Menu
terça, 11 de maio de 2021
Andorinha - Maio
Andorinha - Maio
Geral

Prefeito assina escritura e Procon ganha sede própria em Corumbá

27 dezembro 2016 - 14h51PMC

A Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor de Corumbá (Procon) passará a atender a população corumbaense em uma sede própria, localizada na Avenida General Rondon, 1206, em frente à Praça Generoso Ponce.

O decreto de desapropriação do imóvel (1.675) foi publicado no Diário Oficial de Corumbá no dia 06 de junho de 2016 e, na semana passada, o prefeito Paulo Duarte assinou a escritura do imóvel.

O processo de desapropriação correu por conta da Secretaria de Governo, intermediada pela Fundação de Desenvolvimento Urbano e Patrimônio Histórico (Fuphan). A Fundação Procon ficou responsável pelo orçamento prévio para a Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos realizar as obras de reforma do prédio.

Segundo a diretora-presidente do Procon, Andréa Ulle, os recursos para a reforma já estão viabilizados, inclusive com anuência do Conselho Consultivo da Fundação e pelo Conselho Municipal de Defesa do Consumidor.

“É importante ressaltar que a Fundação Procon, durante seu curto período de existência, estreitou laços com o Ministério Público Estadual, e já está assegurado um valor próximo a R$ 300 mil referente a acordos judiciais de ações coletivas do MPE, com aplicação de sanções a fornecedores de serviços, depositados em conta específica justamente para a reforma do prédio destinado a sede definitiva, bem como para a aquisição de equipamentos para o bom andamento das ações de proteção e defesa do consumidor”, disse Andréa.

Além disso, a atual gestão está deixando disponível na conta do Fundo Municipal de Defesa do Consumidor, cerca de R$ 150 mil, frutos de sanções aplicadas à fornecedores de serviços e produtos que, de alguma forma, lesaram os direitos de consumidores atendidos pelo órgão.

A diretora lembra que, apesar da escritura já ter sido assinada pelo prefeito, a mudança do órgão para o novo imóvel ocorrerá somente na próxima gestão, considerando que é responsabilidade do inventariante entregar o imóvel desocupado. Segundo Na Andréa, devido às festas de final de ano, não houve tempo hábil para o responsável até então pelo imóvel, providenciar a desocupação.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLICIAL
PRF apreende mais de 7 toneladas de maconha em MS
POLICIAL
PF realiza prisão por tráfico interestadual de drogas e apreende 200 kg de maconha
EDUCAÇÃO
IFMS investe no aprimoramento de atividades não presenciais
MEIO AMBIENTE
Parque Municipal de Piraputangas recebe observação de aves
HOMENAGEM
Câmara homenageia OAB de Corumbá pelo seu 63º aniversário de fundação
CIDADANIA
Abertas as inscrições para a 2ª edição do programa Juventude Empreendedora
GERAL
Após recomendação da Anvisa, Estados e prefeituras mudam vacinação de grávidas
GERAL
CPI da Covid questiona presidente da Anvisa sobre vacinas nesta terça
ECONOMIA
Produtividade cai 2,5% no primeiro trimestre de 2021, aponta pesquisa da CNI
GERAL
Maio da Diversidade LGBT+ terá mais de 100 ações do Governo MS

Mais Lidas

POLICIAL
PM encerra festa clandestina em casa abandonada e prende foragido da justiça
POLICIAL
Homem é preso por infração de medida sanitária e desobediência
POLICIAL
Casal é preso após briga no bairro Dom Bosco
POLICIAL
PRF recupera veículo e liberta homem que estava mantido em cárcere privado