Menu
terça, 03 de agosto de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Expresso Mato Grosso - Maio
Geral

Mulher pode ser beneficiada com qualificação para o mercado de trabalho

21 março 2019 - 08h51Câmara de Corumbá

A capacitação profissional da mulher corumbaense que tenha sob sua responsabilidade a direção, administração ou manutenção familiar, poderá se tornar Lei Municipal, como forma de atender a pessoa desempregada ou em condições precárias de trabalho, mercado informal.

É o que pretende o vereador Tadeu Vieira que, esta semana, entrou com um Projeto de Lei na Câmara Municipal, visando a instituição da Política Pública "Pro-Mulher" de Qualificação de Mão de-Obra Feminina na região. Se aprovada pelo Poder Legislativo e sancionada pelo Poder Executivo, a iniciativa será executada pelos órgãos municipais competentes, podendo estabelecer parcerias com órgãos estaduais e federais, inclusive.

Conforme o vereador, a proposta prevê implantação de cadastramento das mulheres interessadas em participar do projeto; das empresas públicas ou privadas, órgãos e entidades públicas, universidades e organizações não governamentais para formar uma ampla parceria em torno do “Pró-Mulher”, bem como um levantamento da oferta de emprego destinada as mulheres beneficiadas pelo projeto.

Além disso, serão promovidos cursos de qualificação da mão-de-obra feminina que promovam a melhoria do nível educacional e cultural; cursos profissionalizantes; divulgação constante sobre a oferta de empregos e cursos de qualificação, por meio de parceria com a imprensa em geral e com o Sistema Nacional de Emprego (SINE), e ações voltadas ao incentivo e fomento para a formação de cooperativas de trabalho.

“Apresentamos o Projeto de Lei pensando em incentivar poder público municipal a trabalhar para mudar essa realidade, na medida que alia o alto número de vagas de curso já ofertados pelo Município, vinculando-os as mulheres cadastradas no projeto”, explicou. “Prevê também a realização de um cadastro com empresas para captação e direcionamento de vagas a mulheres, em especial aquelas que são chefes de família”, concluiu.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Na Fronteira
Boliviana presa receberia R$ 3.400 para atravessar 17 quilos de cocaína
Vida Criminosa
Idoso condenado por mais de 20 anos de prisão é indiciado por novos crimes
Com proteção
Aulas presenciais da REME retornam após um ano e quatro meses suspensas
Imunização
Veja quem pode se vacinar nesta segunda em Corumbá
Boas Notícias
Estado anuncia melhorias e novo concurso para Educação
Importante
Lei que obriga divulgação de medicamentos disponibilizados na rede é sancionada
Atenção à Saúde
Agosto é o mês de conscientização das hepatites virais
Calendário
As inscrições para o Sisu começarão na próxima terça-feira (03)
Esporte
Circuito de Rua retorna com disputa dos 10 quilômetros em Corumbá
Bombeiros
Tempo seco e instabilidade na temperatura mantém situação de alerta no Pantanal

Mais Lidas

Afogamento
Corpo de adolescente é encontrado submerso no Rio Paraguai
Na Fronteira
Boliviana presa receberia R$ 3.400 para atravessar 17 quilos de cocaína
Vida Criminosa
Idoso condenado por mais de 20 anos de prisão é indiciado por novos crimes
Imunização
Veja quem pode se vacinar nesta segunda em Corumbá