Menu
domingo, 26 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

Pandemia: Ceia de Natal para poucas pessoas, saiba como evitar o exagero e ter cuidados

Nesse momento, planejamento, criatividade e adaptação são primordiais

24 dezembro 2020 - 10h23Mariana Conte

Que esse ano os festejos natalinos serão atípicos já sabemos, e a tradicional Ceia de Natal com certeza será reduzida pois o bom senso pede confraternizações menores, que reúnam apenas a família, prevenindo a maior disseminação do coronavírus.

Mas se estamos calejados de saber sobre a necessidade da precaução, falta prática para organizar refeições adequadas à quantidade reduzida de pessoas. Nessas horas, planejamento, criatividade e adaptação são primordiais. Por ser uma festa que tradicionalmente reúne muita gente, os pratos costumam ser generosos, quase beirando o exagero.

Mas a solução para esse impasse de acordo com a nutricionista Aline Nascimento de Moraes pode ser fácil basta fazer os cálculos e diminuir a quantidade de ingredientes para preparar versões menores da maioria dos pratos. “Por exemplo 250g de carne por pessoa, se forem 4 pessoas passa para 1 quilo. Calcular as guarnições de 45g a 50g por pessoa”, explicou ao Capital do Pantanal. A profissional ainda completou, “Dessa forma evita desperdícios e o consumo da ceia a semana inteira, mesmo porque a reutilização de alimentos da ceia requer muito cuidado com a temperatura caso contrário podendo causar alguma intoxicação.

A dona de casa Heloise de Oliveira que costuma reunir a família todos os anos e gosta ela mesma de preparar a ceia dá uma dica. “Uma sugestão de seguir a tradição com o peru à mesa é desmembrá-lo e usar as partes em receitas diferentes - servir coxas e asas assadas, usar lascas da carne no preparo do salpicão, da farofa ou mesmo de uma salada. Outra dica é substituir o tipo de carne a ser servida. chester, pato, frango, tender e mesmo galeto têm tamanho proporcional ao número de pessoas que vão participar a ceia”, sugeriu.

A contadora Renata Gomes Jardim que todos os anos faz encomendas de pão surpresa e sobremesas para as festas natalinas esse ano fez em menores quantidades. “Como as reuniões serão menores comprei ingredientes para fazer uma quantidade menor de encomendas. Por exemplo tem famílias que encomendavam três pães surpresas, esse ano encomendaram apenas um, então para não ter gastos desnecessários comprei tudo em menor quantidade. Apesar de um ano atípico continuo fazendo tudo com amor e carinho”, ressaltou.

Orientações para uma Ceia com segurança

Já a nutricionista e clínica funcional Ruth Inácio da Silva dá as seguintes orientações: “Para o almoço e jantar de Natal é recomendável que apenas uma pessoa sirva os pratos ou reforce as orientações pra que ninguém fale enquanto estiver servindo. Em todas as situações é importante higienizar as mãos adequadamente. Caso venha encomendar a sua ceia de Natal é importante saber os cuidados que o fornecedor utiliza, o momento da entrega e a retirada dos produtos de dentro da embalagem, assim como o seu correto descarte”, alertou.

Para a nutricionista Ruth estamos na época mais alegre mágica do ano, mas infelizmente ainda estamos em tempos de pandemia e não podemos deixar de nos proteger, por isso a profissional dá dica de realizar as refeições em ambiente arejado. “Optando por fazer ao ar livre, como em jardins ou quintais, caso a comemoração aconteça dentro de casa abram portas e janelas, não se esqueçam de ter a disposição pias com sabão líquido, álcool em gel e se possível papel toalha descartável”, orientou.

É importante lembrar que um momento não pode ser mais importante que a vida de uma pessoa. As vacinas já estão aí e logo poderemos voltar abraços e beijos que tanto nos faz falta.

Renata esse ano se preparou para a redução das encomendas Foto: Arquivo Pessoal

 

 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Denúncia
Homem morre e família acusa médica da UPA de negligência
Palestras
3ª edição da Semana da Saúde do Sesc tem foco nos reflexos da pandemia
SCT 2021
IFMS abre inscrições para Semana de Ciência e Tecnologia
Javaporco
PMA flagra criação ilegal de javalis em propriedade de Dourados
Alerta
De agendamentos a esquemas de 'pirâmides', entenda os maiores golpes do Pix em MS
Retomada
Fundtur recebe inscrições no Programa "Incentiva+MS Turismo" até 5 de outubro
Bonito
Mulher é multada em R$ 5 mil por desmatamento ilegal em área protegida
Imunização
Veja quem pode se vacinar neste fim de semana em Corumbá
Balanço
Mais de 50% das drogas apreendidas na Operação Fronteiras e Divisas I são de MS
Economia
Comércio deve facilitar pagamento e ser cauteloso para o Dia das Crianças

Mais Lidas

Denúncia
Homem morre e família acusa médica da UPA de negligência
Imunização
Veja quem pode se vacinar neste fim de semana em Corumbá
Desenvolvimento
Comissão mista homologa consórcio que vai construir ponte da Rota Bioceânica em MS
Bonito
Mulher é multada em R$ 5 mil por desmatamento ilegal em área protegida