Menu
domingo, 19 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

Pequenos construtores tem garantia da continuidade e expansão do ‘Minha casa, minha vida’

19 maio 2019 - 09h41Marcos Anelo

Todos os setores da construção civil estiveram reunidos durante três dias na capital do Rio de Janeiro para discutir os rumos de uma das principais atividades que movem a economia do Brasil. O 91º Encontro Nacional da Indústria da Construção (91º ENIC) foi realizado pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), e reuniu quase 1300 inscritos para debates e palestras.

A federação Nacional dos Pequenos Construtores (FENAPC) participou do Encontro de 15 a 17 de maio, que teve entre os palestrantes o chefe da Casa Civil do governo, Onyx Lorenzoni; o ministro da Economia, Paulo Guedes; o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia; o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães. A condução dos trabalhos foi realizada pelo presidente da CBIC, José Carlos Martins.

Os representantes do governo defenderam a importância da construção civil para a retomada da economia, e se comprometeram em expandir os programas habitacionais. O presidente da CEF, por exemplo, defendeu  melhorias operacionais no programa Minha Casa Minha Vida para habitação de baixa renda. "Nada será mudado sem ouvir o setor da construção civil", disse Guimarães.  O ministro Paulo Guedes reafirmou  a importância da aprovação da  Reforma da Previdência. "A Reforma vai abrir espaço para o Brasil crescer muito porque teremos um ambiente seguro para os investimentos", explicou Guedes. A Reforma foi defendida por todos que participaram do evento.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, disse que irá trabalhar com os líderes partidários e o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, para uma agenda voltada para a reestruturação do Brasil, incluindo medidas de curto prazo para estimular a economia.

“Nós vamos deixar bem claro para a sociedade que a Câmara e o Senado terão uma agenda muito racional, muito objetiva de reestruturação do Estado brasileiro, e vamos fazer isso junto com o ministro Paulo Guedes”, afirmou Maia.

Os pequenos construtores que representam quase metade dos financiamentos habitacionais pelo programa Minha Casa Minha Vida saíram satisfeitos com a posição do governo. "Temos certeza de que o programa Minha Casa Minha Vida não só vai continuar como também vai melhorar. Todos os construtores, sindicatos, associações, e também os fornecedores têm a mesma confiança e garantia. Sabemos que governo e o legislativo estão empenhados para isso", disse Fabiano Zica, presidente da FENAPC.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Queimadas
Bombeiros abrem aceiro na vegetação seca para deter incêndios do Pantanal
Balanço
Em três dias, operação Fronteiras e Divisas apreendeu R$ 12 milhões em drogas
Alerta
Com umidade do ar registrando 10%, cidades de MS voltam a ficar em alerta
Preconceito não!
Jogo da Diversidade acontece hoje com cobertura ao vivo do Capital do Pantanal
Flagrante na fronteira
PMA desmonta acampamento mas caçadores escapam para o Paraguai
Programação
Criançada aprende a usar cores primárias na oficina do Sesc deste sábado
Retomada
UEMS lança Guia de Retorno de Atividades Presenciais
Salve Vidas
Para repor estoques de O-, O+ e A+ Hemosul da capital abre o dia todo neste sábado
Tempo
Sábado de sol, calor e tempo seco em todo Estado
Tentativa de Homicídio
Adolescente é socorrido com perfuração de bala na coxa

Mais Lidas

Balanço
Em três dias, operação Fronteiras e Divisas apreendeu R$ 12 milhões em drogas
Preconceito não!
Jogo da Diversidade acontece hoje com cobertura ao vivo do Capital do Pantanal
Flagrante na fronteira
PMA desmonta acampamento mas caçadores escapam para o Paraguai
Alerta
Com umidade do ar registrando 10%, cidades de MS voltam a ficar em alerta