Menu
terça, 07 de dezembro de 2021
Andorinha Dezembro
Mobile - Andorinha Dezembro
Geral

PF desmantela organização criminosa voltada ao tráfico de drogas e lavagem de dinheiro em MS

Operação Viagem Santa investiga tráfico doméstico de cocaína e maconha as quais eram transportadas da cidade de Dourados/MS, para a cidade de São Paulo/SP

21 janeiro 2021 - 08h18Mariana Conte

A Polícia Federal com o apoio da Receita Federal deflagrou nesta quinta-feira, 21 de janeiro, a Operação Viagem Santa, com vistas a desarticular uma organização criminosa voltada ao tráfico interestadual de drogas e lavagem de dinheiro.

Aproximadamente 86 policiais federais e servidores da Receita Federal cumprem 10 mandados de prisão temporária (30 dias) e 14 mandados de busca e apreensão nas cidades de Dourados/MS, e Deodápolis/MS, além do sequestro e bloqueio de mais de R$ 10 milhões em bens móveis, imóveis da organização criminosa e de valores depositados em contas bancárias dos investigados, além de 12 ônibus avaliados em mais de R$ 11 milhões de reais. Ao todo foram cumpridas 44 ordens judiciais. Os mandados foram expedidos pela 2ª Vara Criminal da Cidade de Durados/MS.

As investigações tiveram início em 2019 após a Polícia Federal com o apoio da PRF apreender em um ônibus de turismo mais de meia tonelada de cocaína transportada em um compartimento oculto de tal veículo de transporte de passageiros. Ao longo das investigações logrou-se êxito em documentar outras duas apreensões com quase 400 quilos de maconha, também em veículos de transporte de passageiros, todos com destino a cidade de São Paulo/SP. Todas as empresas envolvidas nas apreensões são sediadas na cidade de Dourados/MS. Nas oportunidades em que ocorreram as apreensões apenas os motoristas de tais veículos foram responsabilizados pelo transporte da droga.

Com o aprofundamento das investigações descobriu-se o funcionamento de uma organização criminosa especializada no transporte da cidade de Dourados/MS, para a cidade de São Paulo/SP, onde essa era descarregada. Para tanto a organização criminosa montou uma rede de empresas de fachada, para lavar o dinheiro oriundo do tráfico de drogas, além de empresas de transporte de passageiros, cujos veículos eram utilizados para transportar a droga.

A ORCRIM era dividida em três núcleos: um era responsável pela logística de carregamento e transporte da droga; outro pelo agenciamento das viagens e pelo recrutamento dos passageiros e o outro pela lavagem de dinheiro.

A fim de não chamar a atenção das autoridades uma estratégia foi criado pelos empresários envolvidos no esquema. Segundo a estória criada pelo núcleo de ORCRIM responsável pelo agenciamento das viagens e pelo recrutamento dos passageiros um pagador de promessas estava financiado a viagem para a cidade de Aparecida/SP e como tal todas as despesas de transporte, alimentação e hospedagem seriam custeadas por esse. Na verdade, todos os custos da viagem eram bancados com o lucro da venda da droga que era transportada nos ônibus da ORCRIM.

O nome da operação faz referência a estória falaciosa contada pelos membros da ORCRIM, a fim de justificar a gratuidade da viagem.

A Polícia Federal reforça que a atual pandemia não afetou as investigações e ações da instituição, principalmente na repressão aos crimes de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro.

Em razão da situação de pandemia da COVID-19, foi planejada uma logística especial de prevenção ao contágio, com distribuição de EPIs a todos os envolvidos na missão, a fim de preservar a saúde dos policiais, testemunhas, investigados e seus familiares.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Educação
IFMS convoca para heteroidentificação em seleção de cursos técnicos integrados
Tecnologia
Webinar das Cidades Digitais reúne Prefeituras do MS e Ministério das Comunicações nesta terça
Fiscalização
PMA aplica R$ 17 mil em multas e apreende 47 quilos de pescado no primeiro mês de piracema
Cidadão
Caixa divulga calendário de pagamentos do INSS de 2022
Transparência
Médicas de Campo Grande tinham até três cargos públicos com escala de 100 horas semanais
Serviço Público
Recesso na Assembleia começa no próximo dia 22 e trabalhos retornam em fevereiro
Eleições 2022
Tucanos buscam apoio no MDB e PSD
Desdobramentos
Caixa se pronuncia sobre prisão de estagiário acusado de furtar beneficiários do auxílio
Há 4 dias
Encontrado trabalhador rural que estava desaparecido na região do Paiaguás
Colisão entre motos
Jovem internado no CTI não resiste e morre antes da transferência para Capital

Mais Lidas

Desdobramentos
Caixa se pronuncia sobre prisão de estagiário acusado de furtar beneficiários do auxílio
Transparência
Médicas de Campo Grande tinham até três cargos públicos com escala de 100 horas semanais
Colisão entre motos
Jovem internado no CTI não resiste e morre antes da transferência para Capital
Há 4 dias
Encontrado trabalhador rural que estava desaparecido na região do Paiaguás