Menu
domingo, 17 de outubro de 2021
Andorinha - Setembro e Outubro
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

Projeto de arborização cria bosques urbanos nas praças de Corumbá

02 outubro 2021 - 10h05Ascom Câmara Municipal de Corumbá

O vereador Nelsinho Dib está sugerindo à Prefeitura Municipal, a realização de um projeto de arborização na cidade, para transformar as praças públicas em bosques urbanos, visando proporcionar uma melhor qualidade de vida à população, amenizando principalmente o forte calor na região. 

A sugestão foi feita na última sessão da Câmara, por meio de um requerimento em regime de urgência. Na oportunidade, o vereador solicitou à diretora-presidente da Fundação do Meio Ambiente do Pantanal de Corumbá, Ana Cláudia Moreira Boabaid, que sejam realizados estudos nesse sentido, e tornar a cidade mais arborizada. 

“Transformar as praças públicas em bosques urbanos será de grande importância para todos, e o projeto poderia ser iniciado pelo Jardim da Independência e Praça da República, com o plantio de arvores da região, servindo de modelo para as demais existentes na área urbana de Corumbá”, citou. 

O projeto é sugestão do vereador Nelson Dib.O projeto é sugestão do vereador Nelson Dib. Foto: Divulgação

O vereador diz que a cidade precisa de uma melhor arborização, a exemplo do que acontece com Campo Grande, “considerada a cidade mais arborizada do Brasil”, observou. “Somos a ‘Capital do Pantanal’, mas nossas ruas e praças públicas carecem da implementação de um programa de arborização urbana, que propiciará melhoria no microclima da cidade, com a retenção de umidade do solo e do ar e, principalmente, oferecer conforto térmico à população, gerado pela sobra das árvores que irão servir de proteção, abrigo e, algumas vezes, fornecer alimentação com seus frutos, aos pássaros e outros animais”, completou. 

Residenciais 

Nelsinho também solicitou o desenvolvimento de um programa de arborização urbana em áreas de passeio público, das ruas do Corumbella II, no Buriti, bem como nos residenciais Flamboyant I, II e III, em atendimento a pedidos dos moradores locais. 

Pediu que, junto com o projeto, seja desenvolvido um trabalho de conscientização ambiental junto a estas comunidades, principalmente em relação aos cuidados a serem dispensados às espécies plantadas, visando a sua manutenção, inclusive com rega e outras ações necessárias. 

Florestas 

Ainda à Fundação de Meio Ambiente, o vereador solicitou o replantio de plantas ornamentais nas floreiras existentes nas travessias de pedestres localizadas nas ruas centrais, bem como os cuidados necessários de poda e rega, para manter a beleza desses canteiros. 

“Temos 42 floreiras e, atualmente, apenas seis estão com algum tipo de planta ornamental. Muitas foram retiradas e, por isso mesmo, é preciso um trabalho de conscientização, de educação ambiental, para que a própria população ajude a cuidar e denunciar quem arranca estas plantas”, reforçou. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tragédia
Médico do interior de SP é um dos sobreviventes de barco que naufragou; quatro parentes morreram
Atualizações
Dois dos corpos encontrados no rio Paraguai são identificados
Inédito
Tempestade de areia: Energisa recebeu 4 mil chamados em Campo Grande
Dia Mundial da Alimentação
Em MS, 69% da população está com excesso de peso e 36% com obesidade
Ensino Superior
UEMS investe mais de R$ 13 milhões em bolsas e auxílios para estudantes
Transporte
Expresso Queiroz tem autorização suspensa por incapacidade de atender passageiro
Defesa Civil
Tempestade de poeira e vendaval causaram estragos em pelo menos sete nos municípios
Cidade em alerta
Ventos de 64 km/h destelharam 20 casas em Corumbá
Previsão Meteorológica
Tempo continua fechado com chance de mais chuva para grande parte do Estado
Tragédia
Naufrágio no rio Paraguai deixou sete pessoas desaparecidas

Mais Lidas

Tragédia
Médico do interior de SP é um dos sobreviventes de barco que naufragou; quatro parentes morreram
Tragédia
Naufrágio no rio Paraguai deixou sete pessoas desaparecidas
Atualizações
Dois dos corpos encontrados no rio Paraguai são identificados
Cidade em alerta
Ventos de 64 km/h destelharam 20 casas em Corumbá