Menu
domingo, 26 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

Prefeitura de Corumbá tem ponto facultativo nesta quinta-feira, 1° de abril

01 abril 2021 - 08h44PMC

Hoje, quinta-feira, 1° de abril, é ponto facultativo para as unidades da Administração Direta e Indireta do Município de Corumbá. O decreto n° 2.525, assinado pelo vice-prefeito Dirceu Miguéis Pinto, foi publicado na edição de terça-feira, 23 de março, do DIOCORUMBÁ.

O documento considera que no dia que no dia 02 de abril será feriado alusivo à Paixão de Cristo e que o decreto “E” nº 17, de 18 de março de 2021, do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, o qual reconheceu o dia antecedente a esta data como ponto facultativo.

O disposto no artigo anterior não se aplica às unidades e serviços considerados essenciais, que por sua natureza não possam ser paralisados ou in­terrompidos, inclusive abrigos, unidades de pronto atendimento e pronto-socorro municipal. Os titulares das Secretarias e Fundações poderão determinar.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Denúncia
Homem morre e família acusa médica da UPA de negligência
Palestras
3ª edição da Semana da Saúde do Sesc tem foco nos reflexos da pandemia
SCT 2021
IFMS abre inscrições para Semana de Ciência e Tecnologia
Javaporco
PMA flagra criação ilegal de javalis em propriedade de Dourados
Alerta
De agendamentos a esquemas de 'pirâmides', entenda os maiores golpes do Pix em MS
Retomada
Fundtur recebe inscrições no Programa "Incentiva+MS Turismo" até 5 de outubro
Bonito
Mulher é multada em R$ 5 mil por desmatamento ilegal em área protegida
Imunização
Veja quem pode se vacinar neste fim de semana em Corumbá
Balanço
Mais de 50% das drogas apreendidas na Operação Fronteiras e Divisas I são de MS
Economia
Comércio deve facilitar pagamento e ser cauteloso para o Dia das Crianças

Mais Lidas

Denúncia
Homem morre e família acusa médica da UPA de negligência
Imunização
Veja quem pode se vacinar neste fim de semana em Corumbá
Desenvolvimento
Comissão mista homologa consórcio que vai construir ponte da Rota Bioceânica em MS
Bonito
Mulher é multada em R$ 5 mil por desmatamento ilegal em área protegida