Menu
domingo, 24 de outubro de 2021
Andorinha - Setembro e Outubro
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

População e ambulantes marcam presença no Cemitério Santa Cruz

02 novembro 2020 - 09h27Gesiane Bernardo

Os corumbaenses não deixaram de visitar o Cemitério Santa Cruz, localizado na região central da cidade, neste 2 de novembro, para homenagear familiares e amigos falecidos. Todos os ano, no Dia de Finados, a população lota o local para assistir as tradicionais missas, acenderem velas em oração e também para enfeitar os túmulos com flores. Neste ano, devido a pandemia, as recomendações são restritivas, porém não impediu o cumprimento da tradição.

Álcool Gel é oferecido gratuitamente aos visitantes. Foto: Sylma Lima/Capital do Pantanal

Os visitantes no Santa Cruz utilizam máscara conforme recomendação das secretarias de Saúde do Município e do Estado, e se fizeram presente logo cedo nesta segunda-feira com sol forte. Já na entrada, um totem com dispensador de álcool gel foi disponibilizado pela prefeitura, para que as pessoas não deixem de higienizar as mãos na entrada e na saída.

As principais recomendações de biossegurança são: controle de 50% da lotação, uso de máscara, álcool gel, permanência no local o menor tempo possível e que se evite o contato físico com outras pessoas.

Segundo já divulgado pela prefeitura municipal, os cemitérios da cidade, Santa Cruz e Nelson Chamma ficam abertos até as 17 horas e a rua Dom Aquino permanecerá interditada dentro do horário. Quem está de carro ou moto e deseja visitar o local deve utilizar a Ladeira Brandão Júnior ou a rua Luis Feitosa. A Guarda Civil está presente.

Ambulantes não perderam a chance de faturar no Dia de Finados. Foto: Sylma Lima/Capital do Pantanal

Os tradicionais ambulante também não dispensaram a oportunidade de faturar no Dia de Finados. Em maioria bolivianos, estão por toda a calçada comercializando flores naturais e artificiais e velas para aqueles que não compraram com antecedência.

Falta de Segurança

Furtos à sepulturas ainda é comum no Cemitério de Corumbá. Foto: Sylma Lima/Capital do Pantanal

Lamentavelmente o Capital do Pantanal flagrou túmulos vandalizados e com peças de mármore furtadas. Famílias que investem valores consideráveis para homenagear familiares são surpreendidas com sepulturas "destrupidas". A cobrança por mais segurança continua, não se sabe de nenhum programa da Guarda Municipal, responsável por proteger  o patrtimônio público, que tenha como foco os cemitérios.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Flagrante
Dois turistas são multados em R$ 1,8 mil por pesca predatória no rio Miranda
Alerta
Últimos dias para inscrições em editais da Funarte
Imunização
Quem pode se vacinar contra Covid neste fim de semana
1 hora a menos
Agepan defende o retorno do horário de verão para economia de energia em MS
74 vagas
Concurso público da Sanesul recebe inscrições até 11 de novembro
Boletim Epidemiológico
MS volta a registrar mortes por Covid-19
Orientação
O que fazer para prevenir problemas durante e após temporais
CNH MS Social
Programa de habilitação gratuita já tramita na Assembleia Legislativa
Tempo
Chuva ganha força a partir deste sábado e pode trazer nova tempestade para MS
Precaução
Tradicional Procissão Fluvial é cancelada devido previsão de mal tempo

Mais Lidas

Causa não definida
Motorista de ônibus fretado com 42 passageiros perde o controle e colide na mureta da ponte
Dom Bosco
Homem baleado pede socorro em escola, mas não resiste e morre
Desdobramento
Embarcação que naufragou e fez sete vítimas no rio Paraguai não era de transporte turístico
Boletim Epidemiológico
MS volta a registrar mortes por Covid-19