Menu
quarta, 14 de abril de 2021
Ambiental MS Pantanal - Aegea
Andorinha Fevereiro
Geral

Procon notifica Energisa e orienta prejudicados por quedas de energia

20 março 2018 - 14h09Assessoria PMC

A Agência Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor de Corumbá (PROCON) notificou nesta segunda-feira, 19 de março, a Energisa Mato Grosso do Sul, empresa responsável pela distribuição de energia elétrica na região.

O representante da companhia na cidade terá que prestar esclarecimentos com relação às constantes reclamações de queda e falta de energia elétrica em alguns pontos da cidade e também quanto à demora para restabelecimento da energia nestes locais, ciente de que caso o prazo não seja cumprido ou os argumentos não sejam aceitos pelo Setor Jurídico do Procon Corumbá, proceder-se-á a instauração de procedimento para aplicação das sanções pertinentes.

“Justificamos tal pedido, pois temos recebido por meio do Disque Denúncia151 e por mensagens via whatsapp, inúmeras reclamações de consumidores relatando queda, oscilações e falta de energia, sem nenhuma comunicação prévia, nos dia 14 de março e 18 de março, no período noturno, na região central da cidade, sendo de mais de uma hora o tempo de espera para restabelecimento do serviço neste dia”, explicou o diretor-executivo do Procon, Alexandre do Carmo Taques Vasconcelos.

“Requisitamos ainda que a empresa informe quais bairros sofreram interrupção do serviço e quantas unidades consumidores (residências e estabelecimentos comerciais) foram realmente afetadas pela falta de energia ora comentada, apontando ainda, quais medidas estão sendo tomadas para evitar nova suspensão injustificada no serviço”, completou.

Alexandre orientou ainda os consumidores que, de alguma forma, foram prejudicados pelas quedas de energia.  “Aquele consumidor que teve seu aparelho queimado por queda de energia em sua residência deve entrar em contato com a Energisa, que tem até 10 dias para fazer a vistoria na residência. Para equipamentos que condicionem medicamentos ou alimentos, o prazo é de um dia. Após essa vistoria da, a empresa tem até 15 dias corridos para enviar uma resposta por escrito”, detalhou.

“Se a empresa não efetuar esses procedimentos, o prazo começa a ser contato da data do pedido do ressarcimento. Se o produto estiver na garantia, importante também comunicar a empresa, conforme resolução da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL)”, concluiu o diretor-executivo do PROCON de Corumbá.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
Mudanças nas bandeiras do Prosseguir podem alterar atividades nos municípios de MS
GERAL
Câmara aprova inclusão de medidas protetivas de mulheres em banco de dados policial
VACINAÇÃO
Vereador solicita que trabalhadores de limpeza pública também sejam imunizados contra a Covid
PATRIMÔNIO HISTÓRICO
Na Câmara, vereador pede informações sobre restauração de prédios históricos
DETRAN
Detran lança e-book e hotsite com todas mudanças do Código de Trânsito Brasileiro
POLICIAL
PF prende três pessoas por tráfico de drogas e apreende 245kg de maconha em MS
CAPTURA DE ANIMAL
Jibóia é encontrada dentro da sala de residência em Corumbá
EDUCAÇÃO
Terminam hoje inscrições para o Sisu do primeiro semestre
ACIDENTE DE TRÂNSITO
Colisão de carro e moto deixa jovem ferido no Dom Bosco
GERAL
Obras de acesso à ponte que interliga os pantanais da Nhecolândia e Paiaguás estão adiantadas

Mais Lidas

POLICIAL
PM prende homens por tráfico de drogas e apreende 83 tabletes de cocaína
GERAL
Após briga, jovem é esfaqueado por padrasto no Centro América
MUDANÇA NO CTB
Nova Lei proíbe substituir prisão por pena mais branda em crimes de Trânsito
POLICIAL
Casal é preso após briga no Loteamento Pantanal