Menu
terça, 22 de junho de 2021
Assembleia de MS - Campanha Mãos - Junho
Andorinha - Maio
Geral

Moradores atingidos tentam retomar rotina após maior cheia dos últimos 50 anos

22 fevereiro 2018 - 13h19Midiamax

O rio Aquidauana começa a baixar o nível das águas e os moradores tentam voltar à rotina nesta quinta-feira (22). A cheia causou estragos no município de Aquidauana, a 143 km de Campo Grande, e o rio atingiu o segundo maior nível dos últimos 50 anos.

A moradora Keila Arakaki tenta a retomar a rotina em seu restaurante agora que o nível do rio começa a baixar. Mesmo com o piso mais elevado do que os vizinhos, o local alagou após a cheia. Keila e os funcionários do restaurante tentam reorganizar o local, eles levantaram os móveis, limparam e desinfetaram tudo. Durante a faxina, até pequenos animais foram encontrados. “Tem muita gente ligando, perguntando se vou fazer marmita hoje, mas ainda estamos limpando. O engraçado é que quando abri hoje de manhã, tinha uns peixinhos e tirei muito sapo também”, conta.

A enchente na cidade ficou famosa e até foi motivo para selfies. A aposentada Ramona Lima lamenta por não ter vindo antes registrar a histórica cheia e conta que só tinha ouvido falar de algo parecido nos anos 1990. A aposentada veio visitar a mãe e conta que a chegada não foi fácil, com dois pontos da rodovia que dá acesso à cidade interditados, teve que aguardar na estrada antes do reencontro. “Ainda bem que estou aqui, meus filhos ficaram apavorados com esta chuva. Graças a deus [o alagamento] não atingiu onde minha mãe mora. Infelizmente, o jeito é dormir com um olho aberto e o outro fechado”, afirma.

As pontes que unem as cidades de Aquidauana e Anastácio foram liberadas nesta manhã. Diferente da quarta-feira (21), a espera na ponte para os pedestres também acabou. Os moradores usam colete salva-vidas para atravessar a passarela e recebem apoio dos militares.

Segundo a Defesa Civil, até esta manhã são 153 pessoas distribuídas em cerca de 50 famílias abrigadas nos três abrigos da Prefeitura. O leito do rio, que ultrapassou os 10 m nos últimos dias, chegou a 9,33 m nesta manhã. O governador do Estado Reinaldo Azambuja deve visitar um dos abrigos nesta quinta-feira.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESPORTE
Copa América registra 140 casos de covid-19, diz Conmebol
GERAL
Sedhast realiza evento on-line com foco nos refugiados, migrantes e apátridas em MS
POLICIAL
PRF apreende 450.000 maços de cigarros em MS
ECONOMIA
Custos de produção de frangos aumentam quase 20% entre janeiro e maio
POLICIAL
Polícia Militar Ambiental de Corumbá autua infrator em R$ 5 mil por incêndio em terreno
GERAL
Sanesul informa interrupção no fornecimento de água em Ladário
PROJETO DE LEI
Vereadora prega conscientização sobre a menstruação e distribuição de absorventes higiênicos
ECONOMIA
Auxílio emergencial: nascidos em abril podem sacar 3ª parcela
NA PANDEMIA
Feiras livres como atividades essenciais é o que pede vereador na Câmara
ECONOMIA
Copom: Inflação persiste, mas economia evolui mais que o esperado

Mais Lidas

ATROPELAMENTO
Mulher é vítima de atropelamento e fica gravemente ferida
POLICIAL
Polícia Militar de Corumbá prende homem por disparo de arma de fogo
POLICIAL
Homem é preso por assédio contra criança no Conjunto Guatós
GERAL
Processo Seletivo para contratação de Analista de Medidas Socioeducativas está com inscrições aberta