Menu
terça, 23 de julho de 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Geral

Prefeito de Ladário se defende após pagar o próprio salário com verba da Covid-19

29 julho 2020 - 18h14Sylma Lima

A administração do prefeito de Ladário, Iranil Soares, é novamente foco de polêmica em Mato Grosso do Sul. Ao que tudo indica, o chefe do executivo está utilizando indevidamente os recursos recebidos pelo município para combater o Covid-19.

As suspeitas são facilmente detectadas ao conferir as tabelas de prestação de contas, disponibilizadas no portal da transparência da prefeitura. Conforme tabela abaixo, o empenho nº 2157/2020, no valor de R$ 18 mil, tem como favorecido o próprio prefeito, entre parênteses a palavra ‘folha'. E está é apenas uma das irregularidades que levantam a suspeita de quem analisa o portal da transparência, há outras quantias relacionadas às secretarias municipais.

Num momento em que todos estão trabalhando para amenizar os efeitos da pandemia, o prefeito usa dinheiro que deveria ser destinado ao combate da pandemia para pagar seu subsídio, desvirtuando a destinação da verba. O pagamento da folha do município deve ser feito através da fonte 100, e não utilizar dinheiro destinado ao combate da pandemia que até esta terça-feira (28), já matou quatro ladarenses e mantém 187 infectados.

Diante do escândalo, que chegou a veículos de imprensa da capital, a prefeitura, publicou uma nota de esclarecimento sobre o caso. Em nota, afirmou que a informação é “imprecisa” e que  “a lei complementar nº 173 de maio de 2020 regula a maneira de distribuição dos recursos repassados aos municípios, no qual estabelece no inciso II livre utilização, este destinado às prefeituras justamente para amenizar os efeitos financeiros, principalmente na queda de arrecadação dos municípios resultantes do cenário de pandemia. O recurso detalhado no inciso foi enviado com a finalidade de ajudar as prefeituras a atenuar as grandes perdas nas receitas, como a título de exemplo, os impostos de ICMS e ISS.” A nota explica e emciona a legislação, mas não diz a que se refere a destinação da verba onde a palavra 'prefeito (folha)' está relacionada.

Ainda na nota, afirmou que “os recursos destinados ao enfrentamento da Covid-19, este referenciado no inciso I, estabelece a aplicação em ações de saúde e assistência social, sendo dividido em 60% de seu valor para o Fundo da Saúde e 40% para o Fundo da Assistência Social, o qual vem sendo rigorosamente destinado ao combate do novo coronavírus no município”. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Agenda Cultural
Programa Cine Andante divulga programação de agosto em Corumbá
Cidadania
Encerra em 31 de julho inscrições de oficinas e qualificação para crianças e jovens em Corumbá
Garantia de Recursos
Fiscalização da PF contra incêndios no Pantanal seguirá até o fim deste ano
Futebol
Técnico destaca classificação do Costa Rica no 'grupo da morte'
Oportunidade
IFMS abre 150 vagas de graduação para portadores de diploma, reingressos e transferências
Até sexta-feira
Inscrições para o Prouni abrem nesta terça-feira
No centro
Perícia encontra seringa e medicamentos no apartamento de mulher encontrada morta
Neste domingo
Ritmista da Nova Corumbá morre em colisão com carro
Até 26 de julho
Escola Sesi abre processo seletivo com 104 vagas de gratuidade na educação básica
VEM 2024
Festival de música católica tem dois sul-mato-grossenses entre os classificados

Mais Lidas

Time de Miranda
20ª edição do Amistoso da Diversidade reúne grande público no Poliesportivo
Consequência
Fumaça volta a encobrir área urbana de Corumbá
Oportunidade
Funtrab oferece mais de 4,8 mil vagas de emprego em Mato Grosso do Sul
Plantão
Bombeiros registram oito incêndios urbanos nas últimas 24 horas