Menu
domingo, 26 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

PMA realiza Semana do Meio Ambiente Solidária

01 junho 2021 - 09h42Mariana Conte

O dia 5 de junho é o dia Internacional do Meio Ambiente e sempre nas proximidades da data, a Polícia Militar Ambiental, Projeto Florestinha e parceiros, realizam a Semana do Meio Ambiente, na Capital e no Interior, com trabalhos de Educação Ambiental intensivo, que é a base para a prevenção e sensibilização para a manutenção do ambiente equilibrado e geração de qualidade de vida. Porém, desde o ano passado, devido a pandemia, a PMA não conseguiu desenvolver seus trabalhos mais importantes em prol do ambiente que são as atividades educacionais, quando se atendiam até 4.000 alunos durante a semana do ambiente.

Durante esta semana, a Polícia Militar Ambiental, por meio do Projeto Florestinha promove a campanha “DOE ALIMENTOS E GANHE MUDAS DE ÁRVORES NATIVAS”. De fato, os trabalhos de arrecadação já vinham ocorrendo desde o início do ano, mas para arrecadação de alimentos para as famílias das crianças pertencentes ao Projeto Florestinha, que são muito carentes e passam por dificuldades alimentar nesta pandemia, pois muitos pais perderam seus empregos e ainda o Projeto está com as atividades paralisadas. Ao todo foram arrecadados alimentos suficientes para a confecção de 90 cestas básicas, que foram distribuídas para as famílias dos alunos do Projeto, no último dia 30 de maio.

ARRECADAÇÃO DE ALIMENTOS NA SEMANA DO MEIO AMBIENTE

A partir de quinta-feira, 03 de junho, o Batalhão de Polícia Militar Ambiental inicia a arrecadação de alimentos não perecíveis na semana em comemoração ao Dia do Meio Ambiente. Quem realiza a doação dos alimentos poderá ganhar mudas nativas das espécies guavira, goiaba-vermelha, ingá-doce e biocurriola, como incentivo à disseminação de árvores, pois a flora é a única que consegue produzir seu próprio alimento e, a partir dela, todos os animais retiram sem alimento. Além de sua importância como equilíbrio de recursos hídricos, de condições climáticas, de solo, entre outros serviços ambientais.

LOCAIS DE ARRECADAÇÃO

Para receber uma muda nativa, a partir de quinta-feira (03), basta levar 1 KG de alimento não perecível até a sede do Batalhão de Polícia Militar Ambiental, localizado dentro do Parque das Nações Indígenas, à rua Lima Félix, 174, em Campo Grande.

No sábado (05), dia Internacional do Meio Ambiente, além da sede do Batalhão, a arrecadação acontecerá na Praça do Rádio Clube, no centro da cidade, onde será realizado o “Pit Stop do Bem Ambiental”, blitz educativa, com distribuição de folhetos informativos de Educação Ambiental e mudas nativas em troca de alimentos. Os alimentos arrecadados serão destinados às famílias dos alunos do Projeto Florestinha e a famílias cadastradas na Associação Amor pela Vida.

AGRADECIMENTOS

A Polícia Militar Ambiental e o Projeto Florestinha agradecem a cada cidadão solidário que contribuiu com a campanha até o momento e concita a todos a irem aos locais de arrecadação e apoiar essa campanha de solidariedade.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Denúncia
Homem morre e família acusa médica da UPA de negligência
Palestras
3ª edição da Semana da Saúde do Sesc tem foco nos reflexos da pandemia
SCT 2021
IFMS abre inscrições para Semana de Ciência e Tecnologia
Javaporco
PMA flagra criação ilegal de javalis em propriedade de Dourados
Alerta
De agendamentos a esquemas de 'pirâmides', entenda os maiores golpes do Pix em MS
Retomada
Fundtur recebe inscrições no Programa "Incentiva+MS Turismo" até 5 de outubro
Bonito
Mulher é multada em R$ 5 mil por desmatamento ilegal em área protegida
Imunização
Veja quem pode se vacinar neste fim de semana em Corumbá
Balanço
Mais de 50% das drogas apreendidas na Operação Fronteiras e Divisas I são de MS
Economia
Comércio deve facilitar pagamento e ser cauteloso para o Dia das Crianças

Mais Lidas

Denúncia
Homem morre e família acusa médica da UPA de negligência
Imunização
Veja quem pode se vacinar neste fim de semana em Corumbá
Desenvolvimento
Comissão mista homologa consórcio que vai construir ponte da Rota Bioceânica em MS
Bonito
Mulher é multada em R$ 5 mil por desmatamento ilegal em área protegida