Menu
terça, 07 de dezembro de 2021
Andorinha Dezembro
Mobile - Andorinha Dezembro
Geral

Prefeitura usou mais de R$ 10 milhões em ações de combate ao novo Coronavírus

15 julho 2020 - 13h54Marcelo Fernandes PMC

Em live realizada na manhã desta quarta-feira (15), o prefeito Marcelo Iunes fez uma prestação de contas dos recursos aplicados pela Prefeitura Municipal no combate à pandemia do novo coronavírus em Corumbá. Também participaram da transmissão ao vivo no Facebook, os secretários Rogério Leite (Saúde) e Luiz Henrique Maia de Paula (Finanças e Gestão).

A Prefeitura recebeu um total de R$ 11.425.707,03 em recursos para uso exclusivo ao combate à epidemia do novo Coronavírus. Essa verba é referente aos valores repassados pelos Governos Federal e Estadual; emendas de bancadas parlamentares e doações. Desse montante, foram aplicados R$ 10.147.411,25 e ainda há saldo de R$ 1.278.295,78.

“São recursos que vieram de emendas de deputados estaduais e federais; da União e do Governo do Estado para o Município e hospital e de doações feitas por entidades, instituições e empresas”, explicou o prefeito.

De acordo com a prestação de contas, a movimentação financeira estabelece R$ 10.164.573,05 (em repasse Federal) com o Município já aplicando R$ 9.335.479,94. Dos R$ 520.000,00 em verba Estadual, a Prefeitura já empregou R$ 316.093,15. As doações – do Ministério Público Estadual (MPE); Ministério Público do Trabalho (MPT); Vetorial Siderurgia; Fonplata e disponibilizadas via decretos municipais – somaram R$ 741.133,98 com aplicação de R$ 495.838,16.

“Vamos investir na reforma do hospital para que esses recursos exclusivos do combate ao Covid-19 permaneçam na cidade para uso da população de Corumbá. É melhor equiparmos o hospital, em vários setores, do que gastar com hospital de campanha, que será desativado posteriormente. Estamos investindo no hospital para que fique permanente para dar assistência maior aos corumbaenses, com transparência, serenidade e sempre mostrando à população a transparência do nosso governo”, disse Iunes.

O prefeito destacou que atualmente Corumbá conta com 22 leitos de CTI em Corumbá, sendo 12 exclusivos para internados por Covid 19 e outros 10 para as demais enfermidades. Marcelo Iunes ressaltou que a Santa Casa entrega hoje, dia 15, a reforma do setor B2 disponibilizando 25 leitos.

“Temos hoje 597 casos confirmados de um total de 5.578 notificações, que fizeram exames. Corumbá fica em torno de 10% de confirmações dos casos notificados. Com 14 óbitos. Estamos com alta testagem na cidade”, afirmou o prefeito. “Por enquanto não pensamos no decreto calamidade pública. Se precisar, com certeza. Temos o Comitê de Combate ao Covid-19 para debater essa questão. Se decidirem pela necessidade, vamos fazer”, esclareceu o chefe do Executivo corumbaense.

“Quero agradecer à Câmara Municipal, os vereadores estão ajudando bastante no enfrentamento à pandemia; aos nossos parceiros, deputado estadual Evander Vendramini, à deputada federal Bia Cavassa, que trabalham por mais recursos para Corumbá. Agradeço também ao secretário de Estado de Saúde, Geraldo Rezende e ao governador Reinaldo Azambuja, que ajuda sempre Corumbá”, destacou o prefeito lembrando ainda que a senadora Simone Tebet; os deputados federais Fábio Trad, Rose Modesto e os parlamentares estaduais Antônio Vaz, Capitão Contar, Jamilson Name que também viabilizaram emendas para a cidade empregar no enfrentamento ao Covid-19. E das ações da senadora Soraya Thronicke e do deputado federal Tio Trutis.

Por outro lado, o prefeito informou Iunes ressaltou que a Prefeitura vai receber mais de 18 milhões de reais do Governo Federal para repor perdas com receita nesse período de pandemia. “Serão R$ 18,8 milhões divididos em quatro parcelas. Esses recursos são para reposição de ICMS e ISS, não são destinados para o combate ao Covid 19. É para as Prefeituras conseguirem arcar com despesas mensais como folha de pagamento, contratos. Os municípios perderam receita. Foi por causa do Covid que o Governo Federal repassou, mas é para reposição das perdas com receita”, esclareceu.

O secretário Municipal de Saúde, Rogério Leite, apresentou a prestação de contas dos recursos empregados no combate à pandemia do novo coronavírus. “É importante mostrarmos a forma transparente como estamos trabalhando, dando ênfase ao enfrentamento e opções que temos para dar segurança à população e aos trabalhadores que estão na linha de frente. É um trabalho construído desde 04 de fevereiro, em conjunto com todas as secretarias. Primamos por uma boa gestão e bom uso do dinheiro público, com excelência nas ações, transparência e uso correto dos recursos públicos para garantir a segurança da população e trabalhadores”, disse.

Também participando da live para prestação de contas, o secretário Municipal Finanças e Gestão, Luiz Henrique Maria de Paula, destacou a transparência com a aplicação dos recursos. “São condutas que seguem rigorosamente orientações do Tribunal de Contas do Estado (TCE) na execução das despesas para combate ao covid-19. Os recursos estão sendo administrados com responsabilidade e atendendo requisitos da União, Estado, TCE, Assomasul. A Fazenda subsidia, via setor de Licitação, a aquisição desses insumos. São divulgados no portal da Transparência e no Diário Oficial do Município”, completou. Confira no link abaixo a íntegra da prestação de contas.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Educação
IFMS convoca para heteroidentificação em seleção de cursos técnicos integrados
Tecnologia
Webinar das Cidades Digitais reúne Prefeituras do MS e Ministério das Comunicações nesta terça
Fiscalização
PMA aplica R$ 17 mil em multas e apreende 47 quilos de pescado no primeiro mês de piracema
Cidadão
Caixa divulga calendário de pagamentos do INSS de 2022
Transparência
Médicas de Campo Grande tinham até três cargos públicos com escala de 100 horas semanais
Serviço Público
Recesso na Assembleia começa no próximo dia 22 e trabalhos retornam em fevereiro
Eleições 2022
Tucanos buscam apoio no MDB e PSD
Desdobramentos
Caixa se pronuncia sobre prisão de estagiário acusado de furtar beneficiários do auxílio
Há 4 dias
Encontrado trabalhador rural que estava desaparecido na região do Paiaguás
Colisão entre motos
Jovem internado no CTI não resiste e morre antes da transferência para Capital

Mais Lidas

Desdobramentos
Caixa se pronuncia sobre prisão de estagiário acusado de furtar beneficiários do auxílio
Transparência
Médicas de Campo Grande tinham até três cargos públicos com escala de 100 horas semanais
Colisão entre motos
Jovem internado no CTI não resiste e morre antes da transferência para Capital
Há 4 dias
Encontrado trabalhador rural que estava desaparecido na região do Paiaguás