Menu
quinta, 23 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

PMA autua em R$ 2 mil criminoso que cortou cachorro com facão para que parasse de latir

21 janeiro 2021 - 15h21Mariana Conte

A Polícia Militar Ambiental de Costa Rica tomou conhecimento por meio dos veículos de comunicação, de que uma pessoa havia sido presa pela Polícia Civil e levada à delegacia de Chapadão do Sul, ao cometer crime de maus tratos a um cachorro. As informações eram de que o infrator teria cortado o animal com golpes de facão, inclusive, a boca para que o animal parasse de latir.

Uma equipe foi nesta quinta-feira, 21 de janeiro ao local, confirmou as informações e procedeu a autuação administrativa contra o infrator, de 38 anos, residente em Chapadão do Sul, que recebeu multa de R$ 2.000,00. Essa multa será julgada pelo órgão ambiental estadual (Imasul), independentemente da parte penal que o homem responderá por crime ambiental de maus-tratos a animais, cuja pena é de dois cinco anos de reclusão.

Homem responderá por crime ambiental de maus tratos a animais Foto: Divulgação PMA

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Violência Doméstica
Homem é preso após enforcar a ex no bairro Guaicurus
Corumbá
Inscrição e atualização do Cadastro habitacional inicia segunda (27)
Trabalho Conjunto
Operação Fronteira Legal apreende produtos de descaminho em hotéis de Dourados
Óbito
Irmãos são esfaqueados e o mais velho morre no caminho do hospital
Cidade
Incêndio consome vegetação próxima ao Mirante da Capivara
Cidade
Árvore de grande porte cai sobre casa na avenida Rio Branco
Proposta
Mutirão da vacina deve aplicar 275 mil doses contra Covid em sete dias
Imunização
Veja quem pode se vacinar nesta quinta-feira (23) em Corumbá
Tempo
Sol, calor e tempo firme predominam nesta quinta-feira em Mato Grosso do Sul
Serviço
Sesc inaugura nova unidade em Corumbá

Mais Lidas

Denúncia
Carretas impedem tráfego de veículos na BR 262
Fazendo xixi
Mulher cai em ribanceira de 10 metros na Avenida General Rondon
Arma Apreendida
Polícia prende autor após perseguição e troca de tiros no Cristo Redentor
Investigação
MPF cobra Santa Casa de Corumbá sobre uso de recursos federais na pandemia