Menu
sábado, 31 de julho de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Expresso Mato Grosso - Promoção de Junho
Geral

Novo porto seco de Corumbá poderá ter ramal ferroviário

28 novembro 2018 - 08h51Correio do Estado

O novo porto seco de Corumbá, que tem investimentos previstos de R$ 92,5 milhões, poderá ter estrutura rodoferroviária para se integrar à Ferrovia Malha-Oeste, cuja recuperação foi garantida pelo presidente eleito Jair Bolsonaro com investimentos de R$ 5 bilhões. A ideia foi defendida ontem pelo secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Jaime Verruck, que participou da audiência pública promovida pela Receita Federal sobre o empreendimento, em Corumbá.Na oportunidade, ele sugeriu a construção do terminal ferroviário, que não estava contemplado no edital da nova estrutura. A proposta deve alterar o projeto original, cuja licitação está prevista para abril de 2019.

“O que destacamos na audiência foi que o porto seco deve ter a dimensão de prever o que nós, como Governo do Estado, temos como meta para o desenvolvimento futuro de Corumbá e região”, disse. Ele citou o empenho do governador Reinaldo Azambuja para efetivar a reconstrução da Malha-Oeste, praticamente desativada desde 2015, e concretizar a implantação do corredor biocecânico – que ligará o Porto de Santos (SP) ao porto de Ilo, no Peru, passando por Mato Grosso do Sul. O desenvolvimento logístico é estratégico para o Estado e o ramal ferroviário na área alfandegária é fundamental para atender o comércio com a Bolívia.

ESTRUTURA ATUAL

O atual armazém alfandegário de Corumbá, a Agesa, apresenta deficiências estruturais depois de 26 anos em operação e sua concessão, autorizada pela Receita Federal, foi encerrada. O novo porto seco, conforme estudos de viabilidade apresentada pela Receita, poderá ser construído também no município vizinho, Ladário. O edital da obra será lançado no dia 29 de janeiro de 2019, com licitação prevista para abril e execução a partir de julho. Os investimentos iniciais previstos (sem contar o ramal ferroviário) são de R$ 92,5 milhões, e mais R$ 21 milhões até 2025.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Flagrante
Trio é preso por descaminho em ônibus irregular
Pedido Liminar
MPT pede suspensão de portarias do governo federal que altera normas de segurança no trabalho
Imunização
Veja quem pode se vacinar nesta sexta (30) em Corumbá
Calendário
Primeira parcela do IPTU 2021 vence hoje (30)
Açãode Marketing
Equipe do Bonito CVB visita Corumbá para parceria de divulgação turística
Pagamento Liberado
Servidores do município recebem salários de julho hoje (30)
Receptação
Homem vai parar na Delegacia por moto comprada no Trocas
Calendário
Inscrições para o Fies 2021.2 terminam às 23h59 de hoje (30)
Bombeiros
Incêndio destrói casa de madeira no bairro Industrial
GAPA
Grupo recebe R$ 40 mil para projeto de castração animal em Corumbá

Mais Lidas

Receptação
Homem vai parar na Delegacia por moto comprada no Trocas
Fronteira
Bilhete com ameaças foi deixado sobre sacos com partes do corpo de rapaz sequestrado em MS
Flagrante
Trio é preso por descaminho em ônibus irregular
Imunização
Veja quem pode se vacinar nesta sexta (30) em Corumbá