Menu
sábado, 25 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

MS atinge 80% da população adulta vacinada

04 agosto 2021 - 09h58Correio do Estado

Mato Grosso do Sul chegou nesta terça-feira (3) a marca de 80% da população adulta vacinada com ao menos uma dose dos imunizantes contra a Covid-19.  

Por causa disso, o secretário de saúde do Estado, Geraldo Resende, já projeta que o mês de agosto pode terminar com quase 100% da parcela da população acima de 18 anos ao menos uma aplicação. 

“Nós imaginamos que até o dia 15 poderíamos chegar aos 90% da população adulta vacinada, mas imaginamos que até o final do mês vai passar de 90%, podemos chegar até perto dos 100% se tiver remessa de vacina em patamares superiores”, afirmou o secretário. 

Segundo Resende, desde a 24ª remessa de vacina feita a Mato Grosso do Sul pelo Ministério da Saúde, a Secretaria de Estado de Saúde (SES) notou que houve uma redução no número de vacinas enviadas para o Estado. 

“Nós notamos um decréscimo de 102 mil vacinas a partir da 24ª remessa e entramos em contato com o Ministério da Saúde para entender o que está acontecendo e vamos aguardar a manifestar deles, mas esperamos que essa queda seja revista para as próximas remessas”, explicou Resende.   

Mato Grosso do Sul é o estado mais acelerado na vacinação de todo o Brasil e a SES espera que, além de chegar muito perto da finalização da primeira dose em adultos, a imunização com as duas doses alcance os 60% também em agosto. 

“Queremos perseguir os 90% com D1 [primeira dose] e até final do mês conseguiremos isso, mas desde que tenhamos regularidade no percentual que recebemos, assim também imaginamos chegar a 60% de adultos imunizados até o final do mês”, disse.   

A secretaria espera que até a sexta-feira (6) uma nova remessa de vacinas seja encaminhada a Mato Grosso do Sul. A data correta deve ser informada até amanhã. 

Adolescentes

A aceleração da vacinação em adultos faz com que o governo já estima para o final deste mês o início da campanha em adolescentes de 12 a 17 anos, conforme liberação feita pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que autorizou a aplicação da vacina da farmacêutica Pfizer nesse grupo. 

Com isso, os adolescentes sem comorbidades em Mato Grosso do Sul já podem iniciar o ciclo vacinal dentro dos próximos 27 dias.  

Conforme o secretário, quando maior o número de pessoas com a vacina, melhor será para conter o surgimento de novas variantes no Estado. 

“É importante [a aceleração da vacinação] não só porque o Estado fica em posição de destaque, mas porque quanto mais vacinas, menos casos, mortes e internações. Podemos evitar a [variante] Delta adentrar no Estado, se já não estiver, porque quando ela chegar esperamos que ela encontre a população já com imunidade de rebanho”, avalia o secretário. 

A data para o início da vacinação dos adolescentes ainda não foi definida, mas além da Pfizer, o Instituto Butantan, responsável pela produção da CoronaVac no Brasil, também entrou com pedido de autorização na Anvisa para aplicação do imunizante em crianças de 3 a 17 anos.  

Os dados usados para embasar o pedido são de pesquisa realizada na China. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Denúncia
Homem morre e família acusa médica da UPA de negligência
Palestras
3ª edição da Semana da Saúde do Sesc tem foco nos reflexos da pandemia
SCT 2021
IFMS abre inscrições para Semana de Ciência e Tecnologia
Javaporco
PMA flagra criação ilegal de javalis em propriedade de Dourados
Alerta
De agendamentos a esquemas de 'pirâmides', entenda os maiores golpes do Pix em MS
Retomada
Fundtur recebe inscrições no Programa "Incentiva+MS Turismo" até 5 de outubro
Bonito
Mulher é multada em R$ 5 mil por desmatamento ilegal em área protegida
Imunização
Veja quem pode se vacinar neste fim de semana em Corumbá
Balanço
Mais de 50% das drogas apreendidas na Operação Fronteiras e Divisas I são de MS
Economia
Comércio deve facilitar pagamento e ser cauteloso para o Dia das Crianças

Mais Lidas

Bairro Vila Mamona
Funcionários de construção amarram autor de furto e acionam PM
Capital
Presos usam celulares até em banho de sol na Máxima
Flagrante
Dupla é presa por tráfico de drogas na área central de Corumbá
Estava Foragida
Boliviana investigada por desastre da Chapecoense é mantida em Corumbá até extradição