Menu
quinta, 23 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

Motoboy do tráfico é preso com ecstasy e LSD no Monte Castelo

29 novembro 2020 - 12h00Top Midia News

Um motociclista de 27 anos foi preso na noite deste sábado (28) com 36 saquinhos de ecstasy e 25 adesivos de LSD, no bairro Monte Castelo, em Campo Grande. A droga avaliada em R$ 3.200,00 também foi encontrada na casa do suspeito.

Conforme o boletim de ocorrência, uma equipe da Força Tática estava em rondas na rua Julia Maksoud quando o suspeito foi avistado pilotando a moto. Ele estava fardado com um uniforme de uma empresa de segurança. Em buscas na mochila parte da droga foi encontrada e o rapaz confessou que possuía mais na residência.

Ele afirmou que o conteúdo foi adquirido pela internet e que comercializa a droga sintética em festas de musica eletrônica. A droga foi entregue na Denar e o acusado recebe voz de prisão. O caso foi registrado na 2ª Delegacia de Polícia Civil. 
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Prevenção
Iniciada vacinação contra raiva em Ladário
Crime Ambiental
Promotoria de Porto Murtinho investiga desmatamento ilegal em Mata Atlântica
Infraestrutura
Ministro garante a reativação da ferrovia Malha Oeste
Violência Doméstica
Homem é preso após enforcar a ex no bairro Guaicurus
Corumbá
Inscrição e atualização do Cadastro habitacional inicia segunda (27)
Trabalho Conjunto
Operação Fronteira Legal apreende produtos de descaminho em hotéis de Dourados
Óbito
Irmãos são esfaqueados e o mais velho morre no caminho do hospital
Cidade
Incêndio consome vegetação próxima ao Mirante da Capivara
Cidade
Árvore de grande porte cai sobre casa na avenida Rio Branco
Proposta
Mutirão da vacina deve aplicar 275 mil doses contra Covid em sete dias

Mais Lidas

Denúncia
Carretas impedem tráfego de veículos na BR 262
Fazendo xixi
Mulher cai em ribanceira de 10 metros na Avenida General Rondon
Arma Apreendida
Polícia prende autor após perseguição e troca de tiros no Cristo Redentor
Investigação
MPF cobra Santa Casa de Corumbá sobre uso de recursos federais na pandemia