Menu
sábado, 24 de julho de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Expresso Mato Grosso - Promoção de Junho
Geral

PMA autua advogada por degradação nas matas ciliares à margem do rio

18 abril 2018 - 09h54Assessoria de imprensa PMA

Policiais Militares Ambientais de Coxim receberam denúncias de que uma pessoa executara diversas obras à margem do rio Coxim, no perímetro urbano daquela cidade. Os Policiais realizaram fiscalização hoje (17) no local e confirmaram a denúncia, quando verificaram uma construção degradando a mata ciliar do rio (área de preservação permanente – APP).

Uma advogada (53), residente no local, realizou a derrubada da vegetação, ampliou uma residência existente e executou várias obras, como, um muro de arrimo em alvenaria ao longo da divisa e limite do terreno com o rio Coxim. Parte do muro fora utilizado para suporte de instalação de uma piscina de fibra. Em outra parte da construção foram utilizadas madeiras em construção de uma cerca de proteção e segurança entre a piscina e o rio.

Tudo foi executado sem a licença ambiental e a infratora afirmou que possuía apenas autorização para realizar a construção de uma rampa de descida de barcos vistoriada no local. As atividades foram interditadas.

Pela infração administrativa, a infratora recebeu multa de R$ 25.000,00. Ela também responderá por crime ambiental, com pena prevista de um a três anos de detenção.

A autuada foi notificada a apresentar junto ao órgão ambiental estadual um plano de recuperação da área degradada e alterada (PRADA).

Deixe seu Comentário

Leia Também

Acidente
Motociclista fratura clavícula após perder controle em lombada
Bombeiros
Incêndio urbano atinge vegetação em morraria com difícil acesso
Município
Decreto prorroga por mais 14 dias medidas para diminuir contaminação pela Covid-19
Decisão Popular
Servidores optaram por receber o 13° salário de forma integral em dezembro
Previsão
Sancionada LDO que prevê receita de R$ 18,47 bilhões para MS em 2022
Esperança
Taxa de contágio da Covid se mantém abaixo de 0,90 há uma semana em MS
Investigação
Caso Maria Stella Coimbra: jovem teria fotografado documento do suposto estuprador
Sem contrato
Santa Casa de Corumbá perde serviço de Urologia
Tempo
Final de semana continua com alerta para tempo seco em Mato Grosso do Sul
Facilidade
Saúde credencia laboratório e exames podem ser agendados na própria unidade de saúde

Mais Lidas

Sem contrato
Santa Casa de Corumbá perde serviço de Urologia
Investigação
Caso Maria Stella Coimbra: jovem teria fotografado documento do suposto estuprador
Acidente
Motociclista fratura clavícula após perder controle em lombada
Município
Decreto prorroga por mais 14 dias medidas para diminuir contaminação pela Covid-19