preso por tráfico de droga no Popular Nova
ECONOMIA
Apostador de Fortaleza acerta os seis números sorteados na Mega-Sena
SAÚDE
Saúde começa segunda fase de distribuição de vacinas contra a Covid-19
TEMPO
Neste domingo Corumbá tem temperatura mínima de 23°C e máxima de 31°C
EDUCAÇÃO
O que é preciso saber para o segundo dia do Enem
GERAL
Correios celebra Dia do Carteiro e 358 anos de serviço postal
COVID-19
Boletim Covid-19 deste sábado registra óbitos em 12 municípios
GERAL
Startup de design investe em site para vender produtos sul-mato-grossenses
GERAL
Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio de R$ 22 milhões
DEFESA CIVIL
Sala de Situação do Imasul alerta para risco de transbordamento dos rios Miranda e Aquidauana

Mais Lidas

POLICIAL
Grupo é preso por tráfico de droga no Popular Nova
SAÚDE
Saúde começa segunda fase de distribuição de vacinas contra a Covid-19
ECONOMIA
Apostador de Fortaleza acerta os seis números sorteados na Mega-Sena
TEMPO
Neste domingo Corumbá tem temperatura mínima de 23°C e máxima de 31°C