Menu
quarta, 28 de julho de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Expresso Mato Grosso - Promoção de Junho
Geral

Projeto de Lei proíbe utilização de veículos de tração animal em Corumbá

26 junho 2019 - 08h39Câmara de Corumbá

O vereador João Mário quer colocar um ponto final na exploração de animais puxando veículos (carroças) no Município de Corumbá. Um fato ocorrido dias atrás dentro da área urbana da cidade, divulgado amplamente nas redes sociais, levou o edil a apresentar um Projeto de Lei como forma de proibir que fatos como o registrado, não volte a acontecer.

“Um crime o que fizeram com o animal. Isto tem ocorrido com frequência na cidade e temos que combater esse tipo de ação. Por isso apresentamos o Projeto de Lei n o sentido de proibir a utilização de veículos movidos a tração animal, bem como a exploração animal para esse fim”, comentou.

João Mário ressaltou que a sua proposta visa dar um fim aos maus tratos e exploração de animais com carga. “Além de ser uma solução para a questão dos animais de tração, entre eles os cavalos e seus cruzamentos, trabalhando por extensas horas e quase sempre sem direito a alimentação, água ou descanso e, quando não têm condições de trabalho, acabam abandonados nas ruas da cidade”, observou.

“É grande a quantidade de animais vítimas de maus tratos, de crueldade, por parte do ser ‘humano’. Realmente é muito triste, saber que atrocidades com animais ocorrem a todo momento. Muitos não têm a dimensão do impacto que trazem à vida dos animais quando são tratados como ‘bichos de carga’. A crueldade é praticada abertamente, contra centenas de animais, a maioria padecendo sob chuva, sol e maus-tratos”, continuou.

A proposta

A proposta proíbe também a condução de animais conduzindo cargas em seu dorso, estando o condutor montado ou não. Ao mesmo tempo, permite atividades em estabelecimentos públicos ou privados, nos termos da legislação vigente, tais como haras, equoterapia, cavalgadas, bem como o uso de animais pelas forças públicas, militares ou civis, que tenham grupamentos com montaria.

O Projeto de Lei proíbe ainda a permanência de animais, soltos ou atados por cordas, ou por outros meios, em vias ou em logradouros públicos, pavimentados ou não. Dispõe também que a fiscalização ficará a cargo da Fundação de Meio Ambiente, por meio de uma Rede de Defesa e Proteção Animal, com apoio das equipes da Secretaria de Saúde, Agetrat e Guarda Municipal, que poderão inclusive, requisitar força policial, se necessário.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Olímíadas
Tóquio: seleção brasileira vence a Arábia Saudita e avança às quartas
Calendário
Comprovação para a primeira chamada do Prouni termina hoje
Na Capital
Júri absolve assassino confesso por ele ter agido em "ato de desespero"
28 de julho
Dia do Agricultor: data valoriza papel dos trabalhadores rurais na economia
Com restrições
Visitas presenciais são retomadas a partir de 1º de agosto nos presídios de MS
Monitoramento
Ladário sai da bandeira vermelha e volta para laranja
Posicionamento
Com vacinação de profissionais da educação, volta às aulas presenciais é urgente
340 vagas
Matrículas para cursos de línguas do IFMS começam nesta quarta (28)
Retomada
Fundtur apresenta calendário de eventos para promoção online e presencial do turismo de MS
Ilumina Pantanal
Projeto leva energia solar para sete municípios e mais de 2 mil famílias no Pantanal

Mais Lidas

Em Corumbá
Receita Federal publica Edital para leilão de 82 lotes
Agressão
Homem é preso após arremessar cadeira contra esposa
Distribuição
Corumbá e Ladário recebem novas doses da vacina contra Covid
Novo Parceiro
Santhiago forma nova dupla e retorna para música