Menu
terça, 23 de julho de 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Geral

Prevfogo atinge limite de gastos e retira brigadistas do Pantanal

22 outubro 2020 - 13h08Graziela Rezende, G1MS

Os 135 brigadistas do Sistema Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais – Prevfogo do Ibama, que atuaram no combate aos incêndios no Pantanal, começaram a ser desmobilizados em Mato Grosso do Sul desde a semana anterior.

Nesta quarta-feira à noite, ofício assinado pelo chefe do Prevfogo, Ricardo Vianna Barreto, determinou que os agentes de combate a incêndios contratados pela unidade em 18 estados, entre eles, Mato Grosso do Sul, interrompam os trabalhos a partir da meia-noite desta quinta-feira (22).

O coordenador estadual do Prefogo em Mato Grosso do Sul, Márcio Yule, confirmou que foi atingido o limite dos gastos com as diárias, mas, que no estado, a desmobilização dos brigadistas ocorreu por conta do controle dos incêndios no Pantanal.

"Este já é um processo de desmobilização que vem ocorrendo desde a semana passada. Ontem pela manhã, por exemplo, a brigada do Piauí foi desmobilizada. Também tínhamos, por exemplo, outros dez brigadistas da Bahia, que estavam na avançada, em uma fazenda em Bodoquena, porém, a situação normalizou por lá. O pessoal que estava na Serra do Amolar, na divisa de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso, também está em deslocamento", explicou o coordenador.

Segundo Yule, parte dos brigadistas estão em deslocamento via fluvial e por isso o processo é bem lento. "Eles demoram uns dois dias para chegar da Serra Amolar até Corumbá e mais uns quatro ou cinco para chegar na base deles. O que faz demorar ainda mais também é a questão do rio, que está com bancos de areia e por isso a embarcação segue com muito cuidado. Eles vem para Corumbá porque é aqui onde estão as viaturas", comentou.

Ainda conforme o coordenador, o Ibama estaria sem recursos financeiros. "Realmente atingiu o teto, não só no caso das diárias, que ficam em torno de R$ 177, mas, também outras despesas. Acredito que se este retorno ocorresse há duas semanas, causaria um prejuízo imenso. No entanto, não repercutiu em nada e agora ficarão os bombeiros e também os brigadistas locais para atuarem, se necessário. E também choveu nas maioria das áreas atingidas pelo fogo", ressaltou.

São ao todo 90 brigadistas de Mato Grosso do Sul e mais 45 de outros estados, que começaram a chegar a partir de setembro. O Prevfogo Ibama contabiliza 4,2 milhões de hectares queimados no bioma Pantanal em 2020.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Reconhecimento
Ex-aluno da UFMS é finalista do Prêmio Jabuti Acadêmico
Na Apa Baía Negra
Brigada voluntária interrompe churrasco em fogo de chão e alerta para risco de incêndio
Em Campo Grande
TJMS amplia prazo de inscrições para o Concurso do Monumento Artístico
Pagou 70 reais
Civil recupera celular furtado e prende rapaz de 19 anos por receptação
Operação Nicolau
PF cumpre mandado em combate à crimes de abuso sexual infantojuvenil em Corumbá
Data confirmada
Convenção que vai anunciar candidatos do PSDB em Ladário será dia 31 de julho
Olimpíadas 2024
Maioria pela 1ª vez, mulheres encabeçam sonhos de medalhas em Paris
Hoje
Inscrições para o Prouni começam nesta terça-feira
De 25 a 31 de julho
Prefeitura convoca guardas aprovados em concurso para entrevista individual de investigação social
Saiu no Diário
Lei de Diretriz Orçamentária de MS para 2025 é sancionada com receita estimada de R$ 26,4 bilhões

Mais Lidas

Neste domingo
Ritmista da Nova Corumbá morre em colisão com carro
Até 26 de julho
Escola Sesi abre processo seletivo com 104 vagas de gratuidade na educação básica
No centro
Perícia encontra seringa e medicamentos no apartamento de mulher encontrada morta
Time de Miranda
20ª edição do Amistoso da Diversidade reúne grande público no Poliesportivo