Menu
terça, 05 de dezembro de 2023
Andorinha - Novos ônibus - agosto 2023
Geral

Pai e filho são presos e multados por uso de rede de pesca

25 julho 2020 - 10h15Gesiane Sousa

Fiscalização no rio Paraguai, em região próxima ao Distrito do Porto da Manga, em Corumbá, prenderam nesta sexta-feira (24),  no local conhecido como Boca do Taquari, dois pescadores, pai e filho, que utilizavam petrecho considerado proibido para a pesca (rede de pesca). Os pescadores estavam em uma embarcação e usavam a rede de pesca em uma modalidade conhecida como arrastão.

Os infratores iniciavam a pescaria e foi encontrado apenas um exemplar de pescado da espécie cachara, que eles tinham capturado com o petrecho ilegal. Foram apreendidos um barco, um motor de popa de 25 HP com tanque, uma rede de pesca, dois molinetes e uma carretilha com varas e o peixe, pesando 4 kg.

Os pescadores, de 60 e 24 anos, residentes em Corumbá, receberam voz de prisão e foram conduzidos à delegacia de Polícia Federal e responderão por crime ambiental de pesca predatória. Se condenados poderão pegar pena de um a três anos de detenção. Os pescadores também foram autuados administrativamente e receberam multa total de R$ 1.560,00.

Segundo a Polícia Militar Ambiental (PMA), prisões deste tipo reforçam a necessidade de fiscalização preventiva 24 horas nos rios, pois se os dois tivessem mais tempo e encontrassem um cardume, o dizimariam rapidamente com este tipo de arrastão com a rede.

 

               

Deixe seu Comentário

Leia Também

Surpresa
Morador do Guaicurus encontra arma de fogo no telhado de casa
Variedades
Cuidados essenciais para o seu veículo no verão
Mantenha seu carro em ótimo estado
Economia
Fiems comemora decisão do governo de MS em manter alíquota de 17% de ICMS para 2024
Operação Piracema
Peixaria fiscalizada pela PMA tinha mais de 70 kg de peixes não declarados em estoque
Problema corriqueiro
Vereador cobra explicações da Energisa sobre quedas constantes de energia na cidade
Carnaval 2024
Bloco Sem Limite na Folia completa 14 anos e trás Max Freitas como homenageado
Aedes Aegypti
Imóvel desabitado no centro é ameaça de criadouro do mosquito da dengue
Cidade
Vereadora pede informações sobre regularização fundiária em Corumbá
Facilidade
Novo portal oferece pagamento por Pix do IPVA 2024
Desenvolvimento
Ranking de liberdade econômica coloca MS entre os três estados com melhor ambiente para negócios

Mais Lidas

Água Clara
Carro atinge caminhonete de frente e motorista morre na BR-262
Dia 7
Advogados de Corumbá serão homenageados pelo Tribunal Regional do Trabalho
Ixone6
Morre em Campo Grande, Fuzileiro Naval que foi maestro em Corumbá
Tecnologia
Aplicativo Para Ver Conversas Do WhatsApp de Outra Pessoa