Menu
quinta, 21 de janeiro de 2021
Andorinha Janeiro/Fevereiro
Andorinha Janeiro/Fevereiro Mobile
Geral

Pecuaristas deixam cerca de 64% do lucro do boi para os cofres públicos

07 fevereiro 2019 - 08h00Comunique

Um apontamento realizado pelo Instituto Mato-Grossense da Carne (IMAC) em janeiro deste ano, apontou que um quinto (20%) de toda a carne bovina exportada pelo Brasil em 2018 saiu de Mato Grosso. Somos o segundo Estado exportador de carne, ficando atrás somente de São Paulo.

No Brasil, o segmento movimentou com a exportação de carne bovina fresca, resfriada e congelada cerca de US$ 5,413 bilhões, sendo deste montante US$ 1,119 bilhão é oriundo de Mato Grosso.

Segundo a Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), no estado houve um aumento de 8,99% nos abates entre 2018 e 2017, saindo de 4,96 milhões para 5,40 milhões de cabeças abatidas.

Apesar dos números expressivos, o pecuarista que fornece o boi para os frigoríficos, deixa aos cofres públicos em média 63,40% do lucro de um animal. O cálculo é apresentado pelo Sindicato dos Frigoríficos de Mato Grosso (Sindifrigo-MT).

De acordo com o presidente da entidade, Paulo Bellicanta, seguindo a tabela tributária imposta pelo fisco, o custo total do abate de um boi de 18 arroba, é igual a R$ 154,05. Em média R$ 8,55 por arroba produzida ou 6,34% do valor total de um animal.

“Levando em consideração a margem líquida do setor que é de 3,5% temos a espantosa realidade que criar um boi hoje em Mato Grosso, representa deixar mais da metade do lucro para o Governo”, analisa Bellicanta.

O presidente do Sindifrigo ressalta que o sistema tributário brasileiro pode levar a erros de julgamento.  “Os impostos são complexos e ardilosos, distribuindo a carga tributária em várias frentes  que a princípio parecem ser leves. Mas se for somar todos os “zeros virgula” alguma coisa, isso sobrecarregará alguns  setores”, pontua.

Os pecuaristas pagam as taxas da Guia de Transporte Animal (GTA), Fundo de Apoio ao Desenvolvimento da Bovinocultura (Fabov) e o Fundo Emergencial de Saúde Animal do Estado de Mato Grosso (Fesa).

Além da carga dos tributos indiretos impostos pelo Imposto de Circulação de Mercadoria (ICMS) da energia, dos equipamentos e dos materiais de consumo.

E em janeiro o Governo Estadual editou o  novo Fethab (Lei nº 10.818/2019), unificando o Fethab 1 e 2, gerando o valor de R$ 41,70 a ser pago pelo produtor. Nos anos anteriores, eram R$ 31,58, entre Fethab 1 (R$15,79) e Fethab 2 (R$ 15,79).

“Não se trata de matéria subjetiva ou de discussão ideológica. Trazemos à mesa números reais extraídos de nossa atividade sobre os quais exigimos reflexão daqueles que dirigem o nosso estado. Aceitamos desafios, demos nosso voto de confiança e agora, enquanto trabalhamos, esperamos resposta do Governo de Mato Grosso. Ainda que em  médio prazo queremos um estado eficiente e leve, na qual se possa desonerar nossa atividade com redução de alíquota”, esclarece o presidente do Sindifrigo.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Covid-19: Índia vai exportar doses de vacina para Brasil nesta sexta
POLICIAL
PMA autua em R$ 2 mil criminoso que cortou cachorro com facão para que parasse de latir
GERAL
Serviços de coleta de lixo doméstico; coleta seletiva e cata galhos têm cronograma de atendimento
Finanças
Governo do MS repassou R$ 3,3 bilhões aos 79 municípios em 2020
GERAL
Deixar animal solto na rua gera multa; recolhimento pode ser solicitado via telefone
GERAL
Termina amanhã prazo para confirmação de matrículas de alunos novos com deficiência
GERAL
Terminam amanhã inscrições para processo seletivo do Sebrae para PCD
Geral
Após fortes ventos árvore cai em frente a Cinco Bacia
GERAL
Bombeiros realizam extinção de incêndio por vazamento de gás no Popular Velha
OPORTUNIDADE
Senai de Corumbá está com vagas abertas para cinco cursos técnicos presenciais e EAD

Mais Lidas

FRAUDE ELEITORAL
Ministério Público quer impugnação de candidatos do PRB em Ladário
GERAL
Comando do 6º Distrito Naval abre inscrições para concurso de nível superior
GERAL
Confira a distribuição das doses de vacina contra a Covid-19 por município em Mato Grosso do Sul
GERAL
Batida de carro e moto deixa criança ferida no Popular Nova