Menu
quarta, 01 de dezembro de 2021
Cassems - Rede Amo
Mobile - Andorinha Dezembro
Geral

MS registra queda de 38% no número de roubos, outros crimes também apresentaram queda

24 março 2021 - 09h13Portal do Governo de MS

O número de roubos em Mato Grosso do Sul teve queda de quase 38% entre os meses de janeiro e fevereiro, no comparativo entre os anos de 2020 e 2021, de acordo com o levantamento feito pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp).

Em Campo Grande a queda nesses crimes chegou a 34,5%. Já os roubos em comércio, tambem na Capital, tiveram redução de 47,5%.

Conforme o delegado titular da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (DERF), Reginaldo Salomão, o diálogo entre as forças e o investimento feito no trabalho de inteligência da Policia Civil contribuiram para que as ocorrências de roubos diminuíssem.

"Além de aumentar o diálogo entre as forças, passamos a atuar em regiões críticas, apontadas pela inteligência, que mostram os bairros e ruas mais atingidos por esse tipo de crime", explicou Salomão.

A DERF ainda recebeu recursos do Governo do Estado que resultaram na reestruturação da unidade e aquisição de armas, munições e viaturas, conforme ressaltou o delegado.

"Essa dimunição do crime é resultado de um conjunto de ações, além dos recursos provenientes do Governo do Estado. Especializamos uma equipe em furtos de alta monta e outra em comércio sensível, como farmácias. Aumentamos também o efetivo policial, proporcionamos treinamento e criamos o NIP (Núcleo de Inteligência Policial)", disse Salomão.

No interior do Estado a diminuição de roubos ao comércio também se destacou, com índice 37% menor entre janeiro e fevereiro de 2021, em comparação com o ano passado. Em via urbana a quantidade de roubos representou uma queda de 35,5%.

De acordo com o comandante da Policia Militar de Mato Grosso do Sul, coronel Marcos Paulo Gimenez, são várias as circunstâncias que proporcionam redução na criminalidade.

"Uma das circunstâncias, certamente foi a otimização dos recursos materiais e humanos através de um trabalho de inteligência e planejamento onde realocamos o efetivo de forma estratégica evitando-se a sobreposição e o retrabalho do policiamento", salientou.

O comandante reforçou ainda que a redução nos indices de criminalidade aumentam, consequentemente, a sensacão de segurança na população.

Homicidios

Ainda segundo o levantamento, Mato Grosso do Sul também viu outros crimes como furtos de veículos, homicídio doloso e homicídio culposo no trânsito diminuírem com os seguintes índices: 22,7%,18,1%, 24,4%, respectivamente.

Na faixa de fronteira, que compreende as cidades na divisa dos países vizinhos a Mato Grosso do Sul –Paraguai e Bolívia-, os crimes de homicídio doloso tiveram redução e o policiamento ostensivo foi o responsável pela queda de 19,5% nos casos.  

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Crescimento
MS tem 37,9 mil trabalhadores formais a mais que antes da pandemia
Polícia
'Deu Zebra' não chega nem perto de donos do jogo do bicho e policiais se revoltam em Campo Grande
Meio Ambiente
Sanesul é cobrada para eliminar descarte de lodo na região do Porto Geral
Benefício
Nascidos em dezembro têm até o dia 31 para aderir ao saque-aniversário
Infraestrutura
Recuperação de galeria no bairro cervejaria é urgente
Acidente
Motociclista sofre ferimentos em queda acidental
Inédito
Bonito recebe primeiro voo em conexão direta com Congonhas nesta quinta-feira (02)
Habitação
Decreto regulamenta projeto Lote Urbanizado e cria novas regras e prazos
Rio Brilhante
Empresários que tiveram prisão decretada na operação 'Dark Card' estão foragidos
Jovens Empreendedores
Alunos de Escolas Municipais de Porto Murtinho expõem produtos desenvolvidos em sala

Mais Lidas

Alerta
Estudantes de medicina denunciam faculdade boliviana por aulas presenciais com casos de Covid
Desdobramentos
Universidade de medicina na Bolívia responde denúncia e concede exame virtual
Farsa
Bolivianos são presos ao tentavam ir para a Europa com documentos paraguaios
Cidade
Briga de casal termina com marido ferido por faca