Menu
sábado, 18 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

MS se aproxima dos 166 mil casos confirmados de coronavírus

Dos óbitos registrados hoje, seis pessoas eram residentes de Campo Grande, quatro em Corumbá e um em Naviraí e um em Nova Andradina

08 fevereiro 2021 - 11h50Mariana Conte

Dados do boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde, do Governo do Estado, mostram que com 350 exames positivos de coronavírus, em 24 horas, a doença se aproxima dos 166 mil casos confirmados em Mato Grosso do Sul.

Em apenas 24 horas, 12 pessoas vieram a óbito pelo vírus, totalizando 3.024 mortes por coronavírus desde o início da pandemia. “Um número muito elevado de mortos para um Estado como Mato Grosso do Sul, mesmo tendo uma das menores taxas de mortos do País”, ressalta o Secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende.

Dos óbitos registrados hoje, seis pessoas eram residentes de Campo Grande, quatro em Corumbá e um em Naviraí e um em Nova Andradina. “A taxa de contágio está em 0,95, abaixo de 1 e com redução em relação ao período anterior. Casos ativos fechamos a semana em 7.599, abaixo dos números da semana anterior, quando havia 7.599 casos ativos da doença”, reforça Resende. 

Dos 165.903 casos confirmados da doença, 6.340 pessoas estão em isolamento domiciliar e 463 estão internadas em unidades hospitalares do Estado. Até o momento, 156.076 pessoas se recuperaram da doença.

Do total de internados, 237 estão em leitos clínicos, sendo que 150 estão pelo SUS  e 87 na rede privada. Os casos mais graves que exigem internação em leitos de UIT (Unidade de Terapia Intensiva) totalizam 226 hospitalizados, com 168 na rede pública e 58 na rede privada.

Em relação à ocupação de leitos, a situação mais agravante ocorre em Dourados, com taxa de ocupação de 85%; em Campo Grande, o índice é de 78%; enquanto que em Três Lagoas, é de 54% e em Corumbá, de 41%.

Solidariedade

Na live de hoje, o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, falou da iniciativa do Governo do Estado de receber pacientes de Rondônia, estado que hoje vive uma situação preocupante em relação à disponibilidade de leitos e do agradecimento do Governador do Estado de Rondônia, Marcos Rocha e do secretário de Estado de Saúde, Fernando Máximo, em relação ao apoio de Mato Grosso do Sul. “A saúde desse Estado está em colapso, com 100% de taxa de ocupação e filas enormes de pessoas que precisam desses leitos e não têm. Aqui, em Mato Grosso do Sul, estamos ofertando leitos de UTI do SUS, mostrando a ajuda humanitária do Governo de MS”

Vacinômetro  

Até a última sexta-feira (05), segundo ferramenta da SES 75.410 doses de vacinas contra o coronavírus foram aplicadas no Estado, este total corresponde a 47,41% do público da fase 1, de 176.721 pessoas e 2,68% da população total.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tentativa de Homicídio
Adolescente é socorrido com perfuração de bala na coxa
Auditoria
Brechas favorecem corrupção em mais de 90% das organizações públicas de MS, revela TCU
Espancamento
Rapaz vítima de agressão é socorrido inconsciente no bairro Camalote
Trânsito
Motociclista é socorrido com fratura na perna
Limpeza
Centro e Aeroporto recebem mutirão da dengue
23 vagas
Inscrição para o processo seletivo da Saúde de Corumbá termina às 17h de hoje
Imunização
Veja quem pode se vacinar nesta sexta (17) em Corumbá
PMA
Usina é multada em quase R$ 2 milhões por incêndio em áreas protegidas por lei
Cursos Grátis
Confira programação das carretas do Cidade Empreendedora em Corumbá
Repasses
MEC lança Painel de Investimentos em Educação Básica

Mais Lidas

"Branca Pura"
Operação apreende 47 quilos de cocaína; carga é avaliada em R$ 650 mil
Criminoso
Polícia investiga incêndio na ponte do Saran na Estrada Parque
Bodoquena
Assentamento é multado em R$ 60 mil por incêndio no Pantanal
Campo Grande
Tesouro Nacional reprova administração do prefeito Marquinhos Trad e secretário