Menu
sexta, 21 de janeiro de 2022
Andorinha Janeiro/2022
Andorinha Mobile - Janeiro 2022
Geral

Operações contra o tráfico de drogas e a lavagem de dinheiro cumprem mandados em cinco estados

24 novembro 2021 - 08h26Gesiane Sousa com informações da PF e RFB

Nesta quarta-feira, 24 de novembro, a Polícia Federal e a Receita Federal deflagraram juntas duas operações contra o tráfico internacional de drogas e a lavagem de dinheiro, as operações Canis e Urano.   

As investigações da Operação Canis teve início com a abordagem e fuga de um homem no posto de imigração fronteiriço entre Corumbá e o país vizinho, Bolívia. Com ele havia uma extensa contabilidade criminosa, dez aparelhos celulares e documento falso.  Posteriormente este homem foi identificado como líder de uma organização criminosa que responsável pelo tráfico internacional de cocaína através de aeronaves.  

Durante a fase sigilosa da operação, que teve início em fevereiro de 2019, foi apreendida carga de quase meia tonelada de cocaína em aeronave oriunda da Bolívia e identificados diversos partícipes da empreitada criminosa. 

Na fase ostensiva da operação, deflagrada hoje, 38 Policiais Federais cumprem quatro mandados de prisão e nove de busca e apreensão nas cidades de Campo Grande e Dourados, além de Atibaia, no estado de São Paulo, em Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul, e em Foz do Iguaçu, no Paraná. A justiça determinou ainda o sequestro de um imóvel de luxo, diversos veículos e duas aeronaves.  

Canis aureus é o nome científico do chacal, animal que apelidava o principal alvo da operação, o qual já fora investigado e preso em operações anteriores, todas relacionadas ao tráfico de entorpecentes.  

Na Operação Urano, com objetivo inicial de apurar atividades de um segundo grupo dedicado ao tráfico internacional de entorpecentes a partir da cidade de Amambai, quando 220 quilos de maconha foram apreendidos em Naviraí, e um esquema de lavagem de dinheiro foi revelado através da análise dos dados bancários e fiscais dos investigados.  

O trabalho investigativo foi desenvolvido com o Núcleo de Pesquisa e Investigação da Receita Federal de MS, que apontou diversas pessoas e empresas na movimentação e ocultação de valores do grupo criminoso.  

Hoje são cumpridos nove mandados de busca e apreensão e um de prisão nas cidades de Campo Grande (MS) e Goiânia (GO). 

O nome da Operação remete ao nome do principal investigado, que coincide com o nome de uma das luas do planeta Urano. 

As investigações tramitaram junto à Justiça Federal em Corumbá e Campo Grande e foram deflagradas conjuntamente em razão da existência de investigados em comum. 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tráfico de Drogas
Preso na operação 'Rastros' da Polícia Federal tem 21 anos e é reincidente
Devido a Covid
Campo Grande adia desfile de carnaval para abril
Tribunal Federal
Supremo manda MP fiscalizar a vacinação contra Covid de crianças e adolescentes
Economia
Governo define reajustes de benefícios e contribuições previdenciários
Denúncia
Polícia Civil impede travessia de carro furtado para Bolívia e casal é preso
Oportunidade
Energisa oferece vagas para Jovem Aprendiz em quatro municípios de MS
Educação
MEC publica hoje editais do Sisu, Prouni e Fies para o 1º semestre de 2022
Imunização
Crianças de 11 a 8 anos e 7 a 5 com comorbidades recebem vacina nesta quinta
Pandemia
Estado registra aumento de casos de Covid em 56 das 79 cidades
Prazo
Desconto de 15% para pagamento à vista do IPVA vai até 31 de janeiro

Mais Lidas

Operação Rastros
Polícia Federal investiga trilhas clandestinas usadas por traficantes em Corumbá
Tráfico de Drogas
Preso na operação 'Rastros' da Polícia Federal tem 21 anos e é reincidente
Denúncia
Polícia Civil impede travessia de carro furtado para Bolívia e casal é preso
Oportunidade
Energisa oferece vagas para Jovem Aprendiz em quatro municípios de MS