Menu
domingo, 18 de abril de 2021
Andorinha Fevereiro
Andorinha Fevereiro
Geral

Projeto Indústria Sem Fronteiras desperta interesse de 27 empresas de seis Estados

08 julho 2017 - 08h07Gesiane Medeiros

O Projeto Indústria Sem Fronteira da Fiems, foi divulgado para empresários da região de Ponta Porã e Estados próximos ontem, sexta-feira (7). No evento, realizado na sede da Associação Comercial e Empresarial do município, estavam presentes, o presidente da Fiems e representantes do governo de MS. A boa notícia é que 27 empresas de seis Estados já despertaram interesse em instalar negócios em terras sul-mato-grossensesm na faixa de fronteira com o Paraguai. 

A apresentação do projeto na região foi um convite do prefeito de Ponta Porã, Hélio Peluffo. Foto: Divulgação

O Indústria Sem Fronteiras foi lançado em março deste ano pela Fiems com o objetivo de fomentar e atrair empreendimentos e investimentos para as cidades fronteiriças do Estado por meio da divulgação e orientações aos empresários de todo o Brasil sobre as vantagens competitivas obtidas ao instalar uma empresa na região. A Fiems apresenta ao empresário mecanismos como o Programa Fomentar Fronteiras, criado pelo Decreto Estadual nº 14.090/2014, e a Lei de Maquila, que preveem a isenção de impostos.

A convite do prefeito de Ponta Porã, Hélio Peluffo, o presidente da Fiems destacou a empresários presentes no evento o leque de oportunidades de negócios no município e que o momento é de pensar em desenvolvimento, aumento da renda por meio da geração de empregos e, acima de tudo, consolidar a instalação das empresas interessadas.

“O Indústria Sem Fronteiras, um produto da Fiems que conta com o apoio das prefeituras dos municípios da fronteira e do Governo do Estado, é uma forma de desenvolver Mato Grosso do Sul por meio da geração de empregos e oportunidades. O programa também estabelece um equilíbrio competitivo entre as empresas do lado brasileiro e do lado paraguaio, já que o país vizinho tem uma série de vantagens em relação ao Brasil, como o custo da mão de obra, da energia, questões burocráticas e tributárias”, disse Sérgio Longen.

Ele mostrou aos empresários como funciona a instalação de uma empresa via mecanismos do Fomentar Fronteiras, explicando que as orientações são repassadas pelo CIN (Centro Internacional de Negócios) da Fiems. O prefeito Hélio Peluffo, por sua vez, comemorou a quantidade de empresas interessadas no município – sete no total - e disse que promoveu o evento porque tem a obrigação de divulgar aos empresários a existência desta oportunidade de produzir do lado brasileiro da fronteira em pé de igualdade com os paraguaios.

“Estamos fazendo a nossa parte, visitando empresas e recebendo empresários para orientar e esclarecer dúvidas sobre o programa Fomentar Fronteiras. Essa é uma oportunidade ímpar para a nossa cidade, e quando os empresários entendem como funciona, simplesmente querem saber qual a pegadinha, porque, de fato, é um mecanismo muito atrativo. E é exatamente deste tipo de atratividade que precisamos, do contrário, este empresário jamais teria o interesse de investir em Ponta Porã. Esta é uma ação muito inteligente Fiems e do Governo Estado, que estão encontrando alternativas para desenvolver nossa região”, considerou Hélio Peluffo.

Jaime Verruck acredita que o projeto tira o foco das dicussões de segurança e apresenta novos caminhos para o desenvolvimento da Fronteira. Foto: Divulgação

O secretário estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, afirmou que o Fomentar Fronteiras é um mecanismo diferenciado de fomento aos municípios fronteiriços. “Nosso intuito com este programa era pensar em uma forma de tirar o foco somente da questão da segurança da fronteira, e investir também no desenvolvimento econômico, gerando emprego para a população e atraindo mais investimentos”, falou.

Já o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Ponta Porã, Amauri Ozório Nunes, avaliou que hoje o município sobrevive basicamente do setor de serviços e precisa de ações de incentivos à indústria. “Hoje, contamos basicamente com o comércio e turismo de compras. A indústria é fraca e é importante que seja fomentada porque é um setor importante para a cadeia produtiva e para empregar a população de Ponta Porã”, considerou.

Vice-presidente da Cámara de Industria, Comercio y Turismo de Pedro Juan Caballero, Victor Hugo Barreto reforçou que a entidade está à disposição para atender o empresário brasileiro que tiver interesse no País. “Estamos aqui para somar e fortalecer e engrandecer nossa fronteira, para que ela se torne pujante e desenvolvida, de forma sustentável. Estamos à disposição para atender o empresário brasileiro no que for preciso, e recebe-los de braços abertos”, pontuou.

 

Confira abaixo a relação de empresas com interesses no Indústrias Sem Fronteiras

01 - Neon Empreendimentos

02 - LM Vidros

03 - D’Itália PVC

04 – BIOSUL

05 - Lpx Agroindustrial

06 – Shoulder

07 - CGR Engenharia

08 - Fundição Femar

09 – Patena

10 – Coldline

11 – Alumix

12 – Biolimps

13 – Açofort

14 - Dale Sorvetes

15 - Ramos e Cominetti

16 - Rimoli e Cia

17 – Brasráfia

18 - União Plásticos

19 - Química Central

20 - Grupo Cabify

21 – Dekx

22 - Sul Cordas

23 - Total Pet

24 - Plast Plus

25 - Regra Cordas

26 – Kagiva

27 - L2TX Holding

Com trechos da assessoria da Fiems

Deixe seu Comentário

Leia Também

KIT INTUBAÇÃO
Cooperativa médica adota medidas emergenciais para otimizar uso de medicamentos em falta no mercado
GERAL
Presos brigam em cela e um acaba morto em presídio de MS
SAÚDE
Dia Mundial da Hemofilia: condição genética dificulta coagulação
UEMS
UEMS oferta 78 bolsas no valor de R$ 400 para Projetos de Ensino
SAÚDE
Com mais um drive thru na Praça CEU, Prefeitura retoma vacinação contra a Covid-19
GERAL
Dupla-Sena da Páscoa sorteia prêmio de R$ 30 milhões neste sábado
GERAL
Pandemia e isolamento aumentam procura por cultivo de plantas em casa
ECONOMIA
Prorrogação de imposto alivia orçamento de bares e restaurantes, avalia Abrasel
PANTANAL
Com mais de 50 programas, apresentador divulga belezas do Pantanal na TV
GERAL
Servidores da Agepen recebem primeira dose da vacina contra Covid-19

Mais Lidas

GERAL
Presos brigam em cela e um acaba morto em presídio de MS
PANTANAL
Com mais de 50 programas, apresentador divulga belezas do Pantanal na TV
CORONAVÍRUS
Coronavírus: variante P1 já é predominante em Mato Grosso do Sul
SAÚDE
Com mais um drive thru na Praça CEU, Prefeitura retoma vacinação contra a Covid-19