Menu
terça, 26 de outubro de 2021
Cassems - Melhores e Maiores - Edição 2021
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

MS é 1° no Centro-Oeste e 7° no ranking nacional de ambiente e potencial de negócios

19 junho 2021 - 09h36Portal do Governo de MS

Com investimentos, desburocratização e política de incentivos fiscais, Mato Grosso do Sul lidera a região Centro-Oeste na avaliação sobre ambiente e potencial de negócios para pequenas e médias empresas. O Estado ainda aparece na 7° colocação no ranking nacional, em levantamento feito pelo Banco Mundial, por meio do relatório da “Doing Business Subnacional Brasil 2021”.

Este relatório mede o ambiente de negócios para pequenas e média empresas nacionais, avaliando se a economia local tem boas regras e processos que possam gerar resultados positivos para os empresários. Entram neste pacote leis e regulamentações claras, que possam gerar segurança e oportunidades de investimentos, assim como regras transparentes e eficientes.

Mato Grosso do Sul ficou na 1° colocação no Centro-Oeste e 7° posição nacional na classificação geral do estudo, chegando a 56,7 pontos após avaliação de diferentes quesitos que interferem na abertura e manutenção de negócios nos estados, levando em conta a procura pela iniciativa privada para novos investimentos.

“Saímos da última colocação no ranking nacional da transparência para o primeiro lugar, otimizamos os canais digitais para dar celeridade aos processos da abertura de novos empreendimentos, licenças e outros trâmites que emperravam na burocracia, ou seja, criamos um ambiente de negócios, para atrair parceiros para grandes oportunidades”, afirmou o governador Reinaldo Azambuja.

Liderança regional

O Estado ostenta a liderança regional (Centro-Oeste) na classificação geral, seguido por Goiás (55,9), Distrito Federal (55,8) e Mato Grosso (53,5). O estudo do Banco Central foi acompanhado pela Semagro (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar).

Em alguns quesitos Mato Grosso do Sul foi destaque nacional, como na obtenção de alvarás de construção, ficando na 2° posição, com 62,4 pontos, só atrás apenas de Roraima (63,7). Assim como no registro de propriedades, onde aparece na 6° colocação nacional e no pagamento de impostos que é o 8° estado melhor do País.

A coleta dos dados nos 27 estados começou no final de fevereiro de 2020, logo no momento em que a pandemia chegou ao Brasil. Por esta razão o levantamento teve que se ajustar, com fase de coleta de dados e relatórios no modelo remoto, inclusive com videoconferências, substituindo visitas e reuniões presenciais com colaboradores. Foram mais de 1.500 contribuições, obtidas por meio de questionários e entrevistas por telefone ou vídeo com profissionais do setor público e privado.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Educação
Instalação de polo da Universidade Estadual em Corumbá é solicitada na Câmara
Tecnologia
Aplicativo Para Ver Conversas Do WhatsApp de Outra Pessoa
Prevenção
Vereador pede instalação de telas de proteção no prédio do antigo Cine Anache
Resgate +
Ministério do Meio Ambiente lança Programa de Resgate da Fauna Silvestre em Corumbá
Nova Corumbá
Foragido é preso com diversos itens suspeitos na mochila
Presente Inesperado
Policiais Militares de Corumbá fazem surpresa em aniversário de criança que sonha em ser PM
Reivindicação
Vereadores pedem retorno das aulas presenciais na Rede Municipal
Representatividade
Sancionada Lei que institui o Prêmio Zumbi dos Palmares em Corumbá
Péssimas Condições
Morte de motorista na BR 262 é mais um alerta para o perigo do tráfego na rodovia
Campo Grande
Casa Rosa: atendimento integrado contra o câncer de mama inaugura em novembro

Mais Lidas

Denúncia
Sem resposta, passageira recorre a rede social para reclamar da Buser
Acidente
Rapaz sofre fraturas após ser atropelado na saída da quermesse em Ladário
Mundo Novo
Jovem é preso por disparos e porte ilegal de arma de grosso calibre
Procurados
Membros do PCC presos na fronteira com MS são entregues à polícia brasileira