Menu
sábado, 18 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

MS apresenta, em julho, melhor resultado na abertura de empresas desde 2013

19 agosto 2019 - 07h50Portal do Governo de Mato Grosso do Sul

A economia de Mato Grosso do Sul emite novos sinais de recuperação. Relatório da Jucems (Junta Comercial do Estado de Mato Grosso do Sul) mostra que o mês de julho apresentou o melhor resultado mensal de abertura de empresas desde 2013, com 757 novos processos. Na soma de janeiro e julho de 2019 foram registradas 4.196 novas empresas em todo o Estado, número só inferior ao ocorrido no mesmo período de 2013, ano em que a economia nacional viveu o melhor desempenho antes de entrar em crise.

As medidas de saneamento financeiro adotadas pelo Governo do Estado, aliadas a uma arrojada ofensiva para atração de investimentos, são apontadas pelo secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Jaime Verruck, como fatores decisivos para proteger Mato Grosso do Sul da crise nacional e conseguir melhora em muitos aspectos na economia.

“O governador Reinaldo Azambuja adiantou-se na adoção de medidas para corrigir as finanças do Estado, o que só agora o governo federal está fazendo com a Reforma da Previdência, com a MP 881. Além disso, temos um ambiente propício para os empresários interessados em investir. A política de incentivos, a localização estratégica, a logística favorável, nossa vocação para o agronegócio que continua em alta no mundo todo, temos todas essas condicionantes e o resultado vem na abertura de empresas, em postos de trabalho e no crescimento do PIB”, disse Verruck.

Jucems Digital

A modernização dos serviços da Jucems Digital é um fator importante e que favorece a economia do Estado nesse momento, destaca o presidente da Junta, Augusto Cesar Ferreira de Castro. “A digitalização agiliza os processos e contribui para o saldo positivo na abertura de empresas, tanto que tivemos 261 empresas abertas de forma automática de 8 a 31 de julho, quando o serviço passou a ser oferecido”.

A Jucems Digital está em atividade desde novembro do ano passado e permite que serviços como constituições, alterações, extinções e arquivamento de outros documentos de interesse do empresário – além de emissão de certidões – possam ser feitos de forma remota, pela Internet, a qualquer horário do dia. O sistema trouxe agilidade e simplicidade ao processo de abertura de empresas, um antigo gargalo que afetava o setor empresarial e que foi resolvido.

Setores

Na distribuição entre os setores da economia, a maioria das empresas abertas em julho (463) é prestadora de serviços, 258 são do ramo comercial e 36 indústrias. Na geografia, Campo Grande lidera a atração de novos empreendimentos com 339, seguida de Dourados com 77, Três Lagoas com 30 e Ponta Porã, 25.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tentativa de Homicídio
Adolescente é socorrido com perfuração de bala na coxa
Auditoria
Brechas favorecem corrupção em mais de 90% das organizações públicas de MS, revela TCU
Espancamento
Rapaz vítima de agressão é socorrido inconsciente no bairro Camalote
Trânsito
Motociclista é socorrido com fratura na perna
Limpeza
Centro e Aeroporto recebem mutirão da dengue
23 vagas
Inscrição para o processo seletivo da Saúde de Corumbá termina às 17h de hoje
Imunização
Veja quem pode se vacinar nesta sexta (17) em Corumbá
PMA
Usina é multada em quase R$ 2 milhões por incêndio em áreas protegidas por lei
Cursos Grátis
Confira programação das carretas do Cidade Empreendedora em Corumbá
Repasses
MEC lança Painel de Investimentos em Educação Básica

Mais Lidas

"Branca Pura"
Operação apreende 47 quilos de cocaína; carga é avaliada em R$ 650 mil
Criminoso
Polícia investiga incêndio na ponte do Saran na Estrada Parque
Bodoquena
Assentamento é multado em R$ 60 mil por incêndio no Pantanal
Campo Grande
Tesouro Nacional reprova administração do prefeito Marquinhos Trad e secretário