Menu
sexta, 19 de julho de 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Geral

Policiais Civis fazem nova paralização contra os R$ 200 de abono oferecido pelo governo

05 maio 2016 - 10h35Gesiane Medeiros
A proposta do Governo do Estado em ceder abono salarial de R$ 200 para todos os servidores públicos de MS, continua sendo negada pelos Polícias Civis, que realizam nesta quinta (5), a segunda paralisação em repúdio a proposta. A primeira aconteceu no dia 1° de Abril, e até o momento não há avanços nas negociações. Em Corumbá, assim como no restante do Estado, todos os investigadores, escrivães, peritos papiloscopistas, peritos criminais e auxiliares de perícia participam do movimento que terá duração de 24 horas, retornando as atividades às 8 horas de sexta (6). Para Israel Leite Bogarin, diretor-adjunto de assuntos trabalhistas, aposentados e pensionistas do Simpol (Sindicato dos Policiais Civil de Mato Grosso do Sul), “queremos receber de acordo com as particularidades e responsabilidades que desempenhamos. Uma das obrigatoriedades para concorrer a vaga de policial civil é a formação superior, e temos que receber de acordo com esse diferencial, outra reivindicação é a disponibilidade de material especifico para trabalho nas ruas, como coletes e munições”. A categoria pede reajuste de 16,5%, compatível com a inflação; retorno da 4° classe de trabalho, excluída pelo governo; equiparação salarial com os peritos e promoção automática por tempo de serviço. A proposta do governo é de efetuar o pagamento do reajuste em três parcelas, 6% este ano, 7% em 2017 e mais 7% em 2018, porém os servidores deram recusa a proposta. Segundo informações do Simpol, uma nova assembleia será realizada no sábado (7). Em todo o Estado, o contingente de 30% de pessoal está sendo mantido, conforme obrigatoriedade imposta por Lei, assim como os atendimentos públicos e flagrantes, como homicídios e lei Maria da Penha. Ao todo são aproximadamente 90 policiais participam da paralisação em Corumbá e Ladário, entre a 1° Delegacia de Polícia Civil, DAM (Delegacia da Mulher), DAIJI (Delegacia de Atendimento a Infância, Juventude e Idoso) e Delegacia de Ladário além dos Postos de Identificação e Perícia.      

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tempo
Sexta-feira registra temperaturas acima da média e sol é destaque na previsão para o Estado
Corumbá dia inicia com 20°C e chega aos 33°C nos horários mais quentes
Policial
Operação conjunta recupera objetos furtados na Igreja Nossa Senhora da Candelária
Participação Popular
Responda a pesquisa que vai deixar o Capital do Pantanal com a sua cara
Mais do que informar, queremos estar presentes na vida dos leitores com pautas que sejam interessantes e importantes para o dia a dia
Oportunidade
Concurso público unificado da Justiça Eleitoral: prazo de inscrição termina hoje (18)
Em Campo Grande
Fazenda da família de Michel Teló é multada por desmatamento ilegal
Consumidor
Preço do etanol sobe média de R$ 0,40 em uma semana no estado
Empreendedorismo
Etapa estadual do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios está com inscrições abertas em MS
Moda
Estilista de MS cria coleção com famosas onças da artista visual Lúcia Martins
Direitos Humanos
Mortes violentas no Brasil diminuem 3,4% em 2023
Educação
Prouni 2º semestre: inscrições começam na próxima terça-feira

Mais Lidas

5 mandados
Operação da PF combate tráfico de drogas e lavagem de dinheiro em Corumbá
Últimas 24 horas
Óbito de motociclista em Ladário é destaque no plantão dos Bombeiros
Últimas 24h
Plantão registra facada, agressão física e resgate fluvial no Pantanal
Atualização
Equipes mantém monitoramento nas regiões Maracangalha e Morro do Urucum