Menu
domingo, 24 de janeiro de 2021
Andorinha Janeiro/Fevereiro
Andorinha Janeiro/Fevereiro Mobile
Geral

Paulo Corrêa confirma lista que garante a Zé Teixeira 1ª secretaria na Assembléia

27 janeiro 2019 - 11h55Correio do Estado

O deputado estadual Zé Teixeira (DEM) ao que tudo indica, vai continuar no cargo de primeiro secretário da Mesa Diretora, da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul. O parlamentar já tem 15 assinaturas dos colegas para permanecer na segunda cadeira mais cotada da Casa de Leis.

De acordo com o possível próximo presidente da Assembleia, deputado Paulo Corrêa (PSDB), Teixeira conseguiu os 15 votos. São 24 deputados e seria necessário o voto de pelo menos 13 deputados para permanecer no cargo.

“Eu volto a dizer, o deputado Zé Teixeira tem 15 assinaturas num papel, até provar contrário ele continua com a cadeira”, afirmou.

O Capitão Contar (PSL) lançou seu nome como candidato para a vaga do veterano. Sobre isso, Corrêa falou do direito do parlamentar eleito. “É um direito que ele assiste. Para nós, o que interessa para entrar na chapa é a pessoa trazer uma lista assinada com 13 votos”, explicou.

O futuro presidente da Casa repetiu já ter o documento com as assinaturas. “É provável que o Zé Teixeira continue na primeira secretaria, pelo que tenho de documento na mão, está consolidado em função das assinaturas. Uma candidatura avulsa é prevista no regime interno na Assembleia. Se o deputado não gostar da candidatura, ele entra com o nome dele e bate chapa para aquela pessoa”, comentou.

Com a definição do presidente e da 1º vice-presidência, que fica com o Eduardo Rocha (MDB), os deputados eleitos montaram um grupo intitulado como G-10. Com isso, eles queriam a primeira secretaria, mas desistiram na semana passada, pediram então a Corrêa, a segunda e terceira vice-presidência e a segunda secretaria, prevista para ser do PT.

Corrêa disse ter conversado com Pedro Kemp (PT) sobre ele desistir da vaga. “Foi um gesto de grandeza do PT, porque foi a terceira bancada que eu conversei efetivamente. Inicialmente, eles iriam ficar com a segunda secretaria, mas em função de ter se montado um bloco em que consta seis pessoas que participam de um partido só, esse bloco tem direito a duas comissões e nos solicitaram a ficar com a segunda secretaria”, comentou.

“Pedro Kemp teve gesto de grandeza e fica com a terceira secretaria, tudo certo. Dez é mais pesado que um partido que tem dois”, emendou Corrêa.

Os nomes de quem vai ocupar a segunda e terceira vice-presidência, além da segunda secretaria, serão anunciados no dia 30 de novembro, às 15h, na governadoria.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO
O que é preciso saber para o segundo dia do Enem
GERAL
Correios celebra Dia do Carteiro e 358 anos de serviço postal
COVID-19
Boletim Covid-19 deste sábado registra óbitos em 12 municípios
GERAL
Startup de design investe em site para vender produtos sul-mato-grossenses
GERAL
Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio de R$ 22 milhões
TEMPO
Sala de Situação do Imasul alerta para risco de transbordamento dos rios Miranda e Aquidauana
TEMPO
Meteorologia prevê sábado com pancadas de chuva e máxima de 33°C
GERAL
Chuva acima da média histórica desabriga famílias
SAÚDE
Em quatro dias, mais de 11 mil pessoas foram vacinadas contra Covid-19 em Mato Grosso do Sul
COVID-19
Mais de 30 mortes por coronavírus são registradas em apenas um dia no Estado

Mais Lidas

COVID-19
Boletim Covid-19 deste sábado registra óbitos em 12 municípios
TEMPO
Sala de Situação do Imasul alerta para risco de transbordamento dos rios Miranda e Aquidauana
EDUCAÇÃO
O que é preciso saber para o segundo dia do Enem
GERAL
Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio de R$ 22 milhões