Menu
domingo, 25 de julho de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Expresso Mato Grosso - Promoção de Junho
Geral

População e ambulantes marcam presença no Cemitério Santa Cruz

02 novembro 2020 - 09h27Gesiane Bernardo

Os corumbaenses não deixaram de visitar o Cemitério Santa Cruz, localizado na região central da cidade, neste 2 de novembro, para homenagear familiares e amigos falecidos. Todos os ano, no Dia de Finados, a população lota o local para assistir as tradicionais missas, acenderem velas em oração e também para enfeitar os túmulos com flores. Neste ano, devido a pandemia, as recomendações são restritivas, porém não impediu o cumprimento da tradição.

Álcool Gel é oferecido gratuitamente aos visitantes. Foto: Sylma Lima/Capital do Pantanal

Os visitantes no Santa Cruz utilizam máscara conforme recomendação das secretarias de Saúde do Município e do Estado, e se fizeram presente logo cedo nesta segunda-feira com sol forte. Já na entrada, um totem com dispensador de álcool gel foi disponibilizado pela prefeitura, para que as pessoas não deixem de higienizar as mãos na entrada e na saída.

As principais recomendações de biossegurança são: controle de 50% da lotação, uso de máscara, álcool gel, permanência no local o menor tempo possível e que se evite o contato físico com outras pessoas.

Segundo já divulgado pela prefeitura municipal, os cemitérios da cidade, Santa Cruz e Nelson Chamma ficam abertos até as 17 horas e a rua Dom Aquino permanecerá interditada dentro do horário. Quem está de carro ou moto e deseja visitar o local deve utilizar a Ladeira Brandão Júnior ou a rua Luis Feitosa. A Guarda Civil está presente.

Ambulantes não perderam a chance de faturar no Dia de Finados. Foto: Sylma Lima/Capital do Pantanal

Os tradicionais ambulante também não dispensaram a oportunidade de faturar no Dia de Finados. Em maioria bolivianos, estão por toda a calçada comercializando flores naturais e artificiais e velas para aqueles que não compraram com antecedência.

Falta de Segurança

Furtos à sepulturas ainda é comum no Cemitério de Corumbá. Foto: Sylma Lima/Capital do Pantanal

Lamentavelmente o Capital do Pantanal flagrou túmulos vandalizados e com peças de mármore furtadas. Famílias que investem valores consideráveis para homenagear familiares são surpreendidas com sepulturas "destrupidas". A cobrança por mais segurança continua, não se sabe de nenhum programa da Guarda Municipal, responsável por proteger  o patrtimônio público, que tenha como foco os cemitérios.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Seguiriam para Bolívia
Dois veículos que seriam atravessados para Bolívia são recuperados
Mais tempo
Exame toxicológico na emissão de CNH tem prazo ampliado para utilização do laudo
Empreendedorismo
Cinco erros que o empresário deve evitar no Marketing e Vendas
Imunização
Sábado tem vacinação contra Covid até 12h no drive do Poliesportivo
Investigaçã
Famosos em MS, grupos de venda estão 'recheados' de produtos roubados
Saúde
Anvisa suspende estudos clínicos da Covaxin no Brasil
Sorte
Mega-Sena pode pagar R$ 7 milhões no sorteio deste sábado
Cidade Tranquila
Operação conjunta combate crimes fronteiriços em Corumbá e Ladário
Tempo
Ar seco e quente pode marcar o sábado em Mato Grosso do Sul
Acidente
Motociclista fratura clavícula após perder controle em lombada

Mais Lidas

Seguiriam para Bolívia
Dois veículos que seriam atravessados para Bolívia são recuperados
Imunização
Sábado tem vacinação contra Covid até 12h no drive do Poliesportivo
Cidade Tranquila
Operação conjunta combate crimes fronteiriços em Corumbá e Ladário
Mais tempo
Exame toxicológico na emissão de CNH tem prazo ampliado para utilização do laudo