Menu
sexta, 22 de janeiro de 2021
Andorinha Janeiro/Fevereiro
Andorinha Janeiro/Fevereiro Mobile
Geral

PMA conclui curso de empalhamento e Educação Ambiental para Policiais

05 maio 2019 - 11h18Victor Viegas

A Polícia Militar Ambiental concluiu ontem (4) à noite, o VIII curso de taxidermia (empalhamento) de animais silvestres e Educação Ambiental, que contou com Policiais Militares Ambientais de nove Estados e do Distrito Federal. A formação iniciada no dia 24 de abril visa a preparar os Policiais para aproveitamento de animais atropelados, ou que morrem nos Centros de Reabilitação de Animais Silvestres, fazendo taxidermia e os utilizando em oficinas de educação ambiental, em especial em escolas públicas e privadas, para discutir os problemas relacionados à fauna.

Objetiva também à troca de experiências entre as Polícias Militares Ambientais sobre os tipos de trabalhos de Educação Ambiental que cada Unidade está executando em seu Estado, com a finalidade de qualificar e melhorar este trabalho tão fundamental para a minimização dos crimes e infrações ambientais. Desde o primeiro curso em 2011, vários Estados constituíram núcleos para trabalhar a Educação Ambiental, adaptaram trabalhos que eram feitos em outros, bem como melhoraram trabalhos que já eram executados.

A ideia deste tipo de trabalho de taxidermia é montar museus itinerantes de educação ambiental para serem atrativos didáticos às crianças e adolescentes, para se discutir as razões que levaram àqueles animais a estarem mortos e não na natureza. Trata-se de uma forma bastante didática, que tem fundamentado e tornado os trabalhos na área de Educação da Polícia Militar Ambiental extremamente requisitados, até porque, o museu de fauna itinerante é somente uma das oficinas utilizadas nos trabalhos.

Os trabalhos de Educação Ambiental da PMA envolvem ainda oficina de reciclagem (discutem-se – resíduos sólidos), do ciclo da água (discutem-se recursos hídricos), a casinha da energia (discute-se sobre energias e seus impactos, bem como energias renováveis e limpas), plantio de mudas nativas (discute-se – desmatamento, assoreamento, importância da flora etc.), além do teatro de fantoches, em metodologia que permite ao atendido ter a noção de que o ambiente é um complexo e, cada ente afetado, pode causar uma reação em cadeia, prejudicando todo esse complexo e, enfim, o homem nessa cadeia. Além disso, cada oficina tem um panfleto com informações básicas, que são distribuídos aos professores, para que deem continuidade aos temas.

Durante o curso há a disciplina de Educação Ambiental, na qual se discutem a Política Nacional de Educação Ambiental e as dos Estados que já têm sua política estruturada. A duração do curso é de 140 horas e ele faz parte da grade de cursos da Polícia Militar.

LOCAL - O Curso ocorreu pelo quarto ano na fazenda Green Farm CO2 Free, em Itaquiraí, a 65 km da cidade de Naviraí, próxima à divisa com o estado do Paraná.

Neste ano, participam 22 Policiais Militares Ambientais do Amazonas, Pará, Mato Grosso, Paraná, Santa Catarina, Espírito Santo, Paraíba, Alagoas, Goiás, Mato Grosso do Sul e do Distrito Federal. Alguns problemas relativos a voos de uma companhia área impediram à participação de inscritos de mais cinco estados.

Durante o curso foram confeccionados 40 animais silvestres, que comporão os trabalhos de Educação Ambiental da Polícia Militar Ambiental (MS).

O Curso é ministrado pelos Policiais Militares Ambientais (taxidermistas) SGT PM RR Vilson, SGT PM Celso, além do Coordenar Tenente Coronel Ednilson Paulino Queiroz (Doutor em Ecologia).

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
Mais de 30 mortes por coronavírus são registradas em apenas um dia no Estado
Denúncia
Mato, esgoto estourado e lixo tomam conta de Ladário
UTILIDADE PÚBLICA
Sanesul informa que poderá faltar água no bairro Jardim Aeroporto e imediações
Meio Ambiente
Em liberdade e monitorada: onça resgatada em incêndio do Pantanal é devolvida à natureza
POLICIAL
PM prende homem com mandado de prisão após ocorrência de furto de moto no Cristo Redentor
PRORROGADO TOQUE DE RECOLHER
Toque de recolher é prorrogado em Mato Grosso do Sul
EDUCAÇÃO
Enem 2020 tem novidades em acessibilidade
ESQUEMA DE COMBUSTÍVEL
PRF flagra esquema de furto de combustíveis e condutor entregou óleo diesel em Corumbá
GERAL
Prazo para aderir ao Simples Nacional termina em 29 de janeiro
Regime tributário garante o tratamento diferenciado para os pequenos negócios
GERAL
Corpo de Bombeiro atende ocorrência de queda de árvores em residências

Mais Lidas

OPORTUNIDADE
Senai de Corumbá está com vagas abertas para cinco cursos técnicos presenciais e EAD
GERAL
Índios guatós comemoram chegada de internet em aldeia no Pantanal
GERAL
Desconto em cursos do Senac Corumbá vai até o dia 31 de janeiro
MEIO AMBIENTE
Serviço Geológico do Brasil divulga prognóstico para cheia na bacia do rio Paraguai