Menu
quarta, 27 de janeiro de 2021
Senar MS
Andorinha Janeiro/Fevereiro Mobile
Geral

Mulher faz vídeo pornográfico da sobrinha de 11 anos e acaba presa

05 julho 2018 - 10h01Campo Grande News

Mulher de 40 anos foi presa por manter conteúdo pornográfico da sobrinha de 11 anos, em casa localizada na Vila Taquarussu, em Campo Grande. Além disso, a menina contou em depoimento que sofria maus tratos pela tia. A prisão ocorreu no início desta semana, mas o caso só veio a tona nesta quarta-feira (4) quando a Justiça decidiu, em audiência de custódia, que a suspeita permanecerá presa.

Conforme boletim de ocorrência, policiais foram até a casa da mulher cumprir mandado de busca apreensão. Lá, foram recebidos pela suspeita, que não ofereceu resistência. Além da mulher, na casa os policiais encontraram a menina de 11 anos e outra criança de 3 anos.

Em buscas no celular e notebook da suspeita, os policiais encontraram vídeo íntimo da menina de 11 anos. Segundo as informações, o vídeo continua imagens da menina se masturbando. Questionada, a tia alegou que havia gravado a cena para mostrar a psicóloga do fórum, já que a menina era acompanhada pelo setor.

A versão não convenceu a polícia, que prendeu a mulher por manter e armazenar conteúdo pornográfico envolvendo crianças.

O caso foi encaminhado para a Depca (Delegacia Especializada de Atendimento à Criança e ao Adolescente). Em depoimento, a menina de 11 anos contou que sofria maus tratos por parte da tia detalhando que apanhada com chutes, era obrigada a tomar banho com água fria apenas com sabonete e sentia diferença de tratamento entre em relação a criança mais nova.

A suspeita passou por audiência de custódia ontem (5) e o juiz plantonista decidiu que ela deve permanecer presa. Artigo 241 do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) prevê pena de 3 a 8 anos de prisão para quem "Fotografar ou publicar cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente". 

Deixe seu Comentário

Leia Também

DENÚNCIA
Funcionários demitidos do hospital não recebem rescisão trabalhista
ENCHENTE
PMA de Miranda e Defesa Civil municipal trabalham no resgate de famílias atingidas por enchentes
Geral
Curiosidade: quando foi fabricada a tecnologia Smartwatch
POLÍTICA
Presidente da Alems, Paulo Corrêa assume como governador em exercício de MS
COVID-19
Janeiro registra mais de 460 óbitos por coronavírus e já é o 3º pior mês da pandemia
MORTE POR COVID-19
Cinco dias após morte do marido, ex-primeira-dama de Dourados não resiste à Covid-19
EDUCAÇÃO
IFMS reabre prazo de matrículas da 1ª chamada para cursos técnicos integrados
Aprovados têm até esta quarta-feira, 27, para fazer a matrícula em cursos técnicos integrados ao ensino médio. Retificação altera datas previstas para novas chamadas
EDUCAÇÃO
Gabaritos do Enem serão divulgados nesta quarta-feira
CHUVA FORTE
Temporal em Corumbá causa queda de árvores e alagamentos
ECONOMIA
Governo federal aprova auxílio emergencial para 196 mil pessoas

Mais Lidas

DENÚNCIA
Funcionários demitidos do hospital não recebem rescisão trabalhista
ECONOMIA
Governo federal aprova auxílio emergencial para 196 mil pessoas
CHUVA FORTE
Temporal em Corumbá causa queda de árvores e alagamentos
MORTE POR COVID-19
Cinco dias após morte do marido, ex-primeira-dama de Dourados não resiste à Covid-19