Menu
sexta, 19 de julho de 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Geral

Novo diretor-geral do IFMS em Corumbá recebe cargo nesta sexta-feira

20 maio 2016 - 11h48Assessoria
O Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) realiza nesta sexta-feira, 20, a solenidade de transmissão de cargo de diretor-geral do Campus Corumbá. O evento será às 19h na sede provisória da unidade - Rua Delamare, 1.557, Bairro Dom Bosco - e contará com a presença do reitor do IFMS, Luiz Simão Staszczak. Eleito pela comunidade acadêmica no mês passado, o professor Sandro Moura Santos irá receber o cargo da professora Claudia Santos Fernandes, dirigente pro tempore que esteve à frente do campus entre 2014 e 2016. Sandro foi formalmente empossado no cargo no último dia 29, em cerimônia realizada pelo Conselho Superior do IFMS, em Campo Grande. A portaria de nomeação foi publicada no mesmo dia, no Diário Oficial da União. O mandato do novo diretor terá duração coincidente ao restante do mandato do reitor do IFMS, até 2019. Diretor: Sandro Moura Santos é natural de Marechal Cândido Rondon (PR) e ingressou no IFMS em 2010, como professor na área de Letras, subárea de Português-Inglês. Na instituição, ocupou o cargo de diretor de Ensino, Pesquisa e Extensão do Campus Corumbá. É especialista em Docência do Ensino Superior, pela Faculdade Salesiana de Santa Teresa de Corumbá, e possui graduação em Letras, pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). Foi professor de cursinho pré-vestibular e substituto na UFMS. Sandro disputou o cargo de diretor-geral com o professor Roosevelt Fabiano Moraes da Silva e obteve 44,24 % dos votos, que correspondem a 184 votos, sendo 20 de técnicos-administrativos, 16 de docentes e 148 de discentes. Foram registrados dois votos brancos, dois nulos e a abstenção de 30,85%. Campus Corumbá: Em funcionamento desde 2011 em Corumbá, o IFMS oferece cursos técnicos integrados em Informática e Metalurgia, cursos subsequentes presenciais e a distância, qualificação profissional, graduação e pós-graduação. De acordo com dados de abril do Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica (Sistec), o campus possui atualmente 915 estudantes matriculados em todas as modalidades. O campus atende também jovens e trabalhadores de Ladário Na área de pesquisa aplicada e inovação, estudantes e professores do campus já desenvolveram 67 projetos de pesquisa desde 2012, por meio do Programa Institucional de Iniciação Científica e Tecnológica. O campus é responsável pelo primeiro registro de software da história do IFMS, aceito pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), com o projeto Base Tuiuiu. No ano passado, o curso superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas do campus obteve a maior nota do país na área, com 4,999, no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade). Obras: A sede definitiva está sendo construída na Rua Pedro de Medeiros, s/nº, Bairro Popular Velha. O contrato com a empreiteira responsável pela finalização da obra é de R$ 2,4 milhões e tem vigência até janeiro de 2017. A construção foi prejudicada pela rescisão do contrato, em 2012, com a empresa vencedora da licitação devido ao descumprimento de obrigações contratuais. A segunda colocada assumiu a obra em 2013, mas abandonou o trabalho em novembro de 2014. Em virtude do não cumprimento das obrigações previstas, o IFMS exerceu a prerrogativa de não renovar o contrato, que venceu em fevereiro de 2015, sendo necessária a elaboração de uma nova licitação. IFMS: Com campi em dez municípios, o IFMS tem cerca de oito mil estudantes matriculados na educação profissional e tecnológica em cursos técnicos de nível médio e superiores, na pós-graduação e em cursos de qualificação profissional. A oferta contempla as áreas de recursos naturais, ambiente e saúde, infraestrutura, informação e comunicação, produção alimentícia e controle e processos industriais. Além disso, o IFMS atende pela educação a distância, por meio do Programa Rede e-Tec Brasil, a população de 14 municípios onde não há campus. São sete cursos, com duração média de um ano e meio, oferecidos em parceria com as prefeituras municipais. Na área da pesquisa, são mais de 560 projetos desenvolvidos desde 2012, muitos deles destaques em feiras regionais e nacionais. A instituição também fomenta a iniciação científica em escolas particulares e públicas. São 900 trabalhos de estudantes de ensino fundamental e médio apresentados nas Feiras de Ciência e Tecnologia do IFMS até hoje.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Policial
Operação conjunta recupera objetos furtados na Igreja Nossa Senhora da Candelária
Participação Popular
Responda a pesquisa que vai deixar o Capital do Pantanal com a sua cara
Mais do que informar, queremos estar presentes na vida dos leitores com pautas que sejam interessantes e importantes para o dia a dia
Oportunidade
Concurso público unificado da Justiça Eleitoral: prazo de inscrição termina hoje (18)
Em Campo Grande
Fazenda da família de Michel Teló é multada por desmatamento ilegal
Consumidor
Preço do etanol sobe média de R$ 0,40 em uma semana no estado
Empreendedorismo
Etapa estadual do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios está com inscrições abertas em MS
Moda
Estilista de MS cria coleção com famosas onças da artista visual Lúcia Martins
Direitos Humanos
Mortes violentas no Brasil diminuem 3,4% em 2023
Educação
Prouni 2º semestre: inscrições começam na próxima terça-feira
Gestão
Economista Cristiane Schmidt assume a presidência da MSGÁS

Mais Lidas

5 mandados
Operação da PF combate tráfico de drogas e lavagem de dinheiro em Corumbá
Últimas 24 horas
Óbito de motociclista em Ladário é destaque no plantão dos Bombeiros
Últimas 24h
Plantão registra facada, agressão física e resgate fluvial no Pantanal
Atualização
Equipes mantém monitoramento nas regiões Maracangalha e Morro do Urucum