Menu
sábado, 19 de junho de 2021
Andorinha - Maio
Andorinha - Maio
Geral

Novo protocolo no Hospital Cassems de Campo Grande será determinante para agilizar diagnóstico

06 julho 2017 - 12h32Redação

Nesta quinta-feira (6) o Hospital Cassems de Campo Grande lançará o protocolo da Dor Torácica no seu Pronto Atendimento, com a participação do renomado cardiologista, Carlos Gun, que é representante de cardiologia na Comissão Nacional de Residência. A atividade acontecerá no auditório da unidade hospitalar (Av. Mato Grosso, 5.151 – Carandá Bosque).

De acordo com a Revista Brasileira de Cardiologia é cada vez maior o número de pacientes que procura o serviço de emergência com sintomas de dor torácica. Cerca de 5 a 10 % de todos os atendimentos nas salas de emergência são por dor torácica. “É complexa a diferenciação da dor torácica das síndromes coronarianas agudas, que oferecem risco de morte, da dor torácica por outras causas. O fato de o paciente com queixa de dor torácica dar entrada no serviço de pronto atendimento exige dos profissionais da área da saúde um diagnóstico preciso e uma conduta rápida. Dessa maneira torna-se importante diferenciar a dor torácica de causa cardíaca das não cardíacas para direcionar a conduta médica a ser seguida”, explica o presidente da Cassems, Ricardo Ayache, que também é médico cardiologista e atende bem do assunto em questão. 

Por esse motivo o Hospital CASSEMS lança o seu Protocolo da Dor Torácica, com intuito de agilizar o atendimento e ter o diagnóstico do que exatamente o paciente tem o mais rápido possível. “Este protocolo é essencial, pois ele unifica os procedimentos de diagnóstico, já que nossos profissionais de saúde terão que seguir o mesmo processo quando o paciente dá entrada com dor torácica, isso agiliza muito todo o atendimento desde o tempo entre a chegada, a realização dos procedimentos necessários. O tempo agilizado pode salvar vidas”, explica o presidente da Cassems.

Palestrante

Para detalhar aos colaboradores do Hospital Cassems a importância deste Protocolo a Caixa de Assistência trará o médico cardiologista, Dr. Carlos Gun, que além de representante de cardiologia na Comissão Nacional de Residência, ele é professor-titular da disciplina de cardiologia da Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro – UNISA, chefe da U.T.I do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia. Membro da Amerincan Heart Assocation Basic Cardiovascular Sciences. Diretor da SBC/Funcor, seção de credenciamento da Residência de Cardiologia.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
Comissão rejeita proposta de inclusão de jornalistas, bancários e vigilantes em grupos prioritários
SAÚDE
SES autoriza municípios a vacinarem com a Pfizer adolescentes acima de 12 anos com comorbidades
POLICIAL
PRF apreende 450 mil maços de cigarro contrabandeados na Capital
GERAL
MPF aponta risco de desaparecimento de espécies no Rio Paraná
Rio Paraná Energia, empresa da holding China Three Gorges Corporation (CTG), é acusada de descumprir regras ambientais e levar à beira do desaparecimento peixes como Pintado e Dourado
SAÚDE
SES prepara distribuição das 70.160 doses de vacina contra a covid-19 em MS
GERAL
Fórum apresenta avanços do Plano Estratégico em MS
POLICIAL
PMA e Bombeiros resgatam ave em extinção ferida
GERAL
Contribuintes têm até o dia 3 de agosto aderir ao REFIS 2021
EDUCAÇÃO
Terminam hoje as inscrições do Encceja 2020 para privados de liberdade
GERAL
Homem fica ferido após queda de cavalo no Pantanal

Mais Lidas

GERAL
Homem fica ferido após queda de cavalo no Pantanal
GERAL
Bombeiros combatem incêndio em concessionária no Centro
POLICIAL
PM de Corumbá prende homem com mandado de prisão em aberto na área central
GERAL
Atenção ao prazo: licenciamento de veículos com placas 3 e 4 vence neste mês