Menu
sábado, 16 de outubro de 2021
Andorinha - Setembro e Outubro
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

Prefeito segue orientação da Secretaria de Saúde e suspende pontos facultativos do Carnaval

10 fevereiro 2021 - 12h18PMC

Seguindo a orientação da Secretaria Municipal de Saúde, o prefeito Marcelo Iunes decidiu suspender os pontos facultativos do Carnaval 2021. A medida, segundo destacou o chefe do Executivo Municipal, busca evitar aglomerações e impedir o avanço da Covid-19 na região.

“O Carnaval é muito importante para a economia de Corumbá, seja para os grandes empresários, como donos de hotéis, restaurantes e postos de combustíveis, como também para os vendedores ambulantes, que muitas vezes usam esse dinheiro ganho durante a festa para sustentar suas famílias por meses”, afirmou Iunes.

“Mas neste momento de pandemia, não há como pensar em Carnaval. Rezamos para que a vacina chegue logo ao máximo de pessoas e que a gente consiga seguir nossa tradição, talvez no segundo semestre deste ano. Só que isso depende diretamente da imunização da nossa população”, completou o prefeito.

O prefeito também reiterou que a Secretaria Municipal de Saúde está seguindo rigorosamente o Plano Nacional de Operacionalização da vacina. O Ministério da Saúde está realizando o envio de doses conforme a produção e aquisição. À medida que os laboratórios disponibilizarem novos lotes de vacina, haverá nova distribuição e ampliação dos cronogramas de vacinação e dos grupos prioritários.

Feriado

Conforme o calendário nacional, a terça-feira de Carnaval em 2021 cai no dia 16 de fevereiro. Desta forma, os pontos facultativos seriam na segunda-feira, dia 15, e na quarta-feira de cinzas, dia 17. Sem os pontos facultativos, a semana de trabalho nas repartições públicas municipais de Corumbá será normal na semana 15 a 19 de fevereiro.

Recomendações

Até o último dia 9 de fevereiro, Corumbá registrou 8.668 casos confirmados de Covid-19, com 243 óbitos. Considerando a velocidade da transmissão da doença, o relatório da Coordenação de Vigilância Sanitária ressalta que “medidas não farmacológicas que restringem a aglomeração de pessoas e a intensificação de medidas de higiene são fundamentais, pois estamos lidando com uma patologia muito relacionada ao comportamento das pessoas”.

“O objetivo das autoridades de saúde neste momento não é o de zerar a transmissão, mas de diminuir a velocidade com que está correndo, evitando a transmissão fora de controle e mantendo a transmissão controlada para reduzir a disseminação da infecção e reduzir a pressão sobre o sistema de saúde do município, a Vigilância Sanitária não recomenda festividades relacionadas ao carnaval e pontos facultativos que incentivem eventos que promovem aglomerações e desrespeito aos cumprimentos dos decretos vigentes”, finaliza o relatório.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dia do Professor
Façanha destaca papel do professor no período pós-pandemia
Corumbá
Foragido é preso em ronda no bairro Generoso
Corumbá
Dupla é presa com 20 quilos de maconha
Evento
IFMS realizará Festival de Arte e Cultura 2021 de forma virtual
Reforço
Saúde de Corumbá e Ladário recebem mais de 500 equipamentos doados pela Vale
Porto Murtinho
Mulher é multada em mais de R$ 20 mil por exploração ilegal de madeira
Agenda
Povo das Águas atende ribeirinhos da região do Taquari a partir de 24 de outubro
Atualização Vacinal
13 unidades de saúde participam do Dia D de Multivacinação neste sábado em Corumbá
Corumbá
Vereador busca recursos para atender necessidades do Conselho Municipal Antidrogas
Monitoramento
Defesa Civil alerta para chance de novos temporais

Mais Lidas

Monitoramento
Defesa Civil alerta para chance de novos temporais
Estudo em andamento
Plano de transporte intermunicipal de MS vai passar por mudanças em 2022
Corumbá
Dupla é presa com 20 quilos de maconha
Reforço
Saúde de Corumbá e Ladário recebem mais de 500 equipamentos doados pela Vale